Ex-assessora de Flávio Bolsonaro comandou esquema de rachadinhas antes de Queiroz, aponta MP

JBelmont

19Dez2019

Por Belmont às 00h28

Foto: Reprodução 


Além de Fabrício Queiroz, uma ex-assessora parlamentar do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio atuou na arrecadação da chamada “rachadinha”. A prática consiste na devolução de parte do salário de funcionários que trabalhavam com o parlamentar.

O relatório do Ministério Público do Rio que embasou as buscas em endereços ligados a Flávio e seu ex-assessor Fabrício Queiroz nesta quarta (18) aponta que a ex-chefe de gabinete do 01, Mariana Lúcia da Silva Ramos Mota, teria atuado no recebimento de rachadinhas antes de Queiroz assumir a função, em 2008.

Após ser alvo de operação do MP, Flávio Bolsonaro se reuniu com o pai, o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada.

(mais…)

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.

Comentários:

Pedro Jales Neto
19/12/2019 - 08:45 hs

Caro Jornalista, Senhores representantes dos MPs! Se aprofundarem a rigor, investigações nas Assembleias e Câmaras de Vereadores Brasil a fora, será exposto um dos maiores, se não o maior em quantidade, ato de corrupção desse país, com respingo numa considerável parcela da classe política, de norte à sul. É só mexer no vespero para "M" feder!

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +