Mega-Sena, concurso 2.182: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 42 milhões

24 Ago2019

Por Jbelmont às 21h53

Veja as dezenas sorteadas: 19 - 22 - 39 - 46 - 47 - 59. Quina teve 66 acertadores; cada um ganhará R$ 46.519,40.

Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 — Foto: Marcelo Brandt/G1


Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.182 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (24) em São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 19 – 22 – 39 – 46 – 47 – 59.

A quina teve 66 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 46.519,40. Já a quadra teve 5.179 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 846,90.

 

Deixe seu comentário

Estado quer enxugar folha de pagamento

24 Ago2019

Por Jbelmont às 10h55

O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Administração (SEAD/RN) publicou nesta sexta-feira, 23/8, no Diário Oficial do Estado portaria instituindo a Comissão Especial de Monitoramento das Operações da Folha de Pagamento do Poder Executivo.

Uma das atribuições do grupo será encontrar alternativas para enxugar a folha de pagamento do funcionalismo estadual. Para isso, a comissão vai acompanhar todo o processo de implantação de benefícios, gratificações e/ou outras vantagens na folha de pagamento.

Segundo o governo, o grupo foi instituído em virtude para garantir mais transparência e integridade nas operações da folha de pagamento do Poder Executivo e em face da necessidade de uma “ação planejada e transparente, prevenindo riscos e corrigindo possíveis desvios, objetivando o equilíbrio das contas públicas e a responsabilidade da gestão fiscal, como preconiza a Lei Complementar nº 101, de 04 de maio de 2000”.

Outra função da comissão é instituir medidas para a recondução das despesas com pessoal do Poder Executivo Estadual visando ao respeito ao limite prudencial fixado Lei Complementar nº 101, de 04 de maio de 2000.

Os membros da comissão deverão manter sigilo das informações financeiras que lhes forem concedidas, e buscarão constatar eventuais equívocos nas operações da folha de pagamento, registrando em relatório as inconsistências encontradas e submetendo à apreciação e deliberação da Secretária de Estado da Administração.

Entre as atribuições da comissão estão: acompanhar todo o processo de implantações na folha de pagamento, sejam administrativos ou judiciais; apontar possíveis falhas nas implantações, identificando as rubricas e os motivos das irregularidades, apontado, também, possíveis soluções para cada caso e apresentar relatório mensal, ou sempre que detectar irregularidades, para a Secretária de Estado da Administração, para que tome as medidas cabíveis para correção dos atos identificados como incorretos.

A comissão é formada por José Ediran Magalhães Teixeira, subsecretário de Recursos Humanos – SRH/SEAD (presidente), Luís Renato Nogueira da Rocha, coordenador de Gestão de Pessoas – COGEP/SEAD; Osvaldo Jerônimo Neto, subcoordenador de Atos e Inativos – COGEP/SEAD; Niene Álvares, subcoordenadora do PNAGE – PNAGE/SEAD; Rodrigo Otávio da Cunha, auditor Fiscal do Tesouro Estadual – SET, e Frederico Eduardo Ellery Santos, auditor fiscal do Tesouro Estadual.

Deixe seu comentário

Mega-Sena pode pagar R$ 35 milhões neste sábado

24 Ago2019

Por Jbelmont às 09h28

A Mega-Sena, acumulada, sorteia neste sábado (24) prêmio de R$ 35 milhões. O sorteio das dezenas do concurso 2.182 da Mega-Sena será realizado hoje à noite, no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Até as 14h deste sábado também podem ser feitas apostas para o concurso 865 da Loteca, acumulada em R$ 2,2 milhões.

Deixe seu comentário

121º Homicidio em Mossoró 2019: Popular reage a assalto atira em assaltante preso de justiça que morre no HRTM

24 Ago2019

Por Jbelmont às 00h00

 

A ocorrência foi registrada no inicio da noite de ontem, 23 de agosto, no conhecido Beco das Frutas no centro de Mossoró.

Segundo informações, o preso de justiça em liberdade condicional, Pedro Henrique Alves Barbosa, "Predador" 26 anos de idade, natural de Cascavel no estado do Ceará, teria tentado praticar um assalto e um popular reagiu atirando.

Predador foi baleado e depois que recebeu atendimento no local, foi socorrido por uma equipe do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia, mas acabou morrendo.

O Predador estava com um revolver calibre 22 com três munições intactas e numa moto Pop vermelha, que segundo a polícia havia sido roubada no início da noite de hoje.

Segundo informações, Pedro Henrique Alves Barbosa havia saído da cadeia no mês de março passado, onde cumpria pena por assalto.

Os policiais da Força Tática conduziram a arma de fogo e a moto para a Delegacia de Plantão e quando a equipe na delegacia encontrou a dono da moto registrando o Boletim de Ocorrência do roubo de sua moto

Do câmera

 

 

Deixe seu comentário

Casa de Flordelis tinha traição, troca de casais e relacionamento entre irmãos, revelam depoimentos

23 Ago2019

Por Jbelmont às 20h25

 

Depoimentos dados à polícia no inquérito que investiga a morte do pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis dos Santos, revelam episódios de traições, relacionamentos amorosos entre irmãos e até mesmo troca de casais dentro da família.

Uma das filhas adotivas de Flordelis, Erica dos Santos de Souza, em seu depoimento prestado no último dia 12, foi questionada pelos policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo se havia presenciado envolvimento entre as pessoas que moram na casa. Ela relatou que Adriano dos Santos, filho biológico apenas de Flordelis, se relacionou amorosamente com duas irmãs adotivas - Nylaine e Lorrana, quando já namorava com Marcele, sua atual esposa.

