.

Mega-Sena, concurso 2.333: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 12 milhões

09 Jan2021

Por Jbelmont às 22h14

Veja as dezenas sorteadas: 09 - 16 - 31 - 41 - 53 - 55. Quina teve 16 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 128.304,01.

Ninguém acertou o concurso 2.333 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (9) em São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas: 09 - 16 - 31 - 41 - 53 - 55.

A quina teve 16 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 128.304,01. A quadra teve 1.994 apostas vencedoras; cada uma levará R$ 1.470,74.

O próximo concurso (2.334) será na quarta-feira. O prêmio é estimado em R$ 12 milhões.

Deixe seu comentário

Brasil tem em média 988 mortes por coronavírus, maior número desde 22 de agosto; média de casos novos é recorde

09 Jan2021

Por Jbelmont às 20h21

País contabilizou 202.657 óbitos e 8.075.670 casos da doença desde o início da pandemia.

Por G1

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h deste sábado (9).

O país registrou 1.115 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 202.657 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 988, a maior desde 22 de agosto. A variação foi de +58% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de crescimento nos óbitos pela doença.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 8.075.670 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 59.750 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 51.550 novos diagnósticos por dia, recorde desde que os dados começaram a ser medidos. Isso representa uma variação de +48% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de crescimento também nos diagnósticos.

Dezesseis estados, mais o Distrito Federal, estão com alta nas mortes: PR, RS, MG, RJ, SP, DF, GO, AC, AM, AP, RO, RR, TO, CE, PB, RN e SE

Brasil, 9 de janeiro
Total de mortes: 202.657
Registro de mortes em 24 horas: 1.115
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 988 (variação em 14 dias: +58%)
Total de casos confirmados: 8.075.670
Registro de casos confirmados em 24 horas: 59.750
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 51.550 por dia (variação em 14 dias: +48%)
Estados
Subindo (16 estados + DF): PR, RS, MG, RJ, SP, DF, GO, AC, AM, AP, RO, RR, TO, CE, PB, RN e SE
Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (10 estados): SC, ES, MS, MT, PA, AL, BA, MA, PE e PI
Em queda: 0 estado

Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Deixe seu comentário

RN registra 1.192 novos casos de coronavírus; 06 óbitos nas últimas 24 horas, e outros 02 após exames laboratoriais de datas anteriores

09 Jan2021

Por Jbelmont às 13h04

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (9). Foram mais 1.192 casos confirmados, totalizando 123.783. Na sexta-feira (8) eram 122.591 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.086 no total. Foram 6 (seis) mortes ocorridas nas últimas 24 horas, (Marcelino Vieira, Mossoró, Natal, Caraúbas, Parnamirim e Janduís). Óbitos em investigação são 498.

A Sesap também registrou 2 (dois) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até sexta-feira (8), eram contabilizados 3.078 mortos.

Casos suspeitos somam 63.589 e descartados são 284.139. Recuperados são 88.210.

bg

Deixe seu comentário

Taxa de ocupação de leitos críticos na rede pública para covid no RN neste sábado é de 65,4%; pacientes internados são 290

09 Jan2021

Por Jbelmont às 13h01

Fo

to: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 65,4%, registrada no início da tarde deste sábado (9). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 290.

Até o momento desta publicação são 83 leitos críticos (UTI) disponíveis e 157 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 148 disponíveis e 133 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região Seridó apresenta 71,4% dos leitos críticos ocupados, a região Metropolitana de Natal tem 59,2% e a Região Oeste 72,5%.

Deixe seu comentário

Caicó não terá Carnaval em 2021

09 Jan2021

Por Jbelmont às 12h40

O novo prefeito de Caicó, Dr. Tadeu, anunciou que não a cidade não terá Carnaval em 2021, em virtude da Covid-19.

Uma decisão acertada pelo grande número de casos do novo Coronavírus.

