Açude rompe após chuva de 145 mm e derruba ponte em rodovia que liga Santana do Matos a BR-304

21 Abr2019

Por Jbelmont às 09h44

Heitor Gregório

A ponte da rodovia que liga o município de Santana do Matos a BR-304 foi levada após o rompimento do Açude do Sítio São Miguel. 


Foram 145mm de chuva iniciada por voltadas 16h deste sábado (20).

A Prefeitura de Santana do Matos já acionou a Defesa Civil Estadual.

Deixe seu comentário

Atentado em igreja e hotéis de luxo deixa ao menos 150 mortos no Sri Lanka

21 Abr2019

Por Jbelmont às 09h14

As autoridades locais dizem que 45 pessoas morreram em Colombo, 67 em Negombo e 25 em Batticaloa, no leste do país. 


“Nosso povo está empenhado em evacuar as vítimas”, disse o porta-voz da polícia. De acordo com o policial, uma das explosões ocorreu na igreja de Santo Antônio, em Katuwapitiya em Negombo.

Outra igreja atingida foi a ​St. Sebastian em Katuwapitiya, também em Negombo. Fotos da destruição dentro da igreja mostrando sangue nos bancos e no chão foram publicadas na página da instituição no Facebook.

Fontes de outros dois hotéis em Colombo também confirmaram as explosões.

“Condeno energicamente os ataques covardes de hoje contra nosso povo“, tuitou o primeiro ministro do Sri Lanka, Ranil Wickremesinghe.

“Eu peço a todos os cingaleses para permanecerem unidos e fortes neste momento trágico. O governo está tomando medidas imediatas para conter a situação”, completou.

Ainda não se sabe a motivação do atentado. Nenhum grupo reivindicou autoria.

FOLHAPRESS

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.144: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 90 milhões

20 Abr2019

Por Jbelmont às 22h54

Veja as dezenas sorteadas: 07 – 16 – 21 – 33 – 55 – 60. Quina teve 188 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 21.418,23. 

 

 

Mega-Sena: sorteio do concurso 2.144 ocorreu neste sábado (20) — Foto: Marcelo Brandt/G1


Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.144 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (20) em Nova Petrópolis (RS). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 07 – 16 – 21 – 33 – 55 – 60.

A quina teve 188 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 21.418,23. Outras 10.251apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 561,14.

O próximo sorteio (2.145) será na quarta-feira (24). O prêmio é estimado em R$ 90 milhões.

Deixe seu comentário

Mossoró fica entre municípios que menos investem em educação

20 Abr2019

Por Jbelmont às 22h37

Dos 25 municípios da região Nordeste analisados pelo Anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), apenas oito aumentaram seus gastos com educação em 2017 em relação a 2016. A redução nos investimentos pela maior parte dos municípios gerou uma retração percentual de 2,1% na região, que totalizou R$ 41,2 bilhões gastos com educação no ano passado.

As maiores quedas foram sentidas em Arapiraca (AL), Mossoró (RN) e Paulista (PE), que registraram retração de 16,8%, 14,4% e 11,3%, respectivamente, no período analisado. As administrações municipais de Petrolina (PE), Campina Grande (PB) e Caucaia (CE) diminuíram os gastos com educação em 8,8%, 8,3% e 7,3%, respectivamente, em 2017,

Das nove capitais analisadas, seis tiveram quedas em seus investimentos na pauta. Foram elas Natal (RN), com retração de 7,8% em 2017; Aracaju (SE), que investiu 7,1% a menos no período analisado; João Pessoa (PB), com queda de 6,3%; Salvador (BA), que investiu 2,9% a menos no ano passado; Recife (PE), com retração de 1,3%; e Fortaleza (CE), que manteve a estabilidade, mas teve queda de 0,1%.

Por outro lado, entre os municípios que incrementaram seus investimentos em educação, o destaque foi Juazeiro do Norte (CE), que gastou R$ 198 milhões em 2017 e aumentou em 49,2% os R$ 132,7 milhões investidos em 2016. Resultado positivo também em Olinda (PE), que investiu R$ 128,5 milhões em educação no ano passado, aumento de 12,6% em relação aos R$ 114,2 milhões gastos em 2016. Completando o ranking das cidades que mais aumentaram seus investimentos, está Feira de Santana (BA), com alta de 8% no período analisado.

Entre as capitais, apenas Teresina (PI), São Luís (MA) e Maceió (AL) aumentaram seus gastos com educação. A capital piauiense teve alta de 5,8% em 2017 quando comparado a 2016, a cidade maranhense incrementou seus investimentos em 4,1% e na capital alagoana o crescimento foi de 3,1%.

Em sua 14ª edição, a publicação utiliza como base números da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentando uma análise do comportamento dos principais itens da receita e despesa municipal, tais como ISS, IPTU, ICMS, FPM, despesas com pessoal, investimento, dívida, saúde, educação e outros.

O Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil (Ano 14 – 2019) foi viabilizado com o apoio de Alphaville Urbanismo, APP 99, BRB, Comunitas, Guarupass, Hauwei, MRV, prefeitura de Cariacica/ES, prefeitura de Guarulhos/SP, prefeitura de Ribeirão Preto/SP, prefeitura de São Caetano do Sul/SP, Sabesp, Saesa e Sanasa.

Do Política em Foco

Deixe seu comentário

Na Paraiba: 98 municípios estão sob alerta de chuvas intensas com perigo potencial, alerta Inmet

20 Abr2019

Por Jbelmont às 21h03


Foto: Paraibaonline

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, na manhã deste sábado, 20, um alerta de chuvas intensas, com perigo potencial para João Pessoa e mais 97 municípios paraibanos.

A previsão é de que o volume de chuvas chegue a 50 milímetros por dia, com ventos intensos, que podem variar de 40 a 60 km por hora. O aviso é válido até às 8h deste domingo.

De acordo com o Inmet, apesar disso, o risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas nessas regiões, é baixo

Os municípios que estão sob alerta são: Alagoa Grande; Alagoa Nova; Alagoinha; Algodão De Jandaíra; Alhandra; Arara; Araruna; Araçagi; Areia; Areial; Bananeiras; Baraúna; Barra De Santa Rosa; Bayeux; Baía Da Traição; Belém; Belém Do Brejo Do Cruz; Borborema; Brejo Do Cruz; Caaporã; Cabedelo; Cacimba De Dentro; Caiçara; Caldas Brandão; Campina Grande; Capim; Casserengue; Catolé Do Rocha; Conde; Cruz Do Espírito Santo; Cubati; Cuitegi; Cuité; Cuité De Mamanguape; Curral De Cima; Damião; Dona Inês; Duas Estradas; Esperança; Frei Martinho; Guarabira; Gurinhém; Ingá; Itabaiana; Itapororoca; Itatuba; Jacaraú; João Pessoa; Juarez Távora; Juripiranga; Lagoa De Dentro; Lagoa Seca; Logradouro; Lucena; Mamanguape; Marcação; Mari; Massaranduba; Mataraca; Matinhas; Mogeiro; Montadas; Mulungu; Nova Floresta; Nova Palmeira; Olivedos; Pedra Lavrada; Pedras De Fogo; Pedro Régis; Picuí; Pilar; Pilões; Pilõezinhos; Pirpirituba; Pitimbu; Pocinhos; Puxinanã; Remígio; Riachão; Riachão Do Bacamarte; Riachão Do Poço; Rio Tinto; Salgado De São Félix; Santa Rita; Sapé; Serra Da Raiz; Serra Redonda; Serraria; Sertãozinho; Sobrado; Solânea; Sossêgo; São José Do Brejo Do Cruz; São José Dos Ramos; São Miguel De Taipu; São Sebastião De Lagoa de Roça; São Vicente; Do Seridó e Tacima.

*Com informações do G1 PB

Deixe seu comentário

Saiba quais são os destaques da nova edição da revista Veja

20 Abr2019

Por Jbelmont às 19h05

 

Capa

Descasca-me ou te devoro

Ao desmoralizar o discurso liberal da equipe econômica, o presidente deixa os investidores apreensivos com o rumo do governo

E mais:

O Supremo se afunda – Depois de censurar a imprensa e intimidar jornalistas, o STF mira procuradores, fiscais da Receita e empresários

Deixe seu comentário

Seta/Blog do Barreto: Rosalba lidera e oposição tem três nomes competitivos. Confira os números da pesquisa estimulada

20 Abr2019

Por Jbelmont às 10h51

A pesquisa do Instituto Seta feita a pedido do Blog do Barreto mostra que junta a oposição tem a dianteira das intenções de votos para 2020.

São segmentos competitivos na oposição: PT representada por Isolda Dantas, o deputado estadual Allyson Bezerra (SD) e o grupo político empresarial de Tião Couto e Jorge do Rosário. Os três estão empatados tecnicamente dentro do limite da margem de erro de 3,5% para mais ou para menos.

Nos dois cenários apresentados, a oposição se aproxima da metade do eleitorado local, atraindo para si o voto dos insatisfeitos com a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Rosalba por sua vez lidera sem folga nem os percentuais astronômicos do passado. Seus percentuais giram em torno de um quarto do eleitorado, aquele historicamente considerado fiel a atual prefeita.

O Instituto Seta ouviu 600 pessoas em 27 localidades das zonas urbana e rural de Mossoró entre os dias 13 e 14 de abril. A margem de erro é de 3,5% para ou mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.

Confira os números:


Cenário sem Tião e com Jorge do Rosário, Gutemberg Dias e Dr. Daniel

Rosalba Ciarlini (PP) 24,8% (entre 21,3 e 28,3%)

Allyson Bezerra (SD) 17,5% (entre 14 e 21%)

Jorge do Rosário (PR) 12,8% (entre 9,3 e 16,3%)

Isolda Dantas (PT) 10,8% (entre 7,3% e 14,3%)

Gutemberg Dias (PC do B) 4,5% (entre 1 e 8%)

Dr. Daniel (PSL) 3,8% (entre 0,3 e 7,3%)

NS/NR 19%

Ninguém/branco/nulo 7%

Cenário com Tião e sem Jorge do Rosário, Gutemberg Dias e Dr. Daniel

Rosalba Ciarlini (PP) 26% (entre 22,5 e 29,5%)

Allyson Bezerra (SD) 18,3% (entre 14,8 e 21,8%)

Tião Couto (PR) 16,5% (entre 13 e 20%)

Isolda Dantas (PT) 11,3% (entre 7,8% e 14,8%)

NS/NR 15,5%

Ninguém/branco/nulo 12,5%

Deixe seu comentário

“Quem ganha menos pagará menos e quem ganha mais pagará mais”, diz Bolsonaro sobre reforma

20 Abr2019

Por Jbelmont às 10h23

O presidente Jair Bolsonaro postou mensagem nesta sexta-feira (19), em sua conta do Twitter, sobre a reforma da Previdência. No post, Bolsonaro defende que a reforma garantirá que “quem ganha menos pagará menos e quem ganha mais pagará mais”.

Ele também cita serviço disponível na página do Ministério da Economia que faz o cálculo da aposentadoria.

No último dia 17, o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, confirmou que o governo aceitou negociar pontos da reforma da Previdência para facilitar a aprovação do texto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. “Tivemos uma primeira conversa com membros de vários partidos, que têm algumas restrições ao projeto como ele se encontra. Iniciamos um diálogo, mas não existe meio acordo. O acordo tem que ser feito por inteiro. Vamos continuar a conversar”, declarou o secretário.

Originalmente, a votação da reforma na CCJ estava prevista para o dia 17, mas foi adiada para a próxima semana.

Deixe seu comentário

Criminosos invadem casa e matam homem em Natal; mulher e crianças se esconderam

20 Abr2019

Por Jbelmont às 10h07

Caso aconteceu na noite desta sexta-feira (19) em Natal. Vítima cumpria pena no regime semi-aberto há 20 dias.

Um homem foi assassinato a tiros dentro de casa no Conjunto Panatis 2, na Zona Norte de Natal. Dentro da casa, também estavam a mulher dele e quatro crianças, que se esconderam. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (19).

A vítima foi identificada como Anderson Naftaly Silva Gadelha, que cumpria pena no regime semi-aberto, há 20 dias, por tráfico de drogas e roubo.

No momento do crime, além de Anderson, a mulher com quem vivia há três anos e quatro crianças estavam dentro da casa. Elas se esconderam dentro de um cômodo. Umas das crianças, com seis anos de idade, é filha da vítima.

O caso é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Inicialmente, a polícia acredita na hipótese de um "acerto de contas".

 

Deixe seu comentário

Mobilização dos operadores da Segurança Pública será nesta terça-feira (23)

19 Abr2019

Por Jbelmont às 21h25

Os policiais militares, bombeiros militares, policiais civis, agentes penitenciários, escrivães, peritos e servidores do ITEP estarão unidos em uma mobilização com o objetivo de cobrar do Governo do Estado o pagamento das folhas salariais em atraso – o salário de dezembro de 2018 e o 13° salário do ano passado. O ato unificado ocorrerá nesta terça-feira, 23. A concentração será às 9h nas imediações do IFRN, com previsão de haver caminhada até à Governadoria.

 

 



Para o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), os policiais têm se abnegado em prol da segurança da população potiguar. Ele reforça que isto tem sido reconhecido pelos índices de pesquisa e pelo próprio Governo do Estado, que comemora a diminuição nos índices de violência, principalmente de homicídios. “Agora está na hora do Governo honrar estes profissionais com o pagamento em dia dos seus salários”, frisa.

BG

Deixe seu comentário

O Congresso Nacional decreta

19 Abr2019

Por Jbelmont às 20h20

Davi Alcolumbre
@davialcolumbre

Um herói, um visionário apaixonado pelo Brasil e defensor da liberdade e da democracia; um nome e uma personalidade que marcaram para sempre nossa história.

 


1985 ÉPOCA QUE TIVE E HONROSA MISSÃO DE SAUDAR O PRESIDENTE NACIONAL DO PMDB WLISSES GUIMARÃES, NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO RN EM NOME DA NOSSA BANCADA.


WLISSES GUIMARÃES E TANCREDO NEVES NO LIVRO DOS HERÓIS DA PÁTRIA

Deixe seu comentário

Paixão do Senhor em Roma: Jesus restitui dignidade e esperança à humanidade

19 Abr2019

Por Jbelmont às 18h52

Na tarde desta Sexta-feira Santa, o Papa Francisco presidiu a celebração da Paixão do Senhor com a Liturgia da Palavra, a Adoração da Cruz e a Sagrada Comunhão.

Após a Liturgia da Palavra, o Frei Raniero Cantalamessa fez a pregação.

Sexta-feira Santa! Neste dia, que os antigos também chamavam de “Sexta-feira Maior”, a Igreja celebra a Paixão e Morte de Jesus. Silêncio, jejum, abstinência de carne e oração marcam este dia.

Na Sexta-feira Santa e no Sábado Santo, segundo a tradição, a Igreja não celebra a Eucaristia. O altar está totalmente despido: sem cruz, sem candelabros, sem toalhas.

Na tarde desta Sexta-feira Santa, o Papa Francisco presidiu na Basílica Vaticana à celebração da Paixão do Senhor, com a Liturgia da Palavra, a Adoração da Cruz e a Sagrada Comunhão.

Após a Liturgia da Palavra, o Frei Raniero Cantalamessa, Capuchinho e Pregador da Casa Pontifícia, fez a pregação partindo das palavras do Profeta Isaías: “Jesus foi desprezado e rejeitado pelos homens”.

 


Foto: Ascom

Com essas palavras proféticas, disse o pregador, a história deu um nome e um rosto a este misterioso homem das dores, desprezado e rejeitado pelos homens: Jesus de Nazaré.

Por isso, Frei Cantalamessa contemplou o Crucificado como protótipo e representante de todos os rejeitados, deserdados e “descartados” da terra.

Durante toda a sua vida, Jesus foi um desses homens, desde o início, nascendo em uma estrebaria, uma autêntica demonstração de pobreza. E, durante a sua vida pública, ele nem tinha lugar para descansar a cabeça: era como um sem-teto. Enfim, a sua Paixão.

“Eis o homem!”, exclama Pilatos, ao apresentá-lo ao povo depois de ser açoitado pelos algozes. Cristo representa as intermináveis fileiras de homens e mulheres humilhados, reduzidos a objeto, privados de toda dignidade humana.

Mas, o significado mais profundo da Paixão e Morte de Cristo, não é o social, mas o espiritual. A sua morte redimiu o mundo do pecado, ponto alto da demonstração do amor do Pai”.

Assim, o Filho de Deus tornou-se um dos pobres e rejeitados, abraçando a causa deles: “O que fizeste aos famintos, aos nus, aos prisioneiros, aos exilados, a mim o fizeste”.

Mas o Evangelho vai mais além, dizendo que o Crucificado ressuscitou! Desta forma, Jesus não só restituiu a dignidade aos desfavorecidos do mundo, mas lhes deu a esperança!

Nos primeiros três séculos da Igreja, explicou o Capuchinho, a celebração da Páscoa não era dividida como agora: Sexta-feira Santa, Sábado Santo e Domingo de Páscoa. Tudo se concentrava em um só dia: na Vigília Pascal, durante a qual se celebrava a morte e a ressurreição de Jesus, ou seja, não se comemorava a morte e a ressurreição como fatos distintos e separados; pelo contrário, comemorava-se a passagem de Cristo da morte para a vida.

Por isso, a palavra “Páscoa” (pesach) significa passagem da morte para a vida; passagem do povo judeu da escravidão para a liberdade; passagem de Cristo deste mundo para o Pai; passagem do pecado para a graça.

Logo, Páscoa é a festa da reviravolta desejada por Deus e realizada por Cristo para a humanidade. É a festa dos pobres, excluídos e escravos na nossa sociedade!

Mas a Cruz, concluiu o Frei Cantalamessa, também traz uma mensagem para a outra classe da sociedade: os poderosos, os fortes, os “vencedores”. Trata-se de uma

mensagem de amor e salvação, não de ódio ou vingança, porque, afinal, eles também terão o mesmo destino de todos: fracos e poderosos, indefesos e tiranos, todos estão sujeitos à mesma lei e aos mesmos limites humanos: a morte!

A Igreja recebeu a seguinte missão do seu fundador, Jesus Cristo: estar ao lado dos pobres e dos fracos; ser voz dos que não têm voz.

Ao término da sua homilia, o Pregador da Casa Pontifícia retomou, novamente, as palavras da profecia de Isaías, dizendo: com o anúncio da Ressurreição, a Liturgia dá ao “desprezado e rejeitado pelos homens” um nome e um rosto: o homem triunfante, Jesus Cristo, nosso Salvador.

Deixe seu comentário

Caminhoneiros ameaçam iniciar nova greve em 29 de abril

19 Abr2019

Por Jbelmont às 10h45

 

Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, disse que "não tem mais condições" de a categoria continuar a trabalhar após aumento de R$ 0,10 no diesel

Em 2018, greve dos caminhoneiros contra a então política de preços da Petrobras fez PIB crescer menos e inflação do mês de maio disparar (Rodolfo Buhrer/Reuters)

São Paulo — Um dos representantes dos caminhoneiros Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco, disse nesta quinta-feira, 17, que a categoria iniciará uma paralisação a partir da meia-noite do dia 29 de abril.

“A maioria dos grupos de caminhoneiros já decidiu pelo dia 29 de abril, tem uns ou outros que acham que é pouco tempo, que devemos esperar ainda, mas a maioria concorda sobre o dia 29 porque chegamos num ponto que não tem mais condições de trabalhar”, disse.

“Isso não foi uma decisão só minha, foi decidido em grupo por várias lideranças de caminhoneiros”, ressaltou. Ele acredita que, a exemplo do que ocorreu no ano passado, o movimento deve atingir o Brasil inteiro, crescendo à medida que os dias passam.

Segundo ele, os caminhoneiros decidiram antecipar a paralisação, anteriormente prevista para 21 de maio, em virtude do novo aumento do diesel. “Com esse aumento do óleo diesel não tem mais condição”, afirmou. “Os caminhoneiros estão cientes de que, dentro de 14, 15 ou 16 dias vai ter outro aumento do diesel, e esse aumento de R$ 0,10/litro já afetou em R$ 1 mil o lucro mensal, e o frete continua o mesmo.”

A Petrobras informou na quarta-feira que decidiu aumentar o preço do diesel em R$ 0,10/litro, o que implica uma variação mínima de 4,518% e máxima de 5,147%, nos seus 35 pontos de venda no Brasil. O aumento começou a vigorar nesta quinta.

Para Alves, o dispositivo da lei do piso mínimo de transporte rodoviário de carga que associa o incremento do frete ao aumento do diesel não adianta porque a tabela de frete não está sendo cumprida. “Se estivessem pagando o piso mínimo, o aumento do óleo diesel não iria nos afetar. Mas não estão cumprindo”, disse. A lei indica que, sempre que ocorrer oscilação no preço do óleo diesel no mercado nacional superior a 10%, para mais ou para menos, nova norma com pisos mínimos deverá ser publicada pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), considerando a variação no preço do combustível.

O representante defende a melhora na fiscalização do cumprimento do piso mínimo do transporte rodoviário. Ele citou que o governo vai testar no Espírito Santo o documento de transporte eletrônico, quando poderia fazê-lo no Brasil inteiro. “Isso obrigaria a transportadora a pagar piso mínimo.”

Segundo Alves, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, interrompeu o diálogo com parte dos caminhoneiros. “Somos uma espécie de linha dura da categoria e exigimos nossos direitos. Não vemos sentido em pedir esmola para quem elegemos. Brasília foi feita para atender aos anseios da população. E é esse grupo linha dura que o governo quer isolar.”

Segundo ele, o governo está optando por dialogar com grupos que não representam os reais interesses dos caminhoneiros. “Estamos aqui abertos ao diálogo e, se o governo atender à nossa expectativa, cancelamos a paralisação. Está na mão deles. Por isso demos o nome da paralisação de Onyx Lorenzoni.”

A mobilização, assim como na greve do ano passado, está sendo feita por grupos de WhatsApp fechados apenas para caminhoneiros, conforme o representante. Segundo Alves, o efeito da greve na economia poderia ser evitado. “O que eu vejo é o seguinte: o prejuízo da paralisação da economia é o valor que o governo poderia desembolsar para oferecer subsídio no diesel até que o piso mínimo do frete funcionasse para valer.” Alves reforçou ainda que a categoria espera uma resposta do governo. “Bolsonaro falou com os índios, será que vai conversar com a gente?”

Comando Nacional do Transporte acha que é cedo
Apesar da insatisfação com a alta no valor do óleo diesel, o líder do Comando Nacional do Transporte (CNT), Ivar Schmidt, acredita que é cedo para uma paralisação, ao contrário de “Dedéco”.

“Obviamente, nós não gostamos de mais despesas, mas existe a percepção de que o governo atual é muito recente e ainda não teve tempo de trazer uma solução. Mas se tiver mais dois reajustes já seria motivo para uma nova greve”, afirma o representante.

Na noite de quarta, a Petrobras informou ao mercado a decisão de aumentar o preço do diesel em R$ 0,10 por litro, o que implica uma variação mínima de 4,518% e máxima de 5,147%, nos seus 35 pontos de venda no Brasil. Este aumento passou a vigorar a partir de hoje.

Segundo Schmidt, novos ajustes no valor do combustível têm potencial para desencadear uma paralisação nacional, na mesma dimensão que a ocorrida no fim de maio de 2018 e, novamente, com potencial para prejudicar o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) do País. “Não tenho a menor dúvida de que pode vir um novo efeito negativo para o agronegócio e para o PIB”, enfatiza.

Com base nessas possíveis consequências, o líder da CNT alerta que o governo federal precisa trazer uma solução no menor tempo possível. “Até agora, não recebemos uma receita certa para conter o problema”, diz. A interlocução entre a categoria e o poder público está sendo feita por meio do Fórum Permanente do Transporte Rodoviário de Cargas.

Uma das alternativas defendidas pelo comando para minimizar o problema com os fretes rodoviários é a redução e a fiscalização das jornadas de trabalho dos caminhoneiros, que, de acordo com Schmidt, hoje chegam a trabalhar 16 horas corridas.

Ele conta que desde 2012 há uma lei que reduz a carga horária para oito horas de expediente. No entanto, “grandes corporações de setores como o agronegócio fazem lobby para que essa lei não seja cumprida e que se adote apenas a estratégia da oferta e da demanda”.

Na visão da CNT, a redução na jornada de trabalho aumentaria o número de caminhões nas estradas, mas regularia a oferta de transporte e ajudaria a equalizar o valor dos fretes o que, por outro lado, poderia elevar os custos de logística para as empresas. “Em vez de terem um único caminhão rodando por muito tempo, as companhias precisariam de mais um caminhão para transportar a mesma quantidade de produto e eles não querem isso”, explica. Também para o cumprimento dessa medida o governo precisaria construir pontos de parada para os caminhoneiros, algo que, desde 2012, “foi prometido e nunca aconteceu”.

 

EXAME

Deixe seu comentário

Blitz da Lei Seca autua 27 motoristas por embriaguez ao volante em Natal; 4 são presos

19 Abr2019

Por Jbelmont às 10h20

Fiscalização aconteceu entre a noite da quinta (18) e madrugada desta sexta (19) na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul da cidade.
Por G1 RN



Blitz foi realizada na Av. engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul de Natal — Foto: PMRN/Divulgação


Vinte e sete motoristas foram autuados em uma blitz da Lei Seca montada entre a noite da quinta (18) e madrugada desta sexta-feira (19) na Av. Engenheiro Roberto Freire, uma das mais movimentadas da Zona Sul de Natal. Destes, quatro foram presos.

Segundo a Polícia Militar, 661 veículos foram abordados durante a fiscalização, além de outros 11 autos de infração que foram lavrados durante a blitz, e mais três veículos que acabaram removidos ao pátio do Detran, sendo um carro e duas motos.


Lei Seca não tolera nenhuma quantidade de álcool — Foto: Reprodução/TV Globo

Deixe seu comentário

Criminosos deixam faltar gasolina em carro roubado e são presos pela PRF

18 Abr2019

Por Jbelmont às 22h18

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu cinco homens na tarde desta quinta-feira (18), na BR-101, em Parnamirim. Os suspeitos estavam parados em cima do viaduto Trampolim da Vitória, que faz a ligação entre as BRs 101 e 304, quando os policiais fizeram a abordagem.

Segundo a PRF, os criminosos pararam o carro na via e dois deles estavam tentando abastecer o veículo com gasolina armazenada em um depósito plástico. A polícia foi acionada e efetuou a prisão deles. Os outros três foram localizados na parte de baixo da estrutura viária e levados para o ponto inicial da ocorrência.

Durante a abordagem, foi confirmado que o carro tinha registro de roubo. O mesmo havia sido tomado de assalto na última terça-feira (16), na rua dos Pajeús, no bairro do Alecrim, em Natal, por quatro pessoas armadas.

No momento da prisão dois foram identificados e têm 18 e 31 anos. Os demais estavam sem identificação. Todos foram conduzidos à Central de Flagrantes de Natal, onde foram autuados por receptação e formação de quadrilha.


PRF

Deixe seu comentário

LULA: Toffoli libera, e Lula reitera pedido de entrevista

18 Abr2019

Por Jbelmont às 22h03

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva | MIGUEL SCHINCARIOL
Advogados do ex-presidente Lula solicitaram nesta tarde ao Supremo Tribunal Federal (STF) que cumpra a decisão do ministro Ricardo Lewandowski que liberou o líder petista a conceder entrevista ao jornal "Folha de S. Paulo" e a outros veículos que fizeram o mesmo pedido. Lula está preso em Curitiba há um ano.


O deputado federal Paulo Pimenta (PT-SP) e o ex-deputado Wadih Damous (PT-RJ), ambos advogados, incluíram na ação a decisão do presidente da corte Dias Toffoli de hoje à tarde que liberou o ex-presidente para falar com a imprensa.

Deixe seu comentário

Bancos estão com milhares de imóveis tomados de inadimplentes

18 Abr2019

Por Jbelmont às 21h42

 

Reportagem do jornal Valor Econômico (SP) mostrou que as cinco maiores instituições financeiras do país – Banco do Brasil, Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Caixa – fecharam 2018 com nada menos que R$ 18,7 bilhões em bens retomados em garantia de empréstimos inadimplentes.

Cerca de 90% do valor se referem a imóveis, principalmente ligados ao programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Por outro lado, as duas maiores incorporadoras do país – MRV e Cyrela – tinham (no final do ano) estoques em imóveis de R$ 13,1 bilhões.

Somente a Caixa Econômica Federal está com um estoque encalhado de 69 mil e 200 imóveis.

*fonte: valoreconomico

Deixe seu comentário

Moraes revoga decisão que mandou cesurar revista e site

18 Abr2019

Por Jbelmont às 18h33

Agência Brasil.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou, há pouco, a decisão que determinou a retirada de uma reportagem sobre o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, do site O Antagonista e da revista Crusoé.

A medida foi tomada após críticas de membros da Corte, da Procuradoria-geral da República (PGR), de parlamentares e de entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Na segunda-feira (15), por determinação do ministro, o site de notícias O Antagonista e a revista Crusoé foram obrigados a retirar da internet a reportagem intitulada O amigo do amigo de meu pai.

A decisão ainda determinou que os responsáveis pelas publicações prestassem depoimento na Polícia Federal (PF) e aplicação de multa de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

A matéria trata de uma citação feita pelo empresário Marcelo Odebrecht, um dos delatores da Operação Lava Jato, a um codinome usado em troca uma de e-mails com um ex-diretor da empreiteira.

Segundo os advogados do delator, a expressão “o amigo do um amigo de meu pai” refere-se ao ministro Dias Toffoli. O texto das mensagens não trata de pagamentos ou de alguma situação ilícita. O caso teria ocorrido quando Toffoli era advogado-geral da União (AGU), durante o governo da então presidente Dilma Rousseff, sobre interesses da Odebrecht nas licitações envolvendo usinas hidrelétricas.

Alexandre de Moraes revogou a decisão por entender que foi esclarecido posteriormente que o documento no qual Toffoli foi citado realmente existe.

“Comprovou-se que o documento sigiloso citado na matéria realmente existe, apesar de não corresponder à verdade o fato que teria sido enviado anteriormente à PGR para investigação. Na matéria jornalística, ou seus autores anteciparam o que seria feito pelo MPF {Ministério Público Federal] do Paraná, em verdadeiro exercício de futurologia, ou induziram a conduta posterior do Parquet [corpo de membros do Ministério Público]; tudo, porém, em relação a um documento sigiloso somente acessível às partes no processo, que acabou sendo irregularmente divulgado e merecerá a regular investigação dessa ilicitude”, disse o ministro.

Inquérito sobre notícias falsas
O caso envolvendo críticas à Corte Suprema nas redes sociais começou no mês passado. Ao anunciar a abertura do inquérito, no dia 14 de março, Toffoli referiu-se à veiculação de “notícias falsas (fake news)” que atingem a honorabilidade e a segurança do STF, de seus membros e parentes. Segundo o ministro, a decisão pela abertura está amparada no regimento interno da Corte.

Na segunda-feira (15), Alexandre de Moraes, que foi nomeado relator do inquérito por Toffoli, determinou a retirada de reportagens da revista Crusoé e do site O Antagonista que citavam o presidente da Corte, Dias Toffoli.

No dia seguinte, Moraes autorizou a Polícia Federal a realizar buscas e apreensão contra quatro pessoas, entre elas, o candidato ao governo do Distrito Federal nas últimas eleições, Paulo Chagas (PRP).

Em seguida, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, arquivou o inquérito, mas Moraes rejeitou a decisão.

Apesar de Raquel Dodge ter considerado que o arquivamento é um procedimento próprio da PGR e irrecusável, Moraes tomou a manifestação como uma solicitação e entendeu que a medida precisa ser homologada pelo STF.

Deixe seu comentário

Preso de Justiça é morto a tiros nos Pintos em Mossoró

18 Abr2019

Por Jbelmont às 18h25

Morte violenta de número 48 em Mossoró neste ano.

 

O crime aconteceu por voltas das 04h da tarde de hoje, 18 de abril na Rua Antônio Mendes da Silva, próximo ao Supermercado Cristal no bairro Costa e Silva “Pintos” em Mossoró no Rio Grande do Norte e segundo informações, a vitima é Marcos Emanuel Moreira de Almeida de 28 anos de idade,preso em liberdade monitorada por tornozeleira eletrônica.


Segundo informações, fazia apenas dois dias que o mesmo havia deixado a prisão. Na tarde de hoje, criminosos usando capacete, chegaram na residência da família procurando por ele, que se encontrava na casa da vizinha. Quando "Marquinhos" retornava para ver quem era, foi morto na calçada de casa. Populares informaram a polícia terem ouvidos estampidos de tiros, mas ninguém viu nada.

 

Do Camera

Deixe seu comentário

'Mordaça', diz Marco Aurélio sobre decisão do STF de tirar reportagens do ar

18 Abr2019

Por Jbelmont às 15h30

Ministro da Corte comentou à Rádio Gaúcha a decisão do colega Alexandre de Moraes sobre textos da revista 'Crusoé' e do site 'O Antagonista'.



Marco Aurélio Mello, em sessão no Supremo Tribunal Federal no início de abril deste ano — Foto: Nelson Jr./SCO/STF


O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), voltou a criticar em entrevista à Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira (18), a decisão do colega Alexandre de Moraes, que determinou a retirada de conteúdo dos sites da "Crusoé" e de "O Antagonista".

"Mordaça, mordaça. Isso não se coaduna com os ares democráticos da Constituição de 1988. Não temos saudade de um regime pretérito. Não me lembro, nem no regime pretérito, que foi um regime de exceção, coisas assim, tão violentas como foi essa. Agora o ministro deve evoluir, deve afastar, evidentemente, esse crivo que ele implementou", afirmou Marco Aurélio.

Na última terça-feira (16), o ministro já havia dito à TV Globo que houve "censura" e retrocesso" na decisão.

CONTINUAR LENDO CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Ceará é o estado que mais reduziu o número de homicídios no 1º bimestre de 2019 RN foi o segundo

18 Abr2019

Por Jbelmont às 09h27

Secretário da Segurança destaca ação das forças de segurança. Estudioso da violência afirma que redução ocorreu devido a acordo entre facções criminosas.



Depois de ter batido recordes nos números, o estado do Ceará apresenta redução de homicídios. De acordo com estatísticas do Monitor da Violência do G1, que analisa números de assassinatos em todo o Brasil, o Ceará foi o estado com maior diminuição de mortes no primeiro bimestre de 2019, seguido pelo Rio Grande do Norte.

Os dados apontam que, em janeiro e fevereiro deste ano, o estado apresentou queda de 57,9% no índice de mortes violentas. Nos dois primeiros meses de 2018, foram assassinadas 844 pessoas, enquanto no mesmo período de 2019 foram 355 mortes.

A diminuição entre janeiro do ano passado e janeiro deste ano foi de 60,2%, enquanto na comparação entre os meses de fevereiro a queda é de 55%.


CONTINUAR LENDO AQUI

Deixe seu comentário

Volume de água no maior reservatório do RN tem a melhor marca dos últimos 4 anos

18 Abr2019

Por Jbelmont às 08h54

Em abril de 2015, barragem Armando Ribeiro Gonçalves estava com 30,44% de sua capacidade. No mesmo período deste ano, nível do reservatório chegou a 31,35



Parede da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN — Foto: Bruno Andrade


O volume de água no maior reservatório do Rio Grande do Norte alcançou a melhor marca dos últimos quatro anos, o que demonstra que as reservas hídricas do estado vêm se recuperando apesar dos últimos sete anos de chuvas abaixo da média histórica.

Segundo o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), em abril de 2015 a barragem Armando Ribeiro Gonçalves - que tem capacidade para até 2,4 bilhões de metros cúbicos - estava com 730,5 milhões (30,44% do total). Agora, de acordo com medição feita nesta quarta-feira (17), o volume atual é de 752,4 milhões, ou seja, 31,35% da capacidade total de armazenamento.

VEJA MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.143: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões

17 Abr2019

Por Jbelmont às 21h43

Veja as dezenas sorteadas: 02 - 12 - 35 - 51 - 57 - 58. Quina teve 81 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 48.904,73.

Mega-Sena: concurso 2.143 ocorreu nesta quarta (17) — Foto: Marcelo Brandt/G1

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.143 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta (17) em Nova Petrópolis (RS). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 02 - 12 - 35 - 51 - 57 - 58.

A quina teve 81 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 48.904,73. Outras 6.545 apostas acertaram a quadra; cada uma receberá R$ 864,62.

O próximo sorteio (2.144) será no sábado (20). O prêmio é estimado em R$ 60 milhões.

 

CONFIRA TAMBÉM OS NÚMEROS SORTEADOS DA QUINA
CONCURSO 4953 DATA 17/04/2019

14 15 23 60 71

 

Deixe seu comentário

Styvenson assina pedido de impeachment de Toffoli e Moraes

17 Abr2019

Por Jbelmont às 20h34

 

O senador Styvenson Valentim (Pode-RN) está entre os cinco primeiros parlamentares que assinaram uma lista de apoio que pede o impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e do ministro Alexandre de Moraes.

A lista é uma reação às ações autorizadas na última terça-feira, 16, pelo ministro Alexandre de Moraes, no inquérito que apura denúncias de ofensas e ameaças a membros da Corte. Os senadores alegam crime de responsabilidade e abuso de autoridade dos magistrados.

Segundo os parlamentares, os ministros incorreram em abuso de poder ao instaurarem um inquérito e executarem medidas judiciais por conta própria, sem a participação do Ministério Público.

O pedido também será subscrito por outros senadores. Já estão confirmados os apoios de Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Lasier Martins (Pode-RS), Jorge Kajuru (PSB-GO) e Reguffe (sem partido-DF).

No fim do mês de março, Toffoli instaurou um inquérito para investigar injúrias e ameaças virtuais contra ministros do Supremo. Relator do inquérito, Moraes expediu mandados de busca e apreensão contra sete pessoas e determinou o bloqueio das suas redes sociais. Ele também ordenou que uma revista retirasse do ar uma reportagem que citava Toffoli, mencionado em um depoimento no âmbito da Operação Lava-Jato.

Deixe seu comentário

Petrobras anuncia aumento de R$ 0,10 por litro no diesel

17 Abr2019

Por Jbelmont às 20h13

Reajuste ficou pouco abaixo do anunciado na semana passada, do qual a estatal desistiu após intervenção do presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, fala à imprensa sobre o reajuste do diesl — Foto: Reprodução/TV Globo


O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, anunciou nesta quarta-feira (17), uma alta de R$ 0,10 por litro do óleo diesel. Com a alta, o litro do diesel passa a custar R$ 2,2470 nas distribuidoras a partir desta quinta-feira. O anúncio vem seis dias depois da estatal voltar atrás no último aumento, por determinação do presidente Jair Bolsonaro.

O novo preço, segundo o executivo, representa uma variação mínima de 4,5% e máxima 5,1% nos pontos de venda da companhia. A variação média ficou em 4,84%. Castello Branco reforçou que o esse reajuste será aplicado nas refinarias, e que espera que ele não seja repassado na integralidade ao consumidor final.

“Espera-se que na bomba o valor de repasse para o consumidor seja menor”, disse.
O valor anunciado nesta quarta ficou R$ 0,0192 abaixo do que havia sido determinado na ocasião, e do qual a estatal desistiu.

Castello Branco afirmou que a política de preços da Petrobras continuará seguindo o mercado internacional: “Nós continuamos a observar rigorosamente a manutenção de preços alinhados com a paridade internacional. Nossa política é essa e vai continuar assim”.

Sobre a periodicidade dos ajustes, ele disse que eles serão flexibilizados "para quando achar importante ter”. “Temos um intervalo de 24 dias do último reajuste. Não faremos reajustes diários, sou contra essa política”, afirmou. A última alta havia sido determinada em 22 de março.

O executivo afirmou que a Petrobras segue livre para determinar os preços dos combustíveis: "a palavra final é minha”, disse.

 

Ler mais AQUI

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +