VEJAM OS DETALHES: Fantástico traz neste domingo entrevista de delator dizendo como eram os desvios no IDEMA e na Assembleia

JBelmont

10Mar2018

Por Belmont às 09h29

O quadro “Cadê o Dinheiro que Estava aqui?” do Fantástico deste domingo vai abordar as operações DAMA DE ESPADA e CANDEEIRO. O BlogdoBG apurou que o delator Gutson Reinaldo foi entrevistado pelo repórter Eduardo Faustini e relatou como foi desviado quase R$ 20 milhões do IDEMA, inclusive com contratos de fachadas e fantasmas até para empregar pessoas para votarem em políticos nas eleições de 2014.

Gutson também relatou contratos sem serviços realizados apenas para gerar pagamentos e o dinheiro consequentemente desviados no intuito de enriquecer a si próprio, comparsas e bancar estruturas políticas e campanhas. Gutson relata que na sua gestão no IDEMA licenças também teriam sido negociadas e que tinha um acerto com o quem indicou de atingir valores de dinheiros desviados, pagando o acertado e ficando com o saldo.

Gutson também confirmou que uma modalidade de desvios implantada na Assembleia Legislativa teria aumentando substancialmente entre os anos de 2012 a 2014, segundo ele uma folha de pagamento paralela em cima de pessoas fantasmas foi intensificada e gerava mensalmente desvios de mais de R$ 1 milhão por mês, cheques eram emitidos em nome desses “funcionários” e normalmente eram descontados por um agiota que cobrava 10% e voltava de forma líquida para sua mãe Rita das Mercês fazer a distribuição com parceiros e políticos.

Na matéria do Fantástico que vai ao ar amanhã também vai aparecer um vídeo de uma ação monitorada pelo Ministério Público que mostra um servidor da casa repassando dinheiro para Rita das Mercês.

 

Do Blog do BG

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.