Erica também contou que Simone dos Santos, também filha biológica apenas de Flordelis, se envolveu com Alexandre Freire, que é filho adotivo. Simone, de acordo com depoimento de Maria Edna do Carmo, mãe do pastor Anderson, namorou, ainda no início dos anos 90, com o filho. Segundo relato de Edna, pouco tempo depois, Anderson “largou” Simone para ficar com Flordelis.

No depoimento dado à polícia, Erica também contou que dois irmãos adotivos - Iago e Francine - se envolveram, mas saíram da casa para assumir o relacionamento, “porque Anderson e Flordelis não permitiam esse comportamento dentro de casa”.

Além dos relacionamentos citados nos depoimentos, pelo menos outros dois casais já se formaram na família de Flordelis. Os pastores Carlor Ubiraci e Cristiane - ambos filhos adotivos de Flordelis - são casados e moram no terreno da casa da família, em Pendotiba. Eles fizeram uma construção anexa à residência, onde vivem. O casal tem uma filha biológica, Raquel, e uma adotiva, Rebeca. Eles também são considerados pais por Roberta de Souza, que foi acolhida por Flordelis em sua casa, ainda no Jacarezinho, mas quem a criou foi Carlos e Cristiane.

A própria Simone já foi casada com André Luiz de Oliveira, conhecido como Bigode, também filho adotivo. Juntos, tiveram três filhos biológicos - Lorrane, Ramon e Rafaela. Eles já estão separados há dez anos. O casal também criou como filha Raiane, a primeira criança pega por Flordelis para criar. De acordo com os relatos da pastora, Raiane foi encontrada numa lixeira na Central do Brasil.

Erica foi a última filha a prestar depoimento para a DH. Ela compareceu espontaneamente na delegacia para dar seu relato sobre o caso.

EXTRA.GLOBO.COM

Deixe seu comentário

Bolsonaro autoriza uso das Forças Armadas no combate a queimadas na Amazônia

23 Ago2019

Por Jbelmont às 20h07

Decreto foi publicado no 'Diário Oficial' e prevê uso das tropas até 24 de setembro. Texto prevê atuação em áreas de fronteira, terras indígenas e unidades federais de conservação ambiental. 


O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (23) um decreto para autorizar o uso das Forças Armadas no combate a queimadas na Amazônia. O decreto prevê o uso das tropas até 24 de setembro.

O decreto foi publicado em edição extra do "Diário Oficial da União" e assinado após o presidente ter se reunido em Brasília com alguns ministros para discutir o assunto.

>> Leia a íntegra do decreto ao final desta reportagem

Segundo a Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Bolsonaro fará um pronunciamento às 20h30 para anunciar medidas de combate aos incêndios.

Mais cedo, nesta sexta, Bolsonaro já havia dito que a "tendência" era ele autorizar o uso das Forças Armadas na região.

As queimadas na Amazônia têm repercutido internacionalmente, e Bolsonaro tem dito, sem apresentar provas, que integrantes de organizações não governamentais (ONGs) e fazendeiros podem estar envolvidos nas queimadas.

O que diz o decreto?
De acordo com o texto do decreto, o uso dos militares depende de requerimento por parte dos governadores da região.

Além disso, o decreto determina que o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, definirá a alocação dos meios que serão utilizados na operação.

O texto diz também que o trabalho das Forças Armadas ocorrerá em "articulação" com os órgãos de segurança pública e os órgãos e entidades públicas de proteção ambiental.


General Edson Leal Pujol, comandante do Exército — Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

 

Comandante do Exército 

Antes da divulgação do decreto pelo Planalto, o comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, que havia participado de uma sessão na Câmara em homenagem ao Dia do Soldado, afirmou que a força está pronta para ajudar na fiscalização, no apoio logístico e na tentativa de identificar focos de incêndio, espontâneos ou provocados.

Indagado se o Exército tem tropas suficientes na região amazônica para cumprir a tarefa, Pujol disse que isso depende da extensão da área designada para as operações.

"O efetivo do Exército talvez seja um dos menores do mundo em comparação com o tamanho da nossa extensão territorial, das nossas fronteiras e da nossa população. Não é viável a gente imaginar que só com o efetivo do Exército a gente tenha condição de cobrir toda a região amazônica. Certamente, os esforços serão direcionados, atividades de inteligência, de procurar identificar os locais onde existem problemas, com maior incidência, e certamente o governo federal deverá elencar as prioridades", declarou.

Governador de RR
Pouco antes de o decreto ser divulgado pela Presidência, o governador de Roraima, Antonio Denarium, informou que havia pedido o envio das tropas. Ele esteve no Planalto e se reuniu com Bolsonaro.

Na avaliação do governador, os estados da região não têm condições de combater as queimadas de maneira isolada.


"Os estados da região Amazônica não têm condições só de fazer o combate a incêndios florestais. Por isso estamos solicitando ajuda do governo federal para que, em parceria com o estado, o nosso corpo de bombeiro, corpo de bombeiro militar e civil, também fazer o combate aos incêndios em toda a Região Norte", disse.

Íntegra
Leia a íntegra do decreto:

Autoriza o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem e para ações subsidiárias nas áreas de fronteira, nas terras indígenas, em unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas da Amazônia Legal na hipótese de requerimento do Governador do respectivo Estado.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 84, caput, incisos IV e XIII, da Constituição, e tendo em vista o disposto nos art. 15, art. 16 e art. 16-A da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999,

DECRETA:

Art. 1º Fica autorizado o emprego das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem e para ações subsidiárias, no período de 24 de agosto a 24 de setembro de 2019, nas áreas de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas dos Estados da Amazônia Legal que requererem:

I - ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais; e

II - levantamento e combate a focos de incêndio.

Art. 2º O emprego das Forças Armadas nas hipóteses previstas neste Decreto fica autorizado em outras áreas da Amazônia Legal caso haja requerimento do Governador do respectivo Estado ao Presidente da República, observado o disposto no § 3º do art. 15 da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999.

Art. 3º O Ministro de Estado da Defesa definirá a alocação dos meios disponíveis e os Comandos que serão responsáveis pela operação.

Art. 4º O emprego das Forças Armadas de que trata este Decreto ocorrerá em articulação com os órgãos de segurança pública, sob a coordenação dos Comandos a que se refere o art. 3º, e com os órgãos e as entidades públicas de proteção ambiental.

Art. 5º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

JAIR BOLSONARO

Deixe seu comentário

Bebê de 7 meses morre asfixiado dentro do berço em Luiz Gomes interior do RN

23 Ago2019

Por Jbelmont às 19h53

Caso aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira (23) no município de Luís Gomes.
Por Leonardo Erys, G1 RN

Um bebê de 7 meses de idade foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (23) em seu berço no município de Luís Gomes, interior do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar da cidade, a família do menino acredita que ele tenha se asfixiado com os lençóis que o cobriam durante a madrugada, enquanto dormia.

Em sua listagem de óbitos, o Instituto Técnico Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep) informou que a causa da morte do menino foi por asfixia mecânica. O laudo final da autópsia está sendo feito pelo Itep de Pau dos Ferros.

De acordo com informações da Polícia Militar da cidade, o caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (23) na residência em que o bebê morava com os pais no centro do município de Luís Gomes.

"Os pais contaram que agasalharam o bebê, porque realmente está fazendo muito frio por aqui esses dias, e colocaram ele pra dormir no berço. Lá pelas 5h, quando acordaram, o encontraram já sem vida", disse o subtenente Gentil Melo, da Polícia Militar da região.

À Polícia Militar, a mãe e o pai disseram que enrolaram o bebê com lençóis. Em seguida, foram dormir. A PM acredita que o menino possa ter se mexido bastante durante o sono e se enrolado nos lençóis, o que pode ter causado a asfixia.

Luís Gomes é um município da região do Alto Oeste potiguar com cerca de 10 mil habitantes. A cidade fica a cerca de 450 quilômetro da capital Natal.


Caso aconteceu na Avenida Senhora Santana, no município de Luís Gomes — Foto: Divulgação/Prefeitura de Luís Gomes Caso aconteceu na Avenida Senhora Santana, no município de Luís Gomes — Foto: Divulgação/Prefeitura de Luís Gomes
Caso aconteceu na Avenida Senhora Santana, no município de Luís Gomes — Foto: Divulgação/Prefeitura de Luís Gomes

Cuidados para o sono
O pediatra potiguar Leonardo Maia explica que, apesar desse tipo de caso acontecer de maneira mais rara no Brasil, os médicos sempre alertam para os responsáveis terem atenção à posição que o bebê vai dormir e tirarem qualquer obstáculo do berço.

"Não é para ter nenhum obstáculo no berço, nem travesseiros, nem mesmo aqueles protetores laterais do berço, que são acolchoados, porque eles são obstáculos. Até mesmo os lençóis de cama pedimos para ser de elástico, para evitar ondulações e a possibilidade de o bebê puxar e se enroscar. E sempre recomendamos que a posição ideal para colocar os bebês dormindo seja com as costas para o colchão e a barriga para cima", explicou.

O pediatra disse também que é fundamental que, após os bebês se alimentarem, eles fiquem cerca de 15 minutos nos braços antes de serem colocados para dormir no berço.

Deixe seu comentário

Sessão Solene na Câmara dos Deputados vai homenagear o Mossoró Cidade Junina

23 Ago2019

Por Jbelmont às 17h02

Beto Rosado propõe sessão solene em homenagem ao “Mossoró Cidade Junina” e ao espetáculo Chuva de Balas


A Câmara dos Deputados realizará na próxima quarta-feira (28), uma sessão solene para homenagear o evento “Mossoró Cidade Junina” e o espetáculo “Chuva de Balas no País de Mossoró”. A proposição é do deputado federal Beto Rosado (Progressistas).
                                                                                                                     

“O terceiro maior São João multicultural do país e o espetáculo que retrata a resistência do povo mossoroense ao bando de Lampião fazem parte da cultura do povo do Rio Grande do Norte. Como mossoroense será uma honra poder homenagear e promover o reconhecimento nacional destes eventos que preservam a nossa cultura e fomentam o turismo e a economia da região durante todo o mês junho”, afirmou Beto. 


A solenidade será realizada no plenário Ulisses Guimarães, na Câmara dos Deputados, em Brasília, a partir das 9h, e será transmitida ao vivo para todo o Brasil pela TV Câmara, no canal 51.1 (aberto).


História


O Mossoró Cidade Junina teve início em 1996, quando a prefeitura municipal decidiu reunir, em um único evento, os arraiás de bairro que tradicionalmente aconteciam no mês de junho. De lá pra cá, já são 23 anos de MCJ, distribuído em oito polos culturais pela cidade e com mais de um milhão de visitantes.


A programação começa com o Pingo da Mêi Dia, o maior bloco junino do país. A Estação das Artes se transforma na Estação do Forró com atrações locais e nacionais. Ainda tem a Cidadela, o polo Cultura Popular, a Arena Deodete Dias que recebe o concurso de quadrilhas juninas, e o Boca da Noite que encerra os festejos do MCJ.


No adro da capela de São Vivente acontece o espetáculo Chuva de Balas no País de Mossoró. O musical foi escrito pelo poeta potiguar Tarcísio Gurgel (2001), e conta a história da invasão do bando de Virgulino Lampião à cidade de Mossoró e a expulsão dos cangaceiros liderada pelo prefeito Rodolfo Fernandes.


De acordo com uma pesquisa realizada pela prefeitura de Mossoró e a Universidade Potiguar (UnP), em 2019 o evento injetou mais de R$ 90 milhões na economia local durante o mês de junho. Outro dado impactante é que somente no Pingo da Mêi Dia foi movimentada uma média de R$ 33 milhões de reais. O montante trouxe reflexos positivos em diversos setores da economia, tanto formal quanto informal.

 

ÓTICA CASA NASCIMENTO PREÇO E PRAZO NINGUÉM TEM IGUAL CEL GURGEL CENTRO DE MOSSORÓ

Deixe seu comentário

Movimentos de direita realizam manifestação neste domingo em Natal em apoio à Operação Lava Jato

23 Ago2019

Por Jbelmont às 16h38

Foto: Divulgação

No próximo domingo (25), às 15 horas no Midway, os movimentos de direita do Rio Grande do Norte voltarão às ruas para protestar em apoio à Operação Lava Jato, contra os desmandos e manobras dentro do Supremo Tribunal Federal (STF) e pedir o impeachment dos minitros Gilmar Mendes Toffoli e Alexandre de Moraes, além de manifestar apoio a Sérgio Moro e Deltan Dallagnol e também pedir veto total à Lei de Abuso de Autoridade.

Para um dos organizadores, Carlos Reny, “o STF já extrapolou todos os limites, mostrando que vários de seus indicados estão a serviço de políticos corruptos. Um exemplo claro disso foi a decisão da não-transferência do presidiário Lula, em menos de 24 horas, enquanto pessoas de bem morrem em filas de espera sem decisões judiciais. Não podemos aceitar essa canalhice. O Brasil está acima do STF!”, explica Reny, integrante do Força Democrática.

BG

Deixe seu comentário

FALTA DE REPASSES SUSPENDE CIRURGIAS EM MOSSORÓ

23 Ago2019

Por Jbelmont às 12h38

O motivo é a falta de repasses.



A dívida é de R$ 2.014.883,40 (dois milhões, quatorze mil, oitocentos e oitenta e três reais e quarenta centavos), sendo 40% desse valor de responsabilidade da Prefeitura de Mossoró e 60% do Governo do RN.

A Prefeitura ainda acumula entorno de R$ 3 milhões de dívidas, referentes a procedimentos cirúrgicos eletivos feitos em 2018.

A unidade hospitalar pode paralisar as demais cirurgias eletivas (gerais e ortopédicas), caso não haja repasse desses valores em atraso.

É o retrato da sofrida saúde pública de Mossoró.

Saulo Vale

Deixe seu comentário

Caixa-preta do BNDES: Lula, os “acertos” e os R$ 489 milhões em propinas para o PT

23 Ago2019

Por Jbelmont às 12h24

Antonio Palocci, em seu anexo 21, delatou o esquema de propinas de Lula em Cuba, Venezuela e Angola.

Diz a Veja:

“Lula fazia acertos com as autoridades estrangeiras e mandava a conta para o BNDES. Em troca de juros camaradas do banco e do acesso aos mercados de fora, as empreiteiras superfaturavam o trabalho para poder irrigar o caixa petista com pagamento de propinas (…).

Somente nesse pacote de contratos no exterior firmados entre 2010 e 2014, as empreiteiras brasileiras faturaram mais de 10 bilhões de reais e pagaram propinas ao PT no valor total de 489 milhões de reais.”

O Antagonista com Veja

Deixe seu comentário

Mudança de tom de Bolsonaro sobre Moro causa 'perplexidade' em aliados do ministro

23 Ago2019

Por Jbelmont às 11h58

Aliados do ministro da Justiça, Sergio Moro, estão "perplexos" com a mudança de tom em declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre o ministro.

Ainda em 2018, depois de eleito, Bolsonaro disse que Moro teria "carta branca" para definir as equipes de órgãos da pasta e combater a corrupção.

O atual diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, por exemplo, nomeado por Moro, tem o apreço pessoal do ministro.

Mais cedo, nesta quinta-feira, contudo, Bolsonaro disse que quem escolhe o diretor-geral da PF é ele, e não Moro. Essa declaração foi recebida por aliados do ministro como uma tentativa de desgastar o ministro politicamente.

"Se eu trocar hoje, qual o problema? Está na lei que eu que indico, e não o Sérgio Moro. E ponto final", afirmou o presidente.


"O Valeixo pode querer sair hoje. Não depende da vontade dele. E outra: ele é subordinado a mim, não ao ministro. Deixo bem claro isso aí. Eu é que indico. [...] Se eu não posso trocar o superintendente, eu vou trocar o diretor-geral", acrescentou.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro, em maio deste ano — Foto: Marcos Corrêa/PR O presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro, em maio deste ano — Foto: Marcos Corrêa/PR
O presidente Jair Bolsonaro e o ministro Sérgio Moro, em maio deste ano — Foto: Marcos Corrêa/PR

Eleição
Esses aliados avaliam que o núcleo mais próximo de Bolsonaro enxerga em Moro um potencial candidato à Presidência em 2022. Ou seja, adversário do presidente.

Moro diz não ter pretensões eleitorais. Já o presidente – que chegou a dizer na campanha que acabaria com a reeleição – agora admite concorrer a mais um mandato.

Fora o desgaste político, fontes ouvidas pelo blog afirmam que causou estranheza a mudança de tom do presidente, admitindo ingerência política em órgãos de investigação, justamente em meio a investigações que miram um dos filhos dele: o senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ). G1

Deixe seu comentário

Sessão especial de 'Bacurau' em Parelhas emociona moradores da cidade

23 Ago2019

Por Jbelmont às 11h38

Filme de Kléber Mendonça Filho foi gravado em Parelhas e Acari, no RN, e ganhou o prêmio do júri no Festival de Cannes.

Exibição de Bacurau em Parelhas aconteceu na noite desta quinta (22) — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN 


A exibição do filme Bacurau em Parelhas - cidade onde foi gravado o longa - emocionou moradores e elenco. Um tela ao ar livre foi montada no campo de futebol da comunidade da Barra. Foram trazidos telão e projetor com qualidade de cinema. Mil cadeiras foram colocadas no local, mas o público foi bem maior.

Parelhas fica a 240 quilômetros de Natal. A cidade tem 25 mil habitantes. Mas as gravações e a exibição do filme aconteceu na comunidade da Barra - comunidade formada por menos de cem habitantes. Na noite de ontem, o local recebeu cerca de 2200 pessoas que foram prestigiar o filme. A sessão especial contou com a presença de Sônia Braga, dos diretores Kléber Mendonça e Juliano Dornelles, e parte do elenco.

O agricultor Antônio Félix participou das gravações e assistiu pela primeira vez um filme em tela de cinema. "Tô muito emocionado, muito feliz, nunca imaginei que ia viver isso", disse.

O filme foi gravado em 2018 e contou com a participação de vários moradores da região como figurantes. “Todos fomos tratados com muito respeito. Foi uma experiência inesquecível e por isso estamos aqui hoje. Quero que todos assistam o filme e pensem um pouco sobre a gente estar fazendo cultura, o Brasil precisa de cultura e educação”, disse o diretor do longa, Kleber Mendonça.

A atriz Sônia Braga falou da emoção de estar de volta à comunidade onde o filme foi gravado. "É uma troca de amor, pra mim de verdade eu nunca saí daqui. Foi um sonho e hoje estamos tendo essa realização. Esse era um sentimento de todos nós da equipe", disse.

Em Bacurau, Sônia Braga interpreta a médica Domingas. Na trama, os moradores percebem que algo está errado com a comunidade, que não consta mais nos mapas. Mas o filme vai além, fala de resistência e exalta a força nordestina.

"Essa exibição foi um ato de sensibilidade de todos os envolvidos. Eles tomaram a decisão de querer que a comunidade da Barra, os mais de 400 figurantes que participaram e todos da região tenham a oportunidade de ver aqui ao vivo e a cores o resultado daquilo que eles acolheram e ajudaram a construir: um cinema que traz a beleza da arte da cultura, que dialoga com a realidade. É um orgulho ver esse voo sem fim que o filme Bacurau ergue.

É muito orgulho de ver o audiovisual brasileiro. De nós da Paraíba, do Rio Grande do Norte, do Nordeste do Brasil. A estrela desta noite são vocês, povo de Barra”, destacou a governadora Fátima Bezerra durante a abertura da exibição que contou com apresentação de músicos da região.

A estreia oficial no Brasil acontece dia 29 de agosto.

As gravações
Com cerca de quatro meses de gravação, a produção gerou mais de 800 empregos diretos e indiretos na região. "Foi uma oportunidade de todo mundo ganhar um dinheirinho extra”, disse Taíza Cardoso, figurante que mora em Parelhas. Ela contou que seus pais residem no povoado e ficaram muito entusiasmados durante a gravação.

A casa deles foi cenário do filme e praticamente toda a família participou das filmagens. “Eles receberam um dinheiro para pagar a pintura da casa e alguns dos objetos deles foram alugados para a cenografia. Outras pessoas alugaram a casa por inteiro. Sem falar que era muito divertido”, pontuou ao afirmar que ficou muita história para contar. “Nas gravações teve um velório e uma das figurantes disse: estou morrendo com a quentura e essa véia não morre, ô véia dura para morrer. Foram uns dois dias para fazer a cena que velávamos uma senhora”, contou Vitória Cardoso em meio a risos.

O senhor Tadeu Cardoso, pai de Taíza e Vitória, disse que participou de 17 gravações. “Estou com 69 anos e sei que outro evento como esse vai ser difícil de eu ver por aqui. Por isso, aproveitei o máximo”, frisou. Ver seu rosto na telona trouxe muita alegria ao recém ator. “Foi um grande orgulho para mim, só tenho a agradecer. Vai ficar para sempre na minha memória uma cena que gravei com Sônia Braga e hoje recebê-la de novo, poder tirar foto, abraçar, foi como realizar um sonho”, considerou.


Os diretores Kléber Mendonça e Juliano Dornelles, além de Sônia Braga e parte do elenco participaram da sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN


Os diretores Kléber Mendonça e Juliano Dornelles, além de Sônia Braga e parte do elenco participaram da sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN Os diretores Kléber Mendonça e Juliano Dornelles, além de Sônia Braga e parte do elenco participaram da sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN
Os diretores Kléber Mendonça e Juliano Dornelles, além de Sônia Braga e parte do elenco participaram da sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN

Mais de 2 mil pessoas assistiram à sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN Mais de 2 mil pessoas assistiram à sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN
Mais de 2 mil pessoas assistiram à sessão especial de Bacurau em Parelhas — Foto: Elisa Elsie/Assecom Governo do RN

G1RN

Deixe seu comentário

Moro é alvo de ‘fritura’ e é aconselhado a pedir demissão, diz jornal

22 Ago2019

Por Jbelmont às 22h40

Foto: José Cruz/Agência Brasil 


O ex-juiz da Lava Jato e ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi aconselhado por aliados a pedir demissão do cargo. A informação é da jornalista Bela Megale, do jornal O Globo.

Moro vem sofrendo derrotas e humilhações políticas em série por parte de Jair Bolsonaro, que já não esconde de interlocutores as críticas ao ex-juiz da Lava Jato. Bolsonaro classifica Moro como “ingrato”.

Nesta quinta-feira, 22, em declaração à imprensa, Bolsonaro demonstrou mais uma vez que vai interferir na Polícia Federal e ameaçou demitir o diretor-geral Maurício Valeixo, que foi indicado por Sérgio Moro.

“Se eu trocar hoje, qual o problema? Se eu trocar hoje, qual o problema? Está na lei. Eu que indico, e não o Sérgio Moro [ministro da Justiça]. E ponto final. Qual o problema se eu trocar hoje ele? Me responda”, disse Bolsonaro.

Deixe seu comentário

'SE NÃO HOUVER RENDIÇÃO, TEM DE MATAR', DIZ WITZEL

22 Ago2019

Por Jbelmont às 09h27

Governador do Rio quer ser candidato a presidente da República, critica Doria por ser 'moderado' e defende ataque por helicóptero em favelas

Witzel gosta de tocar trompete no Palácio Laranjeiras. Entre suas músicas preferidas, a lacrimosa “My way", eternizada por Frank Sinatra. Foto: Leo Martins / Agência O Globo 


Na última terça (20), após um atirador de elite matar o sequestrador que mantivera 39 reféns — com arma de brinquedo — por três horas e meia em um ônibus na ponte Rio-Niterói, o governador do Rio, Wilson Witzel desembarcou de um helicóptero no meio da via e saiu vibrando para as câmeras que ali estavam como se comemorasse um gol. “Projeção mundial”, celebrou naquela noite com ÉPOCA, satisfeito com seu desempenho diante da imprensa: “Minha entrevista hoje certamente foi a melhor de todas”.


Aos 51 anos, o ex-fuzileiro naval e ex-juiz trabalha como garoto-propaganda sem pudores da política de segurança em vigor desde janeiro. Em quase oito meses, abusa das frases truculentas tanto quanto a polícia que comanda abusa da força. O número de civis mortos em operações policiais aumentou em todo o estado 15% em relação ao ano passado.

“A sociedade ainda não entendeu que estamos numa guerra contra o terrorismo", disse ele, em entrevista à ÉPOCA."A polícia tem de chegar para prender, se não houver rendição, tem de eliminar, tem de matar”.


Ele defende inclusive ataques em sobrevoos a favelas: “O helicóptero é o terror dos narcoterroristas”.

Witzel não diz que quer ser presidente. Afirma que será presidente, com a mesma certeza com que falava que seria governador quando ainda era traço nas pesquisas, relatam ao menos seis pessoas próximas ouvidas por ÉPOCA, entre políticos e colegas do meio jurídico.

Ele já antecipa até críticas a João Doria, apontado como outro potencial candidato:. “Fui eleito com um discurso duro pela segurança. E o Doria já está mudando. Na cabeça dele, quer ir para o centro. Ele está querendo ser mais moderado. Eu não!”, diz.

ÓTICA CASA NASCIMENTO ONDE VOCÊ ENCONTRA PELO MENOR PREÇO ÓCULOS E RELÓGIOS DAS MELHORES MARCAS E ASSISTENCIA TÉCNICA AUTORIZADA. FRANCIMAR GARANTE O SERVIÇO QUE FAZ:

Deixe seu comentário

Seis pessoas são mortas a tiros durante chacina na cidade de Touros, região Metropolitana de Natal no RN

22 Ago2019

Por Jbelmont às 09h20

 

A Polícia não descarta a hipótese de que a chacina esteja relacionada ao tráfico de drogas, uma vez que as duas casas invadidas pelos criminosos, eram apontadas como ponto de venda de entorpecentes e que seu moradores, com exceção da criança, já tinham passagem por unidades prisionais.

Segundo o blog Touros Urgente, foram executadas cinco mulheres e um homem, sendo três mulheres em uma casa e outras duas e um homem em outra residência. As vítimas tinham entre 13 e 56 anos e seus corpos foram removidos dos locais, após a perícia do Itep e encaminhados para necropsias no IML do órgão na Capital.

Primeira chacina de 2019 foi no dia 07 de agosto

Esta foi a segunda chacina registrada naquela cidade, em menos de um mês. A primeira ocorreu no dia 07 desse mês, quando quatro pessoas foram mortas a tiros.
Os mortos foram identificados como:
José Maria Soares da Silva, de 14 anos;
Jacson Barbosa da Silva, de 16 anos;
Judson Lima Alves da Silva, de 20 anos.
Adriano Soares da Silva, de 22 anos.

Segundo a Polícia, esta não é a primeira vez que acontece chacina naquele município. Em fevereiro de 2017 cinco pessoas foram assassinadas a tiros naquela cidade. Só em 2019 dez pessoas foram mortos em chacinas no município.

Fonte: blog Touros Urgente.

Deixe seu comentário

FLAMENGO 2 X 0 INTERNACIONAL

21 Ago2019

Por Jbelmont às 23h33

 

Bruno Henrique decide, e Flamengo constrói boa vantagem sobre o Inter

Atacante marca duas vezes no segundo tempo e comanda vitória no Maracanã lotado. Rubro-negros podem perder por um gol de diferença no Beira-Rio para avançar à semifinal

ELE RESOLVE!
A fase de Bruno Henrique segue espetacular. Convocado por Tite para a Seleção e decisivo no último clássico contra o Vasco, o atacante encheu de alegria a torcida do Flamengo que lotou o Maracanã nesta quarta-feira. Com dois gols no segundo tempo, ele foi fundamental para que a equipe vencesse o Internacional por 2 a 0 e construísse ótima vantagem nas quartas de final da Libertadores. Na volta, na próxima semana, no Beira-Rio, os rubro-negros podem até perder por um gol de diferença para avançar à semifinal.

 

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.181: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 35 milhões

21 Ago2019

Por Jbelmont às 21h12

CONFIRA SUA APOSTA CONCURSO 2181 ACUMULOU

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.181 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta (21) em São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 01- 08 - 19 - 33 - 36 - 48.

A quina teve 138 apostas ganhadoras; cada um receberá R$ 19.778,72. Já a quadra teve 8.329 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 468,15.

A QUINA TAMBÉM ACUMULOU 

NO PRÓXIMO SORTEIO AMANHà VAI PAGAR 

10 MILHÕES DE REAIS. CONFIRA 

02 04 36 42 56

Deixe seu comentário

VIOLÊNCIA EM DISPARADA FAZ A PM DE MOSSORÓ REGISTRAR O HOMICÍDIO DE NÚMERO 120 NESTE 2019

21 Ago2019

Por Jbelmont às 19h54

Foto Passando na Hora

A Polícia Militar registrou mais um crime de homicídio na noite desta quarta feira 21 de agosto de 2019, em Mossoró no Rio Grande do Norte. O crime ocorreu no bairro Bom Jesus.

A vítima identificada como Emerson Bezerra Soriano, conhecido como "Pecheque" 31 anos, foi morto em via pública com três disparos de arma de fogo. Segundo informações o mesmo estava sentado na calçada de sua casa e quando percebeu a chegada dos atiradores saiu correndo, mas foi perseguido, alcançado e executado a cerca de 50 metros de casa.

O delegado de plantão da Polícia Civil, Dr. Roberto Moura, esteve com sua equipe, acompanhando a perícia no local do crime e disse à imprensa, que conversou com familiares, da vítimas, mas estes não souberam explicar os motivos que levaram a morte de Emerson Bezerra.

De acordo com o delegado, a família relatou que a vítima não tinha antecedentes criminais.

Deixe seu comentário

Mulher é encontrada morta dentro de cisterna em São José do Campestre, RN

21 Ago2019

Por Jbelmont às 10h14

Cisterna fica nos fundos da casa — Foto: PMRN


Uma agricultora de 44 anos foi encontrado morta, na manhã desta quarta-feira (21), dentro de uma cisterna em São José do Campestre, na região Agreste potiguar. A Polícia Militar suspeita que Maria do Socorro Rodrigues Vieira caiu acidentalmente dentro do reservatório d'água.

Comandante da PM na cidade, o sargento Marconi Targino contou ao G1 que falou com o marido da vítima. "Ele disse que acordou por volta das 5h e sentiu falta da esposa. Então ele foi até o quintal de casa e encontrou a mulher dentro da cisterna, que estava aberta. Havia um balde dentro. Ele acredita que ela se debruçou para pegar o balde e acabou se desequilibrando. A cisterna não tá cheia. É coisa de um metro e meio até chegar na água", relatou o policial.

A Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foram chamados para a remoção do corpo e abertura de investigação.

G1RN

 

Deixe seu comentário

Líderes da Câmara tiram da gaveta projeto contra supersalários

20 Ago2019

Por Jbelmont às 21h53

Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil 

 

Líderes dos principais partidos da Câmara tiraram da gaveta nesta terça-feira (20) o projeto para coibir supersalários.

No fim da tarde, apresentaram um pedido para que seja votada com urgência a proposta que impede remunerações acima do teto constitucional no serviço público —hoje, fixado em R$ 39,2 mil.

A retomada da discussão acontece no momento em que o Congresso volta a ficar sob pressão de integrantes do Judiciário e do Ministério Público, após a aprovação do projeto sobre abuso de autoridade.

A iniciativa foi chancelada não só por siglas de centro e centro-direita, como DEM, PP, PL, MDB, PRB e PSD. O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, e a oposição, como PT, PC do B e PSOL, também assinaram o pedido.

A expectativa é a de que, com a chancela de a maioria das siglas da Câmara, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), coloque a urgência em votação nos próximos dias.

O texto está pronto para ser votado há mais de um ano, quando o relator Rubens Bueno (Cidadania-PR) apresentou seu parecer.

A proposta corta penduricalhos que inflam os contracheques e vencimentos de servidores e aposentados e pensionistas nos três Poderes. A restrição atinge magistrados, militares, chefes dos Poderes e servidores das estatais.

Além de elencar de forma detalhada as verbas que poderão ser pagas além do teto salarial do serviço público, a proposta também prevê uma pena de detenção de dois a seis anos para o agente público que autorizar o descumprimento do teto remuneratório.

Em seu relatório, Bueno elencou um conjunto de benefícios, como auxílio-alimentação, que podem ultrapassar o teto. O texto também mantém a possibilidade de o auxílio-moradia para autoridades ser superior ao teto constitucional em alguns casos.

Dentre eles, o de “custeio de residência em localidade distinta do domicílio eleitoral, em virtude do exercício de mandato eletivo”, desde que cumprindo alguns requisitos, como a inexistência de imóvel funcional.

Os rendimentos recebidos por qualquer servidor público não podem exceder os R$ 39,2 mil que recebem os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Nele devem estar embutidos abonos, prêmios, auxílios, e outros adicionais que acabam não sendo computados como salário e abrem brechas para o pagamento de supersalários.

O projeto volta a ser discutido quase três anos depois de ter passado pelo Senado. Em dezembro de 2016, os senadores aprovaram três propostas para coibir os supersalários no serviço público.

À época, a aprovação do pacote foi vista como uma ofensiva do então presidente do Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), contra o Judiciário.

Renan diz, no entanto, que seu objetivo era estabelecer um limite para o próprio Senado, impedindo que os funcionários da Casa ganhassem acima do teto.

Folhapress

Deixe seu comentário

Eduardo Bolsonaro diz que indicação à embaixada nos EUA está mantida

20 Ago2019

Por Jbelmont às 21h47

 

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou nesta terça-feira (20), ao ser questionado pelo blog, que a indicação para comandar a embaixada do Brasil nos Estados Unidos está mantida.

O blog encontrou o deputado no cafezinho da Câmara, e perguntou se a indicação iria sair. “Está mantido, está mantido”, respondeu.

Mais cedo, nesta terça, o presidente Jair Bolsonaro, pai de Eduardo, disse que poderia voltar atrás na indicação caso percebesse que o filho não seria aprovado pelo Senado. Todo futuro embaixador deve passar por sabatina na Comissão de Relações Exteriores do Senado e, depois, por votação no plenário da Casa.

O Palácio do Planalto considera que ainda não tem maioria para aprovação do nome de Eduardo.

"Tudo é possível", disse Bolsonaro a jornalistas na porta da residência oficial do Palácio da Alvorada. "Eu não quero submeter o meu filho a um fracasso. Acho que ele tem competência", completou o presidente.

Nos últimos dias, Eduardo tem intensificado as visitas a gabinetes de senadores em busca de apoio.

A ideia de indicar o filho para a embaixada foi anunciada por Bolsonaro em julho. No início de agosto, o governo norte-americano deu aval para o nome de Eduardo, e o presidente Donald Trump elogiou a escolha. No entanto, o governo brasileiro ainda não enviou a indicação formal para o Senado. Bolsonaro tem dito que não há pressa.

Deixe seu comentário

Sargento do Exército é baleado em assalto à padaria na Zona Leste de Natal

20 Ago2019

Por Jbelmont às 20h17

Padaria foi assaltada na tarde desta terça-feira (20) em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi


Um sargento do Exército foi baleado na tarde desta terça-feira (20) em uma tentativa de assalto a uma padaria no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal. O homem foi atingido com três tiros, deixou o local com vida e foi encaminhado ao pronto-socorro Clóvis Sarinho. Os bandidos conseguiram fugir.

De acordo com o 1º Batalhão da Polícia Militar, que cobre a região, dois bandidos armados invadiram o estabelecimento e anunciaram o assalto por volta das 15h. Aos gritos, eles diziam que se houvesse um policial no local "iria morrer", segundo relatado pelas testemunhas aos policiais.

Os criminosos começam a recolher os pertences dos clientes e o dinheiro do caixa - eles chegaram a conferir em um cliente se ele estava armado. O sargento aproveita um momento em que o bandido está de costas, distraído, e reage. Ele e o criminoso entram em luta corporal e o bandido consegue acertá-lo com tiros. Neste momento, os clientes que estão no local correm com medo para fora da padaria.

O outro bandido, que estava recolhendo o dinheiro do caixa, corre para ajudar o comparsa e também atira no sargento, que fica caído, sem reação. Os criminosos começam a fugir, mas em seguida um deles retorna e efetua mais um disparo no sargento. Depois de alguns segundos, a vítima ainda consegue se levantar.

O sargento foi atingido com três tiros, segundo a PM: dois na coxa e um no rosto. Os bandidos conseguiram fugir logo após a ação, levando alguns pertences de clientes, dinheiro do caixa da padaria e a arma do sargento.

Deixe seu comentário

Filha é assassinada e mãe ferida com tiro na cabeça em São José de Mipibu Grande Natal

20 Ago2019

Por Jbelmont às 10h31

Mãe e filha foram baleadas dentro de casa, na noite desta segunda-feira (19), em São José de Mipibu, na Grande Natal — Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução 


Mãe e filha foram baleadas dentro de casa, na noite desta segunda-feira (19), em São José de Mipibu, na Grande Natal. As duas estavam na sala quando dois homens armados invadiram a residência e atiraram. Gilvania Bezerra da Silva, de 32 anos, morreu na hora. A mãe dela, que tem 55 anos, foi socorrida para o hospital com um tiro na cabeça. O estado de saúde dela é considerado grave.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu pouco depois das 21h30. Gilvania trabalhava como segurança em um clube da cidade. O marido dela também estava na casa, mas não viu o que aconteceu. Ele lavava a louça no momento dos disparos.

A PM ainda fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum suspeito. Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estiveram no local e colheram as primeiras informações do caso, que será repassado para a Delegacia de Polícia Civil do município.

G1RN

Deixe seu comentário

Presidente do Senado reforça inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência

20 Ago2019

Por Jbelmont às 10h23

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, disse nesta segunda-feira (19), após reunião com o governador do Acre, Gladson Cameli, na residência oficial do Senado, que tem conversado com prefeitos e governadores sobre a inclusão de estados e municípios na reforma da Previdência por meio de uma “PEC paralela”.

Davi avalia que os senadores estariam comprometidos em estender as regras previstas na PEC 6/2019 para os servidores públicos de outros entes da federação.

— Isso é papel do Senado, como casa da Federação, fazer esse debate e incluir os estados e os municípios para ajustar as contas do governo federal, que foi o que foi aprovado na Câmara dos Deputados e que está tramitando na CCJ e constituir uma nova proposta chamada de PEC Paralela para incluir estados e municípios — disse Davi.

Essa PEC, explicou o presidente, é na verdade, uma proposta de emenda autônoma que deve começar a tramitar no Senado a partir de um destaque de algum senador em Plenário.

— A meu ver e no meu entender os senadores estão comprometidos e tem o desejo de fazer essa inclusão de estados e municípios — apontou.

 

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +