Covid-19: Aluno da UNP consegue liminar para não pagar mensalidade por seis meses

01 Abr2020

Por Jbelmont às 10h14

Foto: Reprodução

O juiz Flávio César Barbalho, da 3ª Vara Cível da Comarca de Mossoró, concedeu medida liminar para determinar que a Universidade Potiguar (UnP) suspenda o pagamento das mensalidades devidas por um aluno, pelo período de seis meses, bem como se abstenha de cortar a bolsa universitária de 50%, de que goza o autor do pedido, sob pena de bloqueio no valor de R$ 10 mil, com base no artigo 139, IV, do Código de Processo Civil.

Em seu pedido, o aluno invocou a teoria da imprevisão em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19) pleiteando que a universidade o isente pelo prazo de seis meses, do pagamento das mensalidades relativas ao curso de Direito. Postulou também, em sede liminar, a redução em 50% do valor da mensalidade, em virtude das aulas não mais serem presenciais, além de impor à ré a abstenção de cortar a bolsa de isenção de 50% do valor da mensalidade.

Veja decisão aqui no Justiça Potiguar.

Deixe seu comentário

Mais testes farão ‘explodir’ casos de coronavírus no Brasil

01 Abr2020

Por Jbelmont às 10h06

Os milhões de testes rápidos para identificar se a pessoa foi infectada pelo coronavírus devem provocar uma “explosão” de casos no Brasil, mas não significa que a pandemia saiu do controle. O alerta é do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) usando o exemplo dos EUA, que assumiu a liderança mundial de casos dias depois de dar início a testes em massa na população e incluiu a grande maioria dos infectados, que contraem o vírus e se curam sem apresentar sintomas.

Mandetta duvida do caso da China, que tem 81 mil casos oficiais em 1,5 bilhão de habitantes. “Vocês acham mesmo?”, disse.

Apesar do salto expressivo, problema real é a taxa de letalidade, que está abaixo de 2% e continua caindo com o aumento dos testes.

Se seguir o padrão observado nos EUA, é de se esperar que o total de casos no Brasil, com testes em massa, quadruplique em uma semana.

CLÁUDIO HUMBERTO

Deixe seu comentário

Mandetta diz que isolamento social evitou disparada de casos no Brasil

01 Abr2020

Por Jbelmont às 00h13

Foto: Divulgação

O Ministro da Saúde, Henrique Mandetta, disse nesta terça-feira que medidas de isolamento social impostas por governos estaduais e recomendadas pelo Ministério da Saúde evitaram que o Brasil registrasse um aumento no número de casos da Covid-19 nos moldes do que aconteceu em Nova Iorque, nos Estados Unidos. As medidas, no entanto, são criticadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

– Nós temos hoje, nem sete dias que estamos ficando em casa. Por isso que é importante manter. Temos dois objetivos nessa fase: 1 – diminuir as nossas chances (de ser infectado) e de (a doença) chegar às grandes aglomerações; 2 – melhorar ao máximo as condições de trabalho e de equipamentos de proteção individual.

A declaração foi dada durante entrevista coletiva sobre o novo balanço de casos do novo coronavírus no Brasil. Segundo o último levantamento, o país tem hoje 5.717 casos confirmados e 201 mortes. Para Mandetta, já é possível afirmar que a velocidade de crescimento da doença no Brasil tem sido impactada pelas medidas para reduzir a circulação de pessoas.

– Uma coisa podemos afirmar categoricamente: o Brasil não entrou na espiral absoluta, a curva ascendente, na qual entrou Nova Iorque, porque houve essa conscientização de todo mundo – afirmou Mandetta.

O ministro disse, no entanto, que o “grau” de benefício dessas medidas ainda é incerto porque elas demorariam, em média, duas semanas para surtir efeito, que é o prazo de incubação da doença.

– Agora, o grau de benefício que a gente vai ter… (ainda é indefinido). A gente pára duas semanas para ver como isso vai replicar nas outras duas porque o tempo de incubação (da doença) são 14 dias. Muito caso que a gente está tendo hoje é reflexo de 14 dias atrás – disse o ministro.

O ministro defendeu a manutenção das medidas para evitar um “lockdown total” sem ter equipamentos de proteção aos trabalhadores. Ele lembrou que a China, maior produtora desses itens, parou por conta do coronavírus:

– Se a gente volta para uma atividade agora, pode acontecer de daqui a duas, três semanas começar uma ascendência e a gente não ter equipamento de proteção individual. E ter que ir para um lockdown total, para tentar proteger nossos trabalhadores. Não vamos fazer nada sem os números, epidemiologia e planejamento – disse Mandetta.

Número de curados
Questionado sobre número de curados, o secretário de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, afirmou que é “todo mundo que pegou o vírus e não teve complicação”. O ministro Mandetta, então, disse que a Universidade Federal de Pelotas e a Universidade de São Paulo (USP) farão um inquérito sorológico para estimar a quantidade de pessoas que já tiveram coronavírus no país, comparando o processo como uma pesquisa eleitoral, em que escuta “3 mil pessoas”, com “margem de erro três a mais, três a menos”.

– Aquilo ali a gente faz nas cidades, nos bairros, por amostragem. Usa um modelo matemático e fala: olha, pelo número que tem aqui, a gente sabe que 20%, 30%, que 500 mil, um milhão de pessoas já têm anticorpos. Isso vai ser um dos bons indicadores para saber momentos de acelerar ou desacelerar- afirmou o ministro.

– Tem muita gente que não vai ter nada, simplesmente vai ter o anticorpo. Aquele pessoa que deu sorte, pega o vírus aos 47 minutos do segundo tempo, ele está bem baleadinho, mas dá conta de entrar no seu nariz, mas seu sistema de defesa dá conta de tirá-lo, sem que você tenha nada, nenhum sintoma.

Ao fim da coletiva, Mandetta lamentou a morte de um amigo, Kiko Cangussu, blogueiro de Mato Grosso do Sul. O ministro contou que na noite de ontem ele fez uma postagem: “Socorro, Henrique”, após outras publicações, sobre relação entre sinusite e coronavírus. Cangussu foi encontrado morto pelo filho, provavelmente vítima de infarto, segundo o ministro.

– Um grande amigo, um cara que me ajudou muito na vida. E como ele falou “Socorro: Henrique e eu nao pude estar lá para ajudar, transmito aqui meus pêsames_ disse Mandetta, citando o filho do blogueiro, com voz levemente embargada.

– Desculpa aí, meu amigo, não deu para te socorrer na hora.

O Globo

Deixe seu comentário

Casa Branca prevê mínimo de 100 mil mortos por coronavírus nos EUA

01 Abr2020

Por Jbelmont às 00h09

Foto: Tom Brenner/Reuters

No dia em que os Estados Unidos superaram o número de mortos na China em razão do coronavírus, a Casa Branca divulgou o modelo estatístico com que tem trabalhado e anunciou que o país precisa se preparar para ter entre 100 mil e 200 mil mortes. O presidente americano, Donald Trump, e os especialistas que orientam o governo federal pediram que os americanos se atenham às políticas de distanciamento social e disseram que as próximas duas semanas serão dramáticas.

“A pergunta é: o que aconteceria se não fizéssemos nada? O número subiria para entre 1,5 a 2,2 milhões de pessoas morrendo. Isso não seria possível, você veria pessoas morrendo nos lobbies de hotel, nos aeroportos. Isso não poderia continuar”, disse Trump.

“Estas serão duas semanas muito, muito dolorosas. Quando você olha à noite o tipo de morte que tem sido causada por esse inimigo invisível, é incrível”, disse Trump. O presidente disse que é “absolutamente crítico” que todos os americanos sigam as restrições de circulação pelos próximos 30 dias. “É uma questão de vida ou morte, francamente”, disse Trump. Ele pediu que os americanos se preparem para duas semanas “muito difíceis”.

 

EXTRATO DO ESTADÃO

Deixe seu comentário

Jovem de 23 anos é o segundo óbito de COVID-19 no RN

31 Mar2020

Por Jbelmont às 23h24

Confirmada que a morte de Matheus Aciole de 23 anos, no Hospital Antônio Prudente, no fim da tarde desta terça-feira foi por causa do coronavírus. É o primeiro óbito causado pelo vírus na capital potiguar.

Ele é o segundo óbito no Rio Grande do Norte provocado pela Covid-19. O primeiro foi o professor universitário Luiz Di Souza (61 anos), em Mossoró.

A SECRETARIAS de Saúde do estado e do município em nota conjunta confirmaram a informação.

Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos.

 

Blog do BG

Deixe seu comentário

Em pronunciamento na TV, Bolsonaro muda o tom e não critica o isolamento social

31 Mar2020

Por Jbelmont às 23h14

 

Presidente fez o quarto pronunciamento em rede de TV sobre a crise do coronavírus. Ele é dos poucos chefes de Estado que defende a retomada da atividade econômica em meio à pandemia.

O presidente Jair Bolsonaro fez nesta terça-feira, em rede nacional de televisão, o quarto pronunciamento sobre a crise do coronavírus. Desta vez, ele não criticou diretamente o isolamento social como forma de conter a pandemia, método defendido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo próprio Ministério da Saúde. No último dia 24, ele chegou a pedir na TV a “volta à normalidade” e o fim do “confinamento em massa”.

Nesta terça, diferentemente do que fez pela manhã, na portaria do Palácio da Alvorada, Bolsonaro não usou a interpretação equivocada da fala do diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, para criticar o isolamento social. Bolsonaro é um dos poucos chefes de Estado no mundo que defende a retomada da atividade econômica em meio à pandemia do coronavírus.

Bolsonaro elencou as medidas que o governo já tomou e destacou o congelamento dos preços dos remédio por 60 dias, que ele próprio anunciou nesta terça.

 

Continuar lendo Clique Aqui

Deixe seu comentário

Primeiro paciente com coronavírus em Mossoró está curado

31 Mar2020

Por Jbelmont às 23h00

O primeiro paciente mossoroense com coronavírus (Covid-19) está curado. O médico Inavan Silveira anunciou que foi infectado pela doença no dia 22 de março.

Após a confirmação, o médico adotou as orientações do Ministério da Saúde e ficou isolamento social e quarentena.

Amigos informaram que o médico já está bem, curado e que na próxima semana estará de volta a vida normal.

Deixe seu comentário

Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos confirmados de coronavírus, diz ministério

31 Mar2020

Por Jbelmont às 17h28

Região Sudeste tem 3406 casos da Covid-19. Casos em São Paulo chegam a 2.339 e total de mortes vai a 136.

Por G1

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (31) o mais recente balanço nacional sobre os casos de Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais dados são:

201 mortes
5.717 casos confirmados
3,5% é a taxa de letalidade
No levantamento anterior, divulgado na segunda-feira (31), o Brasil tinha 159 mortes e 4.579 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

De acordo com o balanço do ministério, o balanço aponta o maior acréscimo no total de casos desde o começo da epidemia. Foram incluídos mais 1.138 casos em relação ao boletim de segunda-feira, um aumento de 24%. No caso das mortes, o aumento foi de 42 casos, o que significa 26% do total.

Deixe seu comentário

Sobe para 82 o número de casos confirmados de coronavírus no RN; suspeitos são 1.836

31 Mar2020

Por Jbelmont às 13h59

Subiu de 77 para 82 o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte. O estado segue com apenas um caso de morte confirmado até o momento. Os dados foram atualizados no início da tarde desta terça-feira (31) pela Secretaria de Saúde (Sesap).
As cidades com casos confirmados são:

Natal (42)
Mossoró (17)
Parnamirim (10)
Assu (1)
Apodi (1)
Caicó (1)
Carnaubais (1)
Luís Gomes (1)
Macaíba (1)
Monte Alegre (1)
Passa e Fica (1)
São Gonçalo do Amarante (2)
São José de Mipibu (1)
Tibau (1)
Há ainda dois casos confirmados de pessoas residentes, respectivamente, no Recife e em Fortaleza, e que foram atendidas no RN antes de voltarem para suas cidades.

Já o número de casos suspeitos, saltou de 1.494 para 1.836. Outros 405 casos foram descartados.

A Sesap informa que, devido a transição para o novo sistema de notificação liberado pelo Ministério da Saúde, o novo Boletim Epidemiológico com o descritivo dos casos será divulgado apenas nesta quarta-feira (1º).

 

Deixe seu comentário

Brasil já tem 165 mortos e 4.661 casos confirmados

31 Mar2020

Por Jbelmont às 08h51

As secretarias estaduais de Saúde acabam de atualizar os números da Covid-19.

O Brasil já tem 4.661 casos confirmados e 165 mortos.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h desta terça-feira (31), 4.661 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil com 165 mortos.
São Paulo registra 113 mortes e o Rio de Janeiro tem 18 casos fatais da doença. A secretaria estadual de Saúde do Rio Grande do Sul a quarta morte no estado. Já o governo de Minas Gerais registrou a primeira morte pela doença e o numero de casos chegou a 261.

Pernambuco registra mais uma morte e chega a seis no total. Rondônia registrou a primeira morte pela Covid-19. A Bahia registrou o segundo caso fatal da doença na noite desta segunda-feira. Piauí já tem quatro mortos. Santa Catarina confirmou a segunda morte pelo vírus no estado.

O Ministério da Saúde atualizou seus números na tarde de segunda-feira (30), informando que o Brasil tem 159 mortes e 4.579 casos confirmados de coronavírus.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março)

Deixe seu comentário

Comércio de Mossoró continuará fechado por mais uma semana

30 Mar2020

Por Jbelmont às 23h56

Novo decreto assinado pela prefeita Rosalba Ciarlini mantém fechados bares, restaurantes, clubes recreativos, shoppings, lojas e igrejas. Medidas restritivas foram prorrogadas até segunda-feira, 6. Houve flexibilização para lojas de peças e oficinas 

 

Prefeita Rosalba Ciarlini se reuniu com dirigentes lojistas para aunciar medidas


A Prefeitura de Mossoró editou, nesta segunda-feira, 30, novo decreto prorrogando as medidas restritivas por causa da pandemia do novo coronavírus. As lojas do centro comercial e de bairros, shoppings, bares, restaurantes, clubes recreativos e igrejas continuarão fechados por mais uma semana. O novo prazo termina na próxima segunda-feira, 6.

A decisão do comitê da crise, instituído para o enfrentamento da pandemia na cidade, leva em conta as previsões de que os próximos dias serão críticos e que a propagação do vírus ganhará maior velocidade. Daí, a necessidade de manter as medidas restritivas.

“A medida é amarga, exige o sacrifício de todos, mas temos que priorizar a vida neste momento”, comentou a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) na reunião com os dirigentes da Câmara Lojista (CDL), Comércio Varejista (SINDVAREJO) e da Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM). Eles entenderam a decisão, embora preocupados com a crise, e pediram flexibilização para alguns setores, o que foi acatado.

A flexibilização atende ao segmento de autopeças, oficinas e borracharias. O argumento é que esse setor é imprescindível para manter a circulação do transporte de carga, que não pode parar. “São os caminhões e carretas que precisam fazer o transporte de mercadorias essenciais e de produção de setores que continuam trabalhando, por isso, decidimos pela flexibilização”, explicou Rosalba.

A prefeita ressaltou que a prorrogação da quarentena por sete dias permitirá a avaliação do cenário por semana e, dependendo do quadro do momento, o decreto poderá ser suspenso ou não. “Esperamos que essa situação passe logo, mas precisamos ter responsabilidade para enfrentá-la”, afirmou.

 

BLOG DO CÉSAR SANTOS 

Deixe seu comentário

Número de novos casos de coronavírus no Brasil cai pelo terceiro dia seguido

30 Mar2020

Por Jbelmont às 22h17

Foto: Claudio Furlan/Estadão Conteúdo

O número de novos casos de covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, caiu pelo terceiro dia consecutivo no Brasil. As informações são do Painel Coronavírus do Ministério da Saúde. Até o momento, o País registra 159 mortes por covid-19 e 4.579 casos da doença confirmados em laboratório.

Na sexta-feira (27), foram confirmados 502 novos casos, no dia seguinte, sábado (28), caiu para 487, enquanto que no domingo (29), ficou em 353. Hoje, foi ainda menor: 323 novos infectados com o vírus — menor taxa em cinco dias.

Vale ressaltar, no entanto, que ainda não é possível afirmar que os índices vão continuar caindo nos próximos dias. O próprio ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já disse em entrevista coletiva que a expectavia é que o país passará por meses seguidos de aumento de casos.

“Nós estamos imaginando que vamos trabalhar com números ascendentes abril, maio e junho. Vamos passar de 60 a 90 dias de muito estresse, para que quando chegarmos em julho, a gente imagina que entre em um platô, agosto, setembro a gente deve estar voltando…”, afirmou.

A taxa de letalidade da covid-19 no país, com base nos casos registrados até o momento, é de 3,5%, inferior à média global, que está em torno de 4,5%. No estado de São Paulo, no entanto, é de 7,4%.

de 3,5%, inferior à média global, que está em torno de 4,5%. No estado de São Paulo, no entanto, é de 7,4%.

R7

Deixe seu comentário

Senado aprova auxílio emergencial de R$ 600 a pessoas de baixa renda

30 Mar2020

Por Jbelmont às 19h52

Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O Senado Federal aprovou, nesta segunda-feira (30/3), em sessão deliberativa remota, o Projeto de Lei nº 1.066/2020, que estabelece o pagamento de um auxílio emergencial no valor de R$ 600 a pessoas de baixa renda em razão da epidemia do coronavírus. Também conhecido como PL da “renda mínima”, o projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados, onde tramitava como PL 9.236/2017. O relator foi o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

O primeiro vice-presidente do Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), que preside os trabalhos enquanto Davi Alcolumbre (DEM-AP) se recupera, informou que o acordo de líderes, feito pela manhã, previa a votação do projeto apenas com emendas de redação. As emendas de mérito e sugestões de senadores para ampliar o benefício a outras categorias, como trabalhadores intermitentes, pescadores sazonais e motoristas de aplicativo, serão discutidos na terça-feira (31/3), quando será debatido um projeto complementar, com relatoria do senador Esperidião Amin (PP-SC).

Sem mudança de mérito, o projeto, de autoria da Câmara dos Deputado, não volta àquela Casa, e parte para sanção presidencial. “Considero primordial aumentar a rede de proteção social. Sabemos que podemos fazer mais. Parte importante desta discussão passa pelos mais abastados ajudares os mais necessitados”, ressaltou o senador relator, Alessandro Vieira. “A aprovação desse projeto é apenas o primeiro passo”, completou.

Foram apresentados três destaques: dois da senadora Zenaide Maia (Pros-RN) e um do senador Rogério Carvalho (PT-SE). Todos retirados de pauta para que o PL não voltasse à Câmara dos Deputados.

Renda mínima

Segundo o PL aprovado, será permitido a duas pessoas de uma mesma família acumularem benefícios: um do auxílio emergencial e um do Bolsa Família. Se o auxílio for maior do que a bolsa, a pessoa poderá fazer a opção pelo mais vantajoso. O benefício será pago por três meses. Para as mães que são chefe de família (família monoparental), o projeto permite o recebimento de duas cotas do auxílio, totalizando R$ 1,2 mil.


Correio Braziliense

Deixe seu comentário

Previsão de chuvas em todas as regiões do RN nesta semana; confira

30 Mar2020

Por Jbelmont às 19h30

De sexta-feira(27) até esta segunda-feira(30) às 7h foram registradas chuvas, em todo o RN, distribuídas em 92 dos postos monitorados, concentradas nas regiões Oeste e Central.

Os maiores volumes acumulados ocorreram nos municípios de Caraúbas(74,7mm-Oeste), Extremoz (67,1mm-Leste) e Rodolfo Fernandes(58,7mm- Oeste).

Acesse o boletim pluviométrico completo em emparn.rn.gov.br e clique no ícone azul Chuvas Diárias ou na aba Meteorologia.

 

Abaixo a previsão desta semana:

Segunda-Feira (30/03) – Céu parcialmente nublado em todo o Estado com pancadas de chuvas.

Terça-Feira (31/03) –Céu parcialmente nublado em todo o Estado com pancadas de chuvas.

Quarta-Feira (01/04) – Céu parcialmente nublado em todo o Estado com pancadas de chuvas em todas as Regiões.

Quinta-Feira (02/04) – Céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas em todas as Regiões.

Sexta-Feira (03/04) – Céu parcialmente nublado em todo o Estado com pancadas de chuvas em todas as regiões.

Sábado (04/04) – Predominância de Céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado com pancadas de chuvas.

Domingo (05/04) – Predominância de Céu parcialmente nublado em todo o Estado com pancadas de chuvas.

Emparn

Deixe seu comentário

Coronavírus: Mossoró deve receber 170 novos leitos

30 Mar2020

Por Jbelmont às 19h17

Assunto foi tratado em reunião nesta segunda-feira (30) entre a governadora Fátima Bezerra (PT) e a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) 


No Hospital Regional da Polícia Militar serão criados 25 novos leitos
Omunicípio de Mossoró deverá receber 170 novos leitos, para o combate ao novo coronavírus. O assunto foi tratado em reunião realizada por videoconferência nesta segunda-feira (30), entre a governadora Fátima Bezerra (PT) e a prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Os secretários de Saúde do estado, Cipriano Maia, e do município, Saudade Azevedo, também participaram do encontro.


No Hospital Regional da Polícia Militar serão criados 25 novos leitos. O Hospital São Luiz está em negociação para a criação de 20 leitos de UTI e mais 20 enfermarias.

Já no Hospital Rafael Fernandes serão 18 leitos, enquanto que no Hospital Maternidade Almeida Castro serão 10 UTIs e 40 Unidades de cuidados intermediários (UCI/enfermarias). No Hospital Regional Tarcísio Maia serão 20 novos leitos de UTI e 7 UCI, além de mais 10 leitos de estabilização nas UPAs.

Efetivo da Saúde

“A perspectiva é que possamos criar 170 novos leitos. Mas uma das principais

Deixe seu comentário

Família vai a enterro de idosa que morreu de coronavírus, e 17 são infectados – com uma morte

30 Mar2020

Por Jbelmont às 19h03

Foto: Reprodução

No fim de fevereiro, Sheila Brooks morreu, aos 86 anos, vítima de coronavírus. Familiares da idosa ignoraram recomendações de distanciamento social, mesmo em situações de morte, e foram ao enterro de Sheila, em West Midlands (Inglaterra).

Duas semanas depois, os primeiros parentes que foram ao funeral começaram a testar positivo para Covid-19, a doença provocada pelo coronavírus. Até agora, 17 membros da família – todos presentes no enterro – já foram infectados.

Susan Nelson, de 65 anos, morreu em decorrência da doença. Ela era sobrinha de Sheila.

“A velocidade como o vírus age é impressionante. Ele não pode ser subestimado. Não seja estúpido se colocando em risco. Sigam o conselho: fiquem em casa”, disse Carl, de 42 anos, filho de Susan, ao site “Yahoo! News”.

Sheila e Susan morreram no mesmo hospital. O sobrinha morreu poucas horas após ser levada à emergência. Outros familiares estão internados em estados grave.

Ao contrário da morte de Sheila, a família Nelson não fez velório para Susan.

Page Not Found – Extra – O Globo

Deixe seu comentário

Hospital Sírio-Libanês afasta 104 funcionários com coronavírus

30 Mar2020

Por Jbelmont às 16h06

 

Cento e quatro funcionários do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo foram afastados por 14 dias após testarem positivo para o novo coronavírus.

Segundo a assessoria da instituição, assim que os colaboradores apresentaram os primeiros sintomas, fizeram o teste e deixaram de exercer suas atividades.

Ainda de acordo com o hospital, os funcionários são de diversas áreas que têm contato direto com pacientes, entre elas, enfermaria, limpeza, recepção e manutenção.

Casos de coronavírus estado de São Paulo
O estado de São Paulo possui 98 mortes e 1.451 casos confirmados, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado neste domingo (29).

O novo número de casos representa um aumento de 3,2% em relação aos 1.406 casos anunciados no sábado (28). No caso das mortes, o crescimento foi de 16,6%. No Brasil são 4.256 casos confirmados e 136 mortes.

G1

Deixe seu comentário

Governo vai estender quarentena no RN até o final de abril

30 Mar2020

Por Jbelmont às 15h50

 Agência de Reportagem – destaca que a governadora Fátima Bezerra (PT) vai estender o período de quarentena no Rio Grande do Norte pelo menos até o final de abril.

Segundo a reportagem, a Casa Civil já trabalha o texto do novo decreto para renovar as medidas em vigor que inclui uma série de restrições para estabelecimentos comerciais, transporte público e também proíbe aglomerações em locais públicos.

O decreto atual tem validade até a próxima quinta-feira (2).

 

Do BG

Deixe seu comentário

Casos suspeitos de coronavírus são registrados em 88 cidades do RN; veja lista

30 Mar2020

Por Jbelmont às 15h41

Divulgado nesta segunda-feira(30), o novo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, aponta que 88 municípios do Rio Grande do Norte tem casos suspeitos de Covid-19. Conforme noticiado neste blog, no total, são 77 casos confirmados no estado até o momento:: Natal (36), Mossoró (16), Parnamirim (10), Assú (1), Apodi (1), Caicó (2), Carnaubais (1), Luís Gomes (1), Macaíba (1), Monte Alegre (1), Passa e Fica (1), São Gonçalo do Amarante (2), São José de Mipibu (1), Tibau (1).

Veja outros municípios:

 

Acari – 10
Assú – 23 (9 descartados e 1 confirmado)
Afonso Bezerra – 1
Alto do Rodrigues – 7
Angicos – 8 (1 descartado)
Apodi – 3 (1 confirmado)
Areia Branca – 2
Baía Formosa – 2 (1 descartado)
Baraúna – 21
Barcelona – 2
Bodó – 6 (1 descartado)
Bom Jesus – 1
Brejinho – 1 (1 descartado)
Caiçara do Norte – 2
Caicó – 15 (4 descartados e 2 confirmados)
Campo Grande – 1
Canguaretama – 6
Caraúbas – 4 (3 descartados)
Carnaubais – 9 (1 confirmado)
Ceará-Mirim – 8 (1 descartado)
Cerro Corá – 1
Coronel João Pessoa – 2
Doutor Severiano – 1
Espírito Santo – 1
Extremoz – 7 (2 descartados)
Felipe Guerra – 3
Fernando Pedroza – 1
Goianinha – 3 (1 descartado)
Governador Dix-Sept Rosado – 4
Grossos – 1
Guamaré – 21 (6 descartados)
Ipanguaçu – 1
Ipueira – 2 (1 descartado)
Itajá – 2
Boa Saúde – 1Jardim do Seridó – 4
João Câmara – 3
Jucurutu – 3
Jundiá – 1 (1 descartado)
Lagoa D’Anta – 2
Lagoa de Velhos – 1
Lagoa Salgada – 1
Lajes – 2
Lucrécia – 1
Macaíba – 20 (9 descartados e 1 confirmado)
Macau – 3
Major Sales – 1
Marcelino Vieira – 3
Montanhas – 4
Monte das Gameleiras – 2
Mossoró – 131 (25 descartados e 16 confirmados)
Natal – 501 (199 descartados e 36 confirmados)
Nísia Floresta – 3 (4 descartados)
Nova Cruz – 2
Olho D’Água do Borges – 1
Parelhas – 3 (2 descartados)
Parnamirim – 76 (1 provável, 52 descartados e 10 confirmados)
Passagem – 2
Patu – 2 (1 descartado)
Pau dos Ferros – 5 (1 descartado)
Pedro Velho – 1 (1 descartado)
Pendências – 1 (2 descartados)
Pilões – 1
Rafael Fernandes – 1
Riacho da Cruz – 1
Riachuelo – 1
Rio do Fogo – 3
Santa Cruz – 3 (4 descartados)
Santa Maria – 1
Santana do Matos – 1
Santo Antônio – 1
São Fernando – 2
São Francisco do Oeste – 1
São Gonçalo do Amarante – 18 (8 descartados e 2 confirmados)
São João do Sabugi – 4
São José de Mipibu – 6 (1 descartado e 1 confirmado)
São José do Campestre – 4 (1 descartado)
São José do Seridó – 1
São Miguel – 3 (1 descartado)
São Miguel do Gostoso – 1 (2 descartado)
São Paulo do Potengi – 2
Tenente Ananias – 1
Tibau – 2 (1 confirmado)
Tibau do Sul – 3 (2 descartados)
Timbaúba dos Batistas – 1
Touros – 1 (2 descartados)
Umarizal – 1
Venha-Ver – 1

 

Deixe seu comentário

Casos de coronavírus no Brasil em 30 de março

30 Mar2020

Por Jbelmont às 15h32

Secretarias estaduais de saúde contabilizam 4.371 infectados em todos os estados e 141 mortos.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 12h55 desta segunda-feira (30), 4.371 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil com 141 mortos, 98 deles em São Paulo.

A secretaria estadual de Saúde do Rio Grande do Sul confirmou a terceira morte nesta manhã. Já o governo de Minas registrou a primeira morte pela doença e o numero de casos chegou a 261.

No Distrito Federal, subiu para 301 o número de casos. Em Mato Grosso, nova atualização da secretaria aponta 16 casos. No Amapá, o número de casos dobrou e chegou a 8. Goiás já tem 60 casos da doença confirmados. Na Paraíba já são 15 casos e o Pará tem 21 casos. O Rio Grande do Norte registrou mais nove casos nesta manhã e o número total de infectados passou para 77.

Em São Paulo, duas mortes foram confirmadas: uma por um hospital e outra por uma universidade, somando 98. Os casos ainda não foram contabilizados pela secretaria.

O Rio de Janeiro confirmou mais 42 casos e quatro mortes neste domingo. O total é de 17 mortes e 600 casos no estado.

Deixe seu comentário

Número de casos confirmados de coronavírus no RN sobe de 68 para 77

30 Mar2020

Por Jbelmont às 12h59

Subiu de 68 para 77 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Rio Grande do Norte, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), na manhã desta segunda-feira (30). Ao todo, o RN possui 1.494 pessoas suspeitas de estarem infectadas pelo vírus.


As cidades com casos confirmados são Natal (36), Mossoró (16), Parnamirim (10), Assú (1), Apodi (1), Caicó (2), Carnaubais (1), Luís Gomes (1), Macaíba (1), Monte Alegre (1), Passa e Fica (1), São Gonçalo do Amarante (2), São José de Mipibu (1), Tibau (1). Há ainda dois casos confirmados de pessoas que moram, respectivamente, em Recife e de Fortaleza, mas foram atendidas no RN.

Ainda conforme informado pela Sesap, 379 pessoas testaram negativo para a Covid-19. Apenas um óbito foi confirmado, um professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern), faleceu em Mossoró e teve o coronavírus como a causa da sua morte.

 

Deixe seu comentário

'Como cidadão, quero ficar em casa e fazer o isolamento', diz Paulo Guedes

30 Mar2020

Por Jbelmont às 11h02

 

Ministro da Economia disse que, 'como economista', gostaria de ver a produção ativa. Ele lembrou que a recomendação da área da Saúde, diante da crise do coronavírus, é manter o isolamento social.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse neste domingo (29), durante uma videoconferência com representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que, "como cidadão" quer "ficar em casa e fazer o isolamento" diante da pandemia do coronavírus.

Ele ressaltou que, como economista, gostaria de ver a atividade econômica se mantendo ativa no país. Guedes lembrou que a recomendação das autoridades de Saúde, do governo e da sociedade civil, é seguir com o isolamento social para retardar o alastramento do vírus.

"Eu mesmo, como economista, gostaria que pudéssemos manter a produção, voltar o mais rápido possível. Eu, como cidadão, seguindo o conhecimento do pessoal da Saúde, ao contrário, quero ficar em casa e fazer o isolamento”, afirmou o ministro.

Guedes repetiu a preocupação do governo com os efeitos econômicos das medidas de isolamento, adotadas por governadores em todo o país. O presidente Jair Bolsonaro tem afirmado que as medidas são "excessivas" e, neste domingo, caminhou pelo comércio em Brasília, gerando pequenas aglomerações e contrariando determinações do Ministério da Saúde.

"Para a saúde, aparentemente, você precisa desses dois ou três meses. Então, nós estamos aí esticados, espremidos, porque mais de dois, três meses a economia não aguenta. Mas menos de dois, três meses, parece que a saúde também se precipita", disse Guedes.

"Nós temos que estar atentos. Temos que ter respeito pela opinião dos dois lados. Vamos conversar sobre isso de uma forma construtiva", completou o ministro.

g1

Deixe seu comentário

Dez médicos do RN com o Codiv-19

30 Mar2020

Por Jbelmont às 10h56

Pelo menos 10 médicos já foram contaminados no RN com o Cidiv-19. Quatro deles estão hospitalizados e três em estado grave. Três estão em isolamento familiar. Um número considerável.

 

Blog do Robson Pires

Deixe seu comentário

RN recebe mais 168 mil doses de vacina contra Influenza e vacinação deve retomar na terça

30 Mar2020

Por Jbelmont às 10h00

O Rio Grande do Norte recebeu 168 mil novas doses de vacina contra Influeza para dar continuidade à campanha de vacinação iniciada no último dia 23. A campanha teve grande adesão no Estado, esgotando as doses disponíveis do primeiro lote em apenas três dias na capital potiguar.

De acordo com a coordenação de imunização da Secretaria do Estado de Saúde Pública (Sesap), já foi concluída a distribuição entre as Regionais de Saúde do RN, que agora devem enviá-las aos respectivos postos e unidades de saúde que vão oferecer a vacinação. A previsão da Sesap é que a vacinação seja retomada na terça-feira.

Deixe seu comentário

Estudo sobre coronavírus prevê 1 milhão de mortos no Brasil se não houver medidas de contenção

30 Mar2020

Por Jbelmont às 09h23

A Avenida Rio Branco, no Centro do Rio de Janeiro, vazia durante a quarentena Foto: ROBERTO MOREYRA

Ana Lucia Azevedo 


É inevitável que a próxima onda da pandemia atinja em cheio a América Latina, alertou ontem em editorial a revista médica “Lancet”. O Brasil será o país mais afetado e poderá ter até 1,15 milhão de mortos, segundo a projeção de outro estudo.

Um dos principais eixos globais de informação científica sobre a Covid-19, a “Lancet” destaca que alguns governos ainda não encaram a doença com seriedade e cita especificamente o presidente Jair Bolsonaro, o único governante a ter o nome mencionado — e criticado.

“Muitos governos têm respondido rapidamente, mas muitos ainda não encaram a ameaça da Covid-19 com seriedade — por exemplo, ignorando a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de evitar aglomerações. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tem sido fortemente criticado por especialistas em saúde e enfrenta uma reação negativa cada vez maior por sua fraca resposta”, diz o editorial.

Já o estudo “O impacto global da Covid-19 e as estratégias de mitigação e supressão”, do grupo de resposta à Covid-19 do Imperial College, de Londres, previu 1.152.283 óbitos no Brasil, caso medidas de contenção não sejam tomadas. No outro extremo, com as medidas mais radicais e precoces, esse número despencaria para 44 mil brasileiros mortos.

O cenário para o Brasil é sombrio. Foi uma análise desse mesmo grupo do Imperial College que fez o premier britânico, Boris Johnson, agora infectado pela Covid-19, mudar a política do país e adotar o distanciamento social radical, com uma série de medidas mais restritivas.

 

EXTRA

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +