.

Brasil supera marcas de 90 mil mortes e 2,5 milhões de casos de coronavírus, diz consórcio de veículos de imprensa

JBelmont

29Jul2020

Por Belmont às 22h16


Boletim das 20h registrou 1.554 novos óbitos, o maior número em 24 horas desde o início da pandemia

O Brasil superou nesta quarta-feira duas marcas simbólicas que mostram a força da disseminação do coronavírus pelo território nacional. De acordo com boletim de veículos de imprensa, o país conta com 90.188 óbitos e 2.555.518 ocorrências da Covid-19.

Foram registrados também 1.554 novos registros de mortes nas últimas 24 horas, um recorde desde o início da pandemia no país, ultrapassando os 1.470 registros do dia 4 de junho. O recorde está relacionado aos índices de São Paulo, que acumulou no balanço desta quarta-feira os números que coletou ontem.

Também foram notificados 70.869 novas ocorrências de Covid-19. Já a média móvel de óbitos no país é de 1.043.

Os dados são divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, que reúne informações das secretarias estaduais de Saúde. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.

Já no balanço do Ministério da Saúde divulgado na noite desta quarta-feira, o Brasil tem 2.552.265 casos do novo coronavírus, com 90.134 mortes provocadas pela doença. Segundo a pasta, de ontem para hoje foram registrados 69.074 casos de Covid-19, além de 1.595 óbitos.

Também nos cáculos do governo, os números notificados nas últimas 24 horas são os maiores registrados desde o início da epidemia no Brasil.

É preciso levar em consideração, no entanto, que na terça-feira o estado de São Paulo não atualizou os dados a tempo de serem incluídos no painel do ministério. Com isso, o estado permaneceu com a mesma quantidade de casos e de mortes de segunda para terça.

Segundo o balanço do ministério, São Paulo é o estado com mais casos da doença: são 514.197. Seguido por Ceará (169.072), Rio de Janeiro (161.647), Bahia (157.334) e Pará (151.849). Em relação às mortes, São Paulo também aparece na frente, com 22.839. Depois vêm Rio de Janeiro (13.198), Ceará (7.643), Pernambuco (6.484) e Pará (5.694)

CONTINUAR LENDO CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +