Professor e advogado Carlos Oliveira se diz decepcionado com a saúde do município de Mossoró

JBelmont

06Dez2017

Por Belmont às 23h42



"Aconteceu comigo, ontem, nos postos de saúde Barrocas e Pereiros. Marquei, por telefone, vacinação para minha filha menor de 4 anos e fui enganado e não consegui atualizar as vacinas.

Às 13:30 horas, liguei para o posto Barrocas, sendo informado que a vacinação acontecia das 14:00 as 16:00 horas. Peguei minha filha na escola e me desloquei até lá.

A resposta que recebi foi que a funcionária estava fazendo um curso é que não tinha vacinação. Fui enganado como cidadão.
De lá fui ao posto Pereiros, onde encontrei uma servidora dormindo na recepção e outra cabisbaixa.

Falei boa tarde três vezes para receber atenção. A resposta que recebi é que não tem vacina, pois a funcionária faltou ao trabalho. Brincadeira com o cidadão, que fica rodando nos postos de saúde, como se fosse desocupado, para não receber atendimento.

O mais grave é a confirmação prévia de que está acontecendo vacinação, o que é uma mentira deslavada.
Já aconteceu outras vezes algo parecido. Não tem vacina, manda vc para outro posto, que manda para outro, fazendo vc de idiota.
Eu pensava que tinha melhorado. De bobo que sou, acreditei .

Senhor secretário de saúde municipal acorde. Fiscalize e faça funcionar o serviço público.
Agora, venha alguém aqui, dizer que é mentira o que estou relatando.

Decepção total. Fui enganado com mentiras de prepostos do serviço público municipal."

 

Do Blog: Este o desabafo nas redes sociais do professor e advogado Carlos Oliveira.

 

 

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.