 

Heitor Gregório

Deixe seu comentário

Monsenhor Tércio de Araújo morre de Covid-19 em Natal

09 Jan2021

Por Jbelmont às 11h54

Conhecido pela atuação na igreja e na educação no município de Caicó, no Seridó potiguar, ele tinha 85 anos e estava internado desde o dia 13 de dezembro.



Monsenhor Tércio Araújo faleceu neste sábado (9) em Natal. Ele estava internado desde 13 de dezembro com Covid-19 — Foto: Divulgação


Morreu nas primeiras horas da manhã deste sábado (9) em Natal o monsenhor Ausônio Tércio de Araújo, de 85 anos, em decorrência da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 13 de dezembro no Hospital São Lucas, na capital potiguar, lutando contra a doença.

Monsenhor Tércio de Araújo é conhecido principalmente pela sua atuação na igreja e na educação em Caicó, no Seridó potiguar.

"O falecimento do monsenhor Tércio é uma grande perda, ausência para a nossa Diocese. Uma pessoa com seus 85 anos, que fez um trabalho tão bonito. A vida é isso. A gente nasce, cresce, faz as atividades que temos que fazer, e um dia temos que entregar, de fato, a nossa alma a Deus. Então chegou o momento do monsenhor Tércio", lamentou o padre Welson Rodrigues, vigário geral da Diocese de Caicó.



O monsenhor Tércio Araújo nasceu no dia 12 de outubro de 1935 no município de Currais Novos. Ele foi ordenado presbítero no dia 24 de fevereiro de 1960, em Roma.

Entre as diversas atividades, se destacam as atuações dele como administrador diocesano "Sede Vacante" na Diocese de Caicó, onde também foi vigário geral, diretor da Escola Prevocacional de Caicó, diretor de Departamento de Ação Social da Diocese, diretor do Colégio Diocesano Seridoense, diretor da Fundação Educacional Sant'Ana e Pároco de São José em Caicó.

Em nota, a Diocese de Caicó agradeceu os serviços prestados pelo monsenhor. "Em nome dessas instituições e de toda a Diocese a quem o monsenhor Tércio tanto amou e serviu somos gratos por sua dedicação, cuidado e entrega e pedimos a Sant'Ana e São José que o acolha em sua morada definitiva".

O monsenhor Tércio de Araújo será velado no presbitério da Matriz de São José, em Caicó, mas com a presença restrita, com apenas alguns padres, e sem abertura ao público, já que faleceu por Covid-19. A previsão é de que o corpo chegue à cidade seridoense às 15h.

Haverá ainda uma missa na quadra do Colégio Diocesano Seridoense, com a a presença de todo o clero e de algumas pessoas autorizadas. A Diocese de Caicó pede "encarecidamente que os fiéis não compareçam para evitarmos aglomerações" e que rezem por ele das próprias casas.

G1RN

Deixe seu comentário

Indonésia confirma queda de avião com 62 a bordo; autoridades anunciam operação de busca

09 Jan2021

Por Jbelmont às 11h42

Boeing 737-500 sumiu dos radares apenas quatro minutos depois da decolagem, perto da costa da capital Jacarta.



Autoridades indonésias confirmaram a queda de um avião neste sábado (9). Um Boeing 737-500 da companhia aérea Sriwijaya Air com 62 pessoas a bordo sumiu dos radares quatro minutos após decolar de Jacarta, capital da Indonésia. O governo confirmou que enviou um navio de resgate para as operações de busca.

Segundo o site especializado FlightRadar24, o avião fazia o voo 182 e perdeu mais de 10 mil pés de altitude em menos de um minuto enquanto rumava à cidade de Pontianak, na ilha de Bornéu. Por volta das 4h40 (de Brasília; 14h40 em Jacarta), o Boeing desapareceu. A viagem duraria cerca de uma hora e 30 minutos.

O ministro dos Transportes da Indonésia, Budi Karya, disse em entrevista coletiva que 62 pessoas estavam a bordo, incluindo 12 tripulantes. Outro oficial havia dito anteriormente que havia 56 passageiros e seis tripulantes. Não há qualquer indício que permita determinar as causas.

Um oficial da agência de resgate local, disse à agência Reuters que equipes de resgate encontraram supostos destroços em águas ao norte da cidade, mas ainda não é possível confirmar se são partes do avião desaparecido.

Moradores disseram a um jornal local que ouviram um estrondo próximo ao horário que o avião perdeu contato.

A aeronave voou pela primeira vez em maio de 1994. Aviões Boeing 737-500 têm histórico de segurança considerado excelente. Nenhuma companhia brasileira com voos regulares opera esse modelo atualmente; entre as décadas de 1990 e 2000, empresas como Rio Sul e Nordeste, hoje extintas, operavam essas aeronaves.

Trata-se, portanto, de um modelo bastante anterior ao 737 MAX, linha de aviões de Boeing que sofreu com dois acidentes graves recentemente. Um deles, com uma aeronave da Lion Air em 2018, ocorreu na Indonésia.

VEJA TAMBÉM: Boeing pagará US$ 25 bi por acidentes com o 737 MAX
As tragédias levaram à interrupção dos voos com aeronaves do tipo. Somente no fim do ano passado as autoridades de aviação começaram a permitir a retomada das operações com o 737 MAX.

Boeing 737-500 da NAM Air, companhia subsidiária da Sriwijaya Air. Modelo fotografado é o mesmo do que desapareceu dos radares neste sábado (9) — Foto: Reprodução/Sriwijaya Air




Boeing 737-500

g1

Deixe seu comentário

Prefeitura de Areia Branca cancela carnaval e prorroga a proibição de eventos públicos e privados até 22 de fevereiro

08 Jan2021

Por Jbelmont às 21h44

Foto: Foto center

A Prefeitura de Areia Branca cancelou o carnaval e manteve até 22 de fevereiro a proibição de eventos públicos ou privados. Também foi cancelado o Campeonato de Futsal de Blocos, tradicional competição que acontece antecedendo o carnaval há mais de 20 anos. As medidas foram publicadas nesta sexta-feira (8), em edição extra do Diário Oficial do Município.

Segundo o decreto, qualquer show ou evento com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes públicos ou privados – incluindo clubes sociais e hotéis – estão proibidos até o dia 22 de fevereiro, independentemente do número de pessoas. As atividades relacionadas ao futebol foram proibidas até 30 de janeiro. As medidas foram adotadas como prevenção no combate à Covid-19.

Com informações de G1-RN

Deixe seu comentário

Brasil registra 1.379 mortes em 24 horas e bate recorde com quase 85 mil novos casos de Covid

08 Jan2021

Por Jbelmont às 20h37

País contabilizou 201.542 óbitos e 8.015.920 casos da doença desde o início da pandemia. Pela primeira vez desde o começo do consórcio, nenhum estado aparece com tendência de queda na média móvel de óbitos.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta sexta-feira (8).

Covid-19 sem vacina e sob risco de repetir piores momentos da pandemia
Página especial - cronologia das 200 mil mortes
O país registrou 1.379 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas -- o maior número desde 4 de agosto --, chegando ao total de 201.542 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 872 - a maior desde 2 de setembro. A variação foi de +37% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de crescimento nos óbitos pela doença.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 8.015.920 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 84.977 desses confirmados no último dia -- maior registro em 24 horas desde o começo do consórcio. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 45.294 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +26% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de crescimento também nos diagnósticos.

Os números de casos e de mortes têm influência de dados do Paraná, que divulgou registros acumulados após não ter seu boletim na quinta-feira (7). Ainda, o estado fez uma revisão dos dados, incluindo mais óbitos e infectados de outros meses, influenciando nos números de hoje.

Quinze estados e o Distrito Federal apresentaram alta na média móvel de mortes: PR, RS, RJ, SP, DF, GO, AC, AM, AP, RO, RR, TO, CE, PB, RN e SE. Ainda, é a primeira vez desde o começo do consórcio, em julho, que não há nenhum estado com tendência de queda.

Brasil, 8 de janeiro

Total de mortes: 201.542
Registro de mortes em 24 horas: 1.379
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 872 (variação em 14 dias: +37%)
Total de casos confirmados: 8.015.920
Registro de casos confirmados em 24 horas: 84.977
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 45.294 por dia (variação em 14 dias: +26%)
(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou um boletim parcial às 13h, com 200.334 óbitos e 7.942.913 casos confirmados.)

Estados

Subindo (15 estados + DF): PR, RS, RJ, SP, DF, GO, AC, AM, AP, RO, RR, TO, CE, PB, RN e SE
Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (11 estados): SC, ES, MG, MS, MT, PA, AL, BA, MA, PE e PI
Em queda: 0 estado
Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

G1

Deixe seu comentário

VACINAÇÃO – COVID-19 NO RN: Veja os grupos prioritários e suas fases

08 Jan2021

Por Jbelmont às 20h34

A governadora Fátima Bezerra confirmou nesta sexta-feira (8) que o Rio Grande do Norte está com estrutura pronta para receber e aplicar as vacinas contra a Covid-19. A chefe do Executivo garantiu que 72 horas após a chegada das doses, que deverão ser adquiridas e enviadas pelo Governo Federal, a vacinação será iniciada no estado.

FASES

A interrupção da circulação da Covid-19 no território nacional depende de uma vacina altamente eficaz sendo administrada em parcela expressiva da população. Em um momento inicial, onde não existe ampla disponibilidade da vacina no mercado mundial, o objetivo principal da vacinação é contribuir para a redução de morbidade e mortalidade pela Covid-19, de forma que existe a necessidade de se estabelecer grupos prioritários. Inicialmente a vacinação é prevista para três fases:

l GRUPOS PRIORITÁRIOS – FASE 1

– Profissionais da saúde

– Pessoas de 75 anos e mais

– Pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas

– População indígena aldeada em terras demarcadas, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

l GRUPOS PRIORITÁRIOS – FASE 2

– Pessoas de 60 a 74 anos

l GRUPOS PRIORITÁRIOS – FASE 3

– Pessoas com comorbidades

Os demais grupos prioritários serão vacinados nas demais fases de modo que a estimativa populacional está sendo atualizada pelo Ministério da Saúde para avaliação de qual fase esses grupos estarão inseridos, de acordo com o cenário de disponibilidade de vacinas e estratégia de vacinação.

A meta é vacinar os grupos prioritários até o final do primeiro semestre de 2021.

VEJA MAIS: Covid-19: vacinação no RN começará 72h após chegada das doses; veja como será

Deixe seu comentário

Covid-19: Argentina decreta toque de recolher após aumento de casos

08 Jan2021

Por Jbelmont às 20h31

FOTO: FLICKR 


Depois de atingir pelo terceiro dia seguido a marca de mais de 13 mil novas pessoas infectadas pelo coronavírus, o chefe da Casa Civil argentina, Santiago Cafiero, anunciou nesta sexta-feira (8) algumas diretrizes gerais que terão como objetivo conter a disseminação do coronavírus no país.

A medida mais drástica é o toque de recolher, que começará a valer a partir da publicação no Diário Oficial, o que deve ocorrer ainda na tarde desta sexta-feira (8). A proposta é de que, entre as 23h e as 6h, a circulação de pessoas seja restrita somente a trabalhadores e a quem dependa de serviços essenciais.

O decreto publicado estabelecerá uma série de recomendações sobre o toque de recolher, mas cada cidade definirá como as medidas serão aplicadas aos seus cidadãos. A expectativa das autoridades da Argentina é de que as medidas se estendam ao longo de 14 dias.

A ideia do governo é reduzir a circulação de pessoas nas ruas no horário noturno, principalmente de jovens e restringir as reuniões a um número máximo de 10 pessoas.

Também faz parte da estratégia para conter o número de casos a diminuição de voos nacionais e internacionais. As autoridades também pretendem que um exame PCR seja realizado em cada passageiro que desembarcar no país.

R7

Deixe seu comentário

Brasil passa de 8 milhões de casos de Covid-19 e tem a maior média móvel de mortes dos últimos 128 dias

08 Jan2021

Por Jbelmont às 20h16

Foram 1.379 óbitos e 84.977 registros de novas infecções nas últimas 24 horas

RIO — O Brasil registrou nesta sexta-feira 1.379 mortes e 84.977 casos por Covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, já são 201.542 vidas foram perdidas para o novo coronavírus, além de 8.015.920 pessoas infectadas. A média móvel de mortes ficou em 872, a maior desde 3 de setembro, há 128 dias. A de casos ficou em 45.294.

A "média móvel de 7 dias" faz uma média entre o número do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda dos casos ou das mortes. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o "ruído" causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

O número total de casos registrados nesta sexta-feira foi o maior desde o início da pandemia. No entanto, o estado do Paraná registrou mais de 30 mil casos antigos que foram revisados.

Consulte: Veja a situação do coronavírus em seu estado

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.

Fiocruz e Butantan pedem à Anvisa autorização emergencial de uso para vacinas
Também nesta sexta-feira, a Fiocruz pediu à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a autorização emergencial para uso da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford (Reino Unido) em parceria com a AstraZeneca. O prazo para análise é de dez dias.

Segundo a Anvisa, a solicitação é para o uso de 2 milhões de doses de vacinas importadas do laboratório Serum, da Índia. Também na manhã desta sexta-feira, o Instituto Butantan pediu autorização emergencial de uso para a CoronaVac. A expectativa é que as doses cheguem ao Brasil nos próximos dias e sejam rotuladas na Fiocruz e distribuídas no Brasil. Além do pedido de autorização emergencial de uso, a Fiocruz deve solicitar o registro definitivo até o dia 15 de janeiro.

 

GLOBO.COM

Deixe seu comentário

RN registra 1.152 novos casos de coronavírus; nenhum óbito nas últimas 24 horas, e 11 após confirmação de exames laboratoriais de dias anteriores

08 Jan2021

Por Jbelmont às 13h34

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (08). Foram mais 1.152 casos confirmados, totalizando 122.591. Na quinta-feira (07) eram 121.439 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.078 no total. Nenhuma morte nas últimas 24 horas. Óbitos em investigação são 498.

A Sesap também registrou 11 (onze) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quinta-feira (07), eram contabilizados 3.067 mortos.

Casos suspeitos somam 63.049 e descartados são 282.423. Recuperados são 68.394.

Deixe seu comentário

Taxa de ocupação de leitos críticos na rede pública para covid no RN nesta sexta-feira é de 68,6%; pacientes internados são 309

08 Jan2021

Por Jbelmont às 13h31

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 68,6%, registrada no fim da manhã desta sexta-feira (08). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 309.

Até o momento desta publicação são 74 leitos críticos (UTI) disponíveis e 162 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 130 disponíveis e 147 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região Metropolitana de Natal apresenta 61,2% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 73,8% e a Região Seridó 82,9%.

Deixe seu comentário

Fátima pede a prefeitos suspensão de eventos e festas no veraneio, e secretário de saúde reforça necessidade de distanciamento social

08 Jan2021

Por Jbelmont às 13h27

Foto: Ilustrativa

Aproveitando a reunião com prefeitos nesta sexta-feira(08), para discutir imunização contra covid no Rio Grande do Norte, a governadora Fátima Bezerra pediu que aos geBGstores dos municípios que suspendam eventos e festas previstos para o veraneio, com o objetivo de evitar aglomerações e o aumento do contágio do novo coronavírus.

Também presente a reunião, o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, reforçou a necessidade das medidas de distanciamento social até haver um cenário mais seguro da pandemia.

 

BG

 

 

Deixe seu comentário

Brasil já fechou contratos para imunizar 201 milhões de pessoas contra a covid-19

08 Jan2021

Por Jbelmont às 08h41

Com o anúncio do ministro Eduardo Pazuello (Saúde) da compra de 100 milhões de doses da Coronavac junto ao Instituto Butantan, o Brasil já conta com acordos para adquirir 402 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus. Como a maioria dos imunizantes deve ser aplicado em duas fases, as doses garantidas pelo governo federal já são suficientes para imunizar 201 milhões de pessoas, ou 95% da população brasileira. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Segundo Pazuello, serão 15 milhões de doses da vacina de Oxford até fevereiro e mais 85 milhões produzidas pela Fiocruz no 1º semestre. O acordo anunciado pelo ministro com o Butantan garante 46 milhões de doses da Coronavac até abril e outras 54 milhões até o final do ano.

A Fiocruz ainda terá capacidade de produzir outras 160 milhões de doses ao longo do segundo semestre, garantindo continuidade da imunização.

A Covax Facility, grupo da OMS, garante ao Brasil mais 42 milhões de doses de qualquer das vacinas participantes, incluindo Pfizer e Sputnik5.

DIÁRIO DO PODER

Deixe seu comentário

Gás de cozinha pode chegar aos R$ 90 no RN

08 Jan2021

Por Jbelmont às 08h25

Com o décimo aumento consecutivo, o preço do botijão de gás de cozinha (GLP) de 13 kg poderá chegar aos R$ 90 em algumas cidades no Rio Grande do Norte. Isso se deve ao reajuste de 6% para as distribuidoras, aplicado pela Petrobras a partir desta quinta-feira (7). Somado a isso, o presidente do Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás Liquefeito de Petróleo (Singás-RN), Francisco Correia, disse que houve um acréscimo no Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF), que é utilizado como base de cálculo do ICMS.

Esses dois gatilhos devem elevar em até R$ 6 o preço atual do botijão de gás para o consumidor final. “No dia 1º tivemos, mais ou menos, R$ 1 de PMPF e agora fomos comunicados sobre o reajuste de 6% da Petrobras, que equivale a cerca de R$ 4. Somando os dois temos um aumento que varia de R$ 5 a R$ 6. O valor final vai variar entre R$ 85 e R$ 90, dependendo da cidade”, explicou Francisco Correia.

Ele prevê que, na medida em que os revendedores forem renovando os estoques, o preço será atualizado e isso deve acontecer em sua totalidade até o próximo domingo (10). Segurar os preços para o consumidor final é algo considerado impossível pelo Singás/RN. “É o décimo aumento consecutivo. Não temos como segurar o preço. Se somar os dez reajustes, dá 57% de aumento e não tem como não repassar para o consumidor final”, reforçou.

Leia matéria completa na Tribuna do Norte.

Deixe seu comentário

EUA registram pela 1ª vez em 24h mais de 4 mil mortos por Covid

08 Jan2021

Por Jbelmont às 08h17

Os Estados Unidos registraram mais de 4 mil mortes por Covid-19 na quinta-feira (7), segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, o maior número já registrado por um país na pandemia. Foram 4.085 óbitos e 274.703 casos nas últimas 24 horas.

O número de infectados de ontem só perde o recorde de 301.858 casos registrados no sábado (2), e é o quinto dia desde 29 de dezembro que mais de 3,7 mil pessoas perderam a vida nos EUA por complicações relacionadas ao coronavírus.

País mais afetado pelo novo coronavírus, os EUA têm mais de 365 mil mortes e 21,5 milhões de infectados por Covid até agora. O Brasil é o segundo e superou os 200 mil óbitos também na quinta.

 

Deixe seu comentário

Em ofício, governadora do RN pede a Bolsonaro que inclua profissionais da educação nas fases iniciais da vacina contra Covid-19

08 Jan2021

Por Jbelmont às 08h10

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), enviou nesta quinta-feira (7) um ofício ao presidente da República Jair Bolsonaro com um pedido para que os profissionais da educação do Brasil sejam incluídos nas fases iniciais dos grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19.

 

CONTINUAR LENDO AQUI

 

Deixe seu comentário

Brasil registra 7.096.931 recuperados do coronavírus

07 Jan2021

Por Jbelmont às 22h16


Foto: divulgação

O Brasil registrou nesta quinta-feira (7) mais 60.401 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 7.096.931 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas já representa 89,2% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é mais de dez vezes superior ao número de casos ativos (664.244), que são os pacientes em acompanhamento médico.

No mundo, estima-se que pelo menos 63,5 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram, de acordo com o site Wolrdometers.

Deixe seu comentário

Brasil chega a 200 mil mortes por Covid-19 sem vacina e sob risco de repetir piores momentos da pandemia

07 Jan2021

Por Jbelmont às 20h46

No 2º semestre do ano passado, o país chegou a registrar queda na média móvel das mortes pela doença. Cidades e estados flexibilizaram restrições à circulação, e hospitais de campanha foram desmontados. Mas no final do ano os números voltaram aos patamares de setembro e preocupam especialistas.

Em um momento crítico da pandemia e ainda sem vacinação, o Brasil passou a marca de 200 mil mortes por Covid-19 nesta quinta-feira (7), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde e divulgado em um boletim extra. O total de óbitos registrados é de 200.011, com 7.921.803 casos confirmados.



A primeira morte pela doença no país aconteceu em fevereiro do ano passado. Nos meses seguintes, o número de óbitos subiu gradativamente, até que em junho foi atingido um estágio de platô com cerca de 1 mil mortes diárias.

Em 8 de agosto, 100 mil vidas haviam sido perdidas na pandemia. Mas em meados daquele mês, começou a ser observada uma tendência de queda nos números da tragédia. Cidades e estados flexibilizaram restrições à circulação, e muitos hospitais de campanha foram desmontados.

Em novembro, as mortes voltaram a aumentar – e, no início deste ano, o Amazonas voltou a reviver momentos difíceis da pandemia, com hospitais e cemitérios lotados. Nos últimos dias, Manaus atingiu recorde de novas internações, que superaram números registrados em abril e maio, quando houve colapsos no sistemas público de saúde e no funerário.

Nesta quarta-feira (6), Manaus registrou 110 enterros nos cemitérios, número que se aproxima do recorde registrado em 26 de abril do ano passado, quando houve 140 sepultamentos.

Continuar lendo AQUI 

Deixe seu comentário

Líder democrata do Senado dos EUA pede remoção imediata de Trump da presidência

07 Jan2021

Por Jbelmont às 16h09

O líder democrata no Senado dos Estados Unidos, Chuck Schummer, emitiu uma declaração nesta quinta-feira (7), pedido a remoção imediata do presidente Donald Trump de seu cargo. “O que aconteceu no Capitólio ontem foi uma insurreição contra os Estados Unidos, incitada pelo presidente. Este presidente não deveria permanecer no cargo por sequer mais um dia”, declarou o senador.

“A maneira mais rápida e efetiva – e que pode ser feita hoje – de retirá-lo do gabinete seria o vice-presidente invocar, imediatamente, a 25ª Emenda. Se o vice-presidente e o gabinete se recusarem a fazê-lo, o Congresso deve se reunir novamente para remover o presidente”, finalizou a nota.

O mesmo pedido foi feito pelo deputado republicano Adam Kizinger. “Temos um presidente que parece desvinculado da realidade. Estamos recebendo informações de funcionários pedindo demissão em massa”, relatou.

Kizinger defendeu o uso da 25ª emenda para remover Trump da Casa Branca. “É a coisa certa para nossa democracia”, afirmou, acrescentando não ter certeza de que seus colegas de partido poderiam ecoar seu discurso.

“Certamente espero que outros ao menos ouçam o que estou dizendo, deixem de lado o momento político e percebam que a história nunca vai julgar como nos saímos no campo político, mas como nos saímos ao administrar a questão pública”, destacou.

CNN

Deixe seu comentário

Facebook e Instagram bloqueiam conta de Trump por tempo indeterminado, diz Mark Zuckerberg

07 Jan2021

Por Jbelmont às 15h54

Fotos: Brendan Smialowski/AFP/ Reprodução/Facebook

As contas do Facebook e Instagram do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foram bloqueadas por tempo indeterminado. O anúncio foi feito pelo presidente-executivo da rede social, Mark Zuckerberg, em um post.

A posse do presidente eleito Joe Biden será no dia 20 de janeiro e, segundo a publicação de Zuckerberg, Trump ficará impedido de fazer publicações pelo menos até essa data.

“Acreditamos que os riscos de permitir que o Presidente continue usando os nossos serviços durante esse período são simplesmente muito grandes”, escreveu Zuckerberg.

“Portanto, estamos estendendo indefinidamente o bloqueio que tínhamos imposto nas contas do Facebook e Instagram, e por pelo menos as duas próximas duas semanas, até que a transição pacífica de poder seja completa”, continuou.

Bloqueio estendido

Na noite da última quarta-feira (6), redes sociais bloquearam a conta de Trump. Inicialmente, a restrição no Facebook e Instagram valeria por 24h.

A decisão aconteceu após apoiadores do presidente invadirem o Congresso durante reunião que deve validar vitória de Biden nas eleições.

A empresa disse que o presidente violou duas de suas regras, e derrubou vídeo postado por ele durante a invasão, por conta de “risco de violência”. Nele, o presidente pedia que os manifestantes voltassem para casa, mas continuava a alegar, sem provas, que a eleição foi ilegítima. A postagem também foi tirada do ar pelo Instagram e o YouTube, do Google.

O Twitter também impôs restrições ao perfil de Trump. O presidente está impedido de postar por pelo menos 12 horas na plataforma. O desbloqueio é condicionado à exclusão de 3 tuítes específicos do presidente dos EUA, que já foram suspensos pela rede social, por violação de suas políticas, e não podem mais ser vistos.

G1

Deixe seu comentário

Sem voto impresso em 2022, vamos ter problema pior que os EUA, diz Bolsonaro

07 Jan2021

Por Jbelmont às 15h50

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o voto impresso nas eleições 2022 nesta quinta-feira (7). “Basicamente, qual foi o problema, a causa dessa crise toda? Falta de confiança no voto. Lá o pessoal votou e potencializaram o voto pelos correios por causa da tal da pandemia e houve gente que votou três, quatros vezes. Mortos votaram. Foi uma festa lá “, afirmou, a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. “Se nós não tivermos o voto impresso em 22, uma maneira de auditar o voto, nós vamos ter problema pior que os Estados Unidos”, disse.

Matéria completa AQUI no Justiça Potiguar.

Deixe seu comentário

RN registra 604 novos casos de coronavírus; 05 óbitos nas últimas 24 horas e outros 02 após exames laboratoriais de dias anteriores

07 Jan2021

Por Jbelmont às 15h48

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (07). Foram mais 604 casos confirmados, totalizando 121.440. Na quarta-feira (06) eram 120.836 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.066 no total. Foram 05 (cinco) mortes ocorridas nas últimas 24 horas, (02 em Natal, 02 em Lagoa de Velhos e 01 em Caicó ). Óbitos em investigação são 492.

A Sesap também registrou 02 (dois) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quarta-feira (06), eram contabilizados 3.059 mortos.

Casos suspeitos somam 62.437 e descartados são 280.670. Recuperados são 68.394.

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +