“É como qualquer outro dia”, diz Rogério para justificar trabalho aos domingos

JBelmont

26Nov2019

Por Belmont às 12h06

 

Reunido com empresários em Belo Horizonte, o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, arrancou aplausos dos empresários mineiros durante encontro em Belo Horizonte

“Domingo é dia de trabalho como qualquer outro”. Com essa frase, o secretário Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, o potiguar Rogério Marinho, arrancou aplausos durante um encontro na última segunda-feira, em Belo Horizonte, com empresários mineiros. Para ele, a medida ajudaria no desempenho e na competitividade entre empresas brasileiras.

Centrais sindicais criticam a medida, sustentando que esse tipo de alteração na legislação trabalhista já foi proposto este ano na Medida Provisória da Liberdade Econômica e vetada pelo Congresso.

No entanto, Marinho argumentou que 75% das indústrias no Brasil não conseguem fazer acordos com os funcionários para o trabalho nesses dias. “E quem compra uma máquina sabe que não vai poder usá-la entre 15% a 20% do período em que ela poderia operar e isto significa baixa competitividade com países que concorrem conosco”, afirmou.

Já ao tratar da desoneração da folha de pagamento na contratação, que estabelece uma forma de estimular empresas a contratarem funcionários de 18 a 24 anos, Marinho afirmou que para compensar a perda de arrecadação, a ideia é que os trabalhadores desempregados passem a pagar contribuição previdenciária durante o período em que recebem auxílio-desemprego.

“Não se trata de confisco, nem de penalizar quem tem seguro-desemprego, se trata de inclusão previdenciária”, justificou.

Agora, se o Congresso não se sentir confortável com essa alternativa, Rogério Marinho abriu a possibilidade de o Congresso buscar uma fonte diferente dentro do Orçamento.

Agora RN

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.

Comentários:

Pedro Jales Neto
28/11/2019 - 08:59 hs

Há sem dúvida, os que criticam essa proposta, e são muitos. Temos que questioná-los: se não necessitam de trabalharem aos domingos? se não, se alguém é beneficiado pelos que trabalham, em shopping centers, postos de combustíveis, hospitais, delegacias, conveniências, restaurantes, hotéis, ambulantes, enfim... se não, podem crer, é um extraterrestre!

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +