.

Pelo menos 13 estados e DF contrariam resolução da Saúde e seguem vacinando adolescentes

JBelmont

18Set2021

Por Belmont às 08h27

Ao menos treze estados, mais o Distrito Federal, planejam manter a vacinação contra Covid-19 de adolescentes sem comorbidades, deficiência permanente ou privação de liberdade. A continuidade das aplicações é contrária à resolução do Ministério da Saúde de suspender a aplicação de imunizantes em meninos e meninas, em geral, com idades entre 12 e 17 anos.

De acordo com levantamento realizado pelo GLOBO, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e o Distrito Federal planejam manter as agulhadas. A decisão, porém, pode esbarrar no fim do estoque de vacinas em parte desses estados.

A exclusão dos adolescentes sem comorbidades da fila da imunização foi comunicada na quinta-feira pelo ministro Marcelo Queiroga, depois de uma conversa com o presidente Jair Bolsonaro. Ele alegou “falta de evidências” da segurança das vacinas para essa faixa. Ontem, médicos da câmara técnica da pasta, que não foram consultados, levantaram a possibilidade de deixar a comissão caso a resolução se mantenha. A informação é do blog de Malu Gaspar no site do GLOBO.

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +