.

Brasil ultrapassa 61 mil mortes por Covid-19, informa consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h

02 Jul2020

Por Jbelmont às 13h26

Segundo dados das secretarias de Saúde, o país registrou 601 mortes pelo novo coronavírus desde as 20h de quarta, totalizando mais de 61.314 vítimas pela doença
O Brasil registrou, nesta quinta-feira, mais de 61 mil mortes por Covid-19, segundo o balanço das 13h, consolidado a partir dos números divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde. O país registrou 601 novos óbitos desde as 20h de ontem, elevando o total para 61.314. Os casos confirmados, por sua vez, são 1.476.884, após 23.515 novos diagnósticos.

Deixe seu comentário

RN contabiliza 1095 mortes por coronavírus, sendo 28 confirmadas nas últimas 24 horas; óbitos em investigação somam 173

02 Jul2020

Por Jbelmont às 12h41

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quinta-feira(02). Os casos confirmados chegam a 32.578.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1095. Em comparação com o último boletim, 28 novos óbitos confirmados, após exames laboratoriais dos últimos dias, sendo nove nas últimas 24 horas.

Em investigação são 173 mortes.

Os casos suspeitos são 44.157. Descartados somam 51.041. Recuperados são 2.904.

Deixe seu comentário

Deputado João Maia é internado com suspeita de coronavírus

02 Jul2020

Por Jbelmont às 12h07

Foto: Divulgação

O deputado federal João Maia encontra-se hospitalizado em Natal desde a noite dessa quarta-feira(01), com suspeita de ter contraído a covid-19.

No momento, o parlamentar apresenta quadro estável e aguardando o resultado do exame que só deve sair na noite desta quinta-feira (02). João Maia está realizando exames e seguindo todas as orientações médicas.

Deixe seu comentário

Governo convoca 930 profissionais para enfrentamento da Covid-19; veja lista

02 Jul2020

Por Jbelmont às 12h05

O Governo do Estado convocou 930 profissionais da área da saúde para atuar no enfrentamento da Covid-19 no Rio Grande do Norte. A convocação temporária foi publicada na edição desta quinta-feira, 2, do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os convocados devem ficar atentos aos prazos, pois deverão assinar o contrato no prazo de 10 dias a partir da data da publicação e o atendimento será de forma virtual. Todas as informações estão publicadas no DOE, onde também consta a lista dos profissionais convocados para cada Região de Saúde.

Foram convocados enfermeiros, farmacêuticos, bioquímicos ou biomédicos, fisioterapeutas, técnicos em enfermagem, técnicos em radiologia, técnicos em laboratório, higienistas, copeiros, auxiliares de cozinha, cozinheiros e maqueiros para as oito Regiões de Saúde do estado.

http://diariooficial.rn.gov.br/dei/dorn3/docview.aspx?id_jor=00000001&data=20200702&id_doc=687762

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.275: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 27 milhões

01 Jul2020

Por Jbelmont às 21h22

Quina teve 51 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 43.339,89.



Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.275 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta-feira (1º) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 02 - 04 - 25 - 36 - 50 - 53.

A quina teve 51 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 43.339,89. A quadra teve 3.212 apostas vencedoras; cada uma levará R$ 983,06.

O próximo concurso (2.276) será no sábado (4). O prêmio é estimado em R$ 27 milhões.

Deixe seu comentário

Com 1.057 mortes em 24 horas, Brasil chega a 60.713 óbitos, aponta consórcio de veículos de imprensa no boletim das 20h

01 Jul2020

Por Jbelmont às 20h15

Novos 44.884 casos foram reportados, elevando para 1.453.369 o número de infectados pelo novo coronavírus no país

RIO — O Brasil contabilizou 1.057 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos durante a pandemia para 60.713, segundo levantamento feito com as secretarias estaduais de saúde pelo consórcio de imprensa nesta quarta-feira. A marca de 60 mil mortes já havia sido registrada no levantamento das 13h. O total de casos confirmados, por sua vez, foi de 1.453.369, após 44.884 novos diagnósticos no último dia.


Infográfico: Números da pandemia no Brasil e no mundo

No dia 11 de junho, o Brasil atingiu a marca de 40 mil óbitos pela Covid-19. Dez dias depois, no dia 21 de junho, o país atingiu o número de 50 mil vidas perdidas para o novo coronavírus. Hoje, seguindo a média, são 60 mil óbitos. g1

Deixe seu comentário

Câmara aprova em 1º turno PEC do adiamento das eleições municipais; matéria precisa ser votada em segundo turno

01 Jul2020

Por Jbelmont às 19h01

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (1º) em primeiro turno o texto-base da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 18/2020, que prevê o adiamento das eleições municipais em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A proposta recebeu 402 votos favoráveis, 90 contrários e quatro abstenções.

Pela matéria, as datas do primeiro e segundo turno do pleito municipal são alteradas para 15 e 29 de novembro, respectivamente.

Os parlamentares votam, neste momento, destaques da matéria. Depois, a matéria precisa ser votada em segundo turno. Caso também seja aprovada em segunda votação, o texto seguirá para sanção presidencial.

R7

Deixe seu comentário

Lamentamos informar a despedida de Hermilla

01 Jul2020

Por Jbelmont às 18h44

Minha sobrinha @hermillatorres partiu cedo, mas ensinou a todos como lutar, sempre confiante e otimista. Esse sorriso é como todos devem lembrá-la. O seu girassol @celia Torres agora ilumina todos que à amam. Que Deus conforte toda família, Célia, Clizio, Diogo e Manu, nosso forte abraço de pesar.🙏🙏🙏🙏🙏

Deixe seu comentário

Dois médicos morrem em Natal neste primeiro de julho Paulo Matos e Nivaldo Sereno vítimas da Covid-19

01 Jul2020

Por Jbelmont às 12h43

Foto: Reprodução/Youtube

É com pesar que o Blog informa mais uma morte de um médico no Rio Grande do Norte vítima da Covid-19. Trata-se do Dr. Paulo Matos, gastroenterologista pediatra e professor da UFRN.

Há menos de uma hora, o Blog havia noticiado o falecimento do pediatra Nivaldo Serreno de Noronha Júnior, de 52 anos, também vitima de coronavírus.

Ficam os sentimentos do Blog aos familiares e amigos.

 

bg

 

Deixe seu comentário

RN registra 1067 mortes por coronavírus; 33 óbitos confirmados em relação ao boletim anterior

01 Jul2020

Por Jbelmont às 12h22

Foto: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quarta-feira(01). Os casos confirmados chegam a 31.740. No boletim dessa terça-feira(30 de junho) eram 30.010. (1730 casos a mais).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1067. Nas últimas 24 horas, 33 novos óbitos confirmados, após exames laboratoriais dos últimos dias, sendo seis nas últimas 24 horas.

Em investigação são 156 mortes.

Os casos suspeitos são 43.500. Descartados somam 50.700. Recuperados são 2.904.

Deixe seu comentário

Marido e mulher morrem de Covid-19 no mesmo dia no RN; 'É muita tristeza', diz filha

01 Jul2020

Por Jbelmont às 12h17

Auxiliadora e Severino faleceram em Natal e Caicó após quase um mês de luta contra o coronavírus.



Casal morava em Canguaretama — Foto: Arquivo familiar/Cedida

A dona de casa Auxiliadora Albano, de 56 anos, e o agricultor Severino Balbino da Silva, de 58 anos, são mais duas vítimas da Covid-19 no Rio Grande do Norte. Os dois faleceram no mesmo dia, na terça-feira (30), após quase um mês lutando contra a doença. O casal vivia na comunidade de Piquiri, no município de Canguaretama, distante 78 quilômetros de Natal.

Os dois deixam quatro filhos: Paula, Patrício, Patrícia e José. Paula Balbino mora e trabalha em Extremoz, na Grande Natal, e embora distante mantinha contato diário com a família em Canguaretama e acompanhou todo a batalha dos pais para sobreviver ao coronavírus.

"É muito difícil, poderia ter sobrevivido pelo menos um"
"Desde que eles foram para a UTI que a gente vem acompanhando e torcendo para que eles se recuperassem, mas as notícias não eram boas. Agora estou cuidando da parte do sepultamento e praticamente não parei porque foi uma coisa em cima da outra, parece que a dor ainda não chegou completamente", diz Paula.

Poucas horas separaram as duas notícias de óbito. Os quatro irmãos souberam primeiro do falecimento do pai pela manhã e quando ainda tentavam lidar com o triste acontecimento, receberam a confirmação da morte da mãe no período da tarde. Auxiliadora e Severino estavam internados em Natal e Caicó.

"Não tenho palavras direito, parece que a ficha não caiu. Nossa família era bem unida e essa doença acabou com isso. Mesmo longe, sempre falava com eles por videochamada. Não dá pra entender como ainda existem pessoas que não acreditam nessa doença. Isso é muito grave e muito triste", completa Paula Balbino.

g1rn

Deixe seu comentário

COVID-19: VEJA A SITUAÇÃO ATÉ ONTEM 20 HORAS NO RIO GRANDE DO NORTE E NOSSOS VIZINHOS, CEARÁ E PB

01 Jul2020

Por Jbelmont às 00h32

RN - RN ultrapassa mil mortes por coronavírus; 40 óbitos confirmados em comparação com o boletim anterior

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta terça-feira(30). Os casos confirmados chegam a 30.010. No boletim dessa segunda(29) eram 28.970. (1040 casos a mais).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1034. Nas últimas 24 horas, 40 novos óbitos confirmados, sendo a maioria após exames laboratoriais dos últimos dias.

Em investigação são 167 mortes.

Os casos suspeitos são 43.427. Descartados somam 48.051. Recuperados são 2.904.

Casos de coronavírus na Paraíba em 30 de junho

Paraíba tem 46.957 casos confirmados e 977 mortes por coronavírus — Foto: Francisco França/Secom-PB
Paraíba tem 46.957 casos confirmados e 977 mortes por coronavírus — Foto: Francisco França/Secom-PB

A Paraíba tem 46.957 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta terça-feira (30). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 977 no estado desde o início da pandemia. Já são 218 cidades da Paraíba com casos registrados da doença.

Foram registradas mais 46 mortes em decorrência do coronavírus desde o último boletim:

CEARÁ - Mais de 110 mil casos de Covid-19 são confirmados no Ceará, com 6.146 mortes
Os dados foram atualizados nesta manhã pela plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa)

O Ceará chegou a 110.483 casos de Covid-19 e 6.146 mortes pela doença, na atualização das 15h02min de hoje, terça-feira, 30, da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). São 59 óbitos e 1.053 casos a mais que os registrados até a noite de segunda-feira. Do total, 86.094 já se recuperaram da doença.

Os novos casos e novos óbitos são noticiados de acordo com a data de confirmação, mediante o resultado dos exames. O dado não significa que as mortes tenham ocorrido nessa data, mas que houve o resultado do exame com a confirmação de que o paciente tinha Covid-19 e posterior registro. Segundo a Sesa, 13 óbitos foram registrados nas últimas 24 horas.

Há ainda 63.122 casos suspeitos que seguem em investigação. Foram realizados 272.785 exames no Estado.

Fortaleza é o município com o maior número de confirmações da patologia, com 35.313 casos confirmados e 3.288 mortes. Sobral, município distante 234,8 km da Capital, vem logo depois com 6.565 casos confirmados e 228 mortos, seguido de Maracanaú, com 3.618 casos confirmados e 213 mortos, e Caucaia - 3.601 confirmados, 279 mortos.

Deixe seu comentário

LIVE COM ALINE LINHARES E DRA JARDA JACINTA É ADIADA PARA SEXTA-FEIRA 19HS

01 Jul2020

Por Jbelmont às 00h00

NESTE DIA 3 DE JULHO SEXTA-FEIRA 19H NO @ alinelinharesoficial

Deixe seu comentário

Cantor e Radialista Horlando Peres avisa que testou positivo COVID -19

30 Jun2020

Por Jbelmont às 23h32

Do blog : Estamos torcendo pelo restabelecimento de sua saúde amigo e parceiro. Deus no Comando.

Deixe seu comentário

Mercado Central terá 50% de sua capacidade e abrirá de forma escalonada

30 Jun2020

Por Jbelmont às 20h43

O Comitê se reuniu na tarde desta ter-feira e decidiu reabrir comércio 

 

Os boxes serão enumerados e a abertura será de forma alternada. Números pares abrem em um dia, e os ímpares em outro dia, com funcionamento das 7h às 16h. Os restaurantes e lanchonetes não poderão servir comida no local.

A Prefeitura de Mossoró comunicou que o Comitê Gestor de Enfrentamento ao Novo Coronavírus se reuniu na tarde desta terça-feira (30), no Salão dos Grandes Atos, para dar continuidade ao plano de reabertura das atividades econômicas do município.

Ficou decidido que o Mercado Central vai voltar a funcionar a partir desta quarta-feira (01), mas, com capacidade de 50% e regras específicas. Os boxes serão enumerados e a abertura será de forma alternada. Números pares abrem em um dia, e os ímpares em outro dia, com funcionamento das 7h às 16h. Os restaurantes e lanchonetes não poderão servir comida no local.

Também nesta quarta-feira voltam a funcionar as atividades de informação, comunicação, agências de publicidades, design e afins. Lojas de produtos de climatização, bicicletas e acessórios, além de lojas de vestuário e calçados, também estão autorizadas a voltar as atividades.

Apesar do plano de reabertura, a Prefeita Rosalba Ciarlini esclareceu que, caso seja necessário, poderá repensar, dependendo da situação da pandemia na cidade.

“Essa medida depende de todos. Se houver aumento dos casos, e se notarmos que está acontecendo uma transmissibilidade muito alta, com os leitos incompatíveis para o atendimento, vamos ter que repensar”, disse, afirmando também que a Vigilância irá continuar trabalhando.

“A Vigilância seguirá fiscalizando para que todas às medidas de segurança, como máscaras, álcool em gel, e distanciamento, sejam cumpridos”, finalizou.

PLANO DE REABERTURA

01/07

Mercado Central

Atividades de informação, comunicação, agências de Publicidade, design e
afins

LOJAS (Lojas até 300m2 e com “Porta para Rua”)

Lojas de produtos de climatização

Lojas de bicicletas e acessórios

Lojas de vestuário e Calçados

08/07

LOJAS (Lojas até 600m2 e com “Porta para Rua”)

Lojas de móveis, eletrodomésticos e colchões

Lojas de departamento e magazines (que não funcionem em Shoppings ou
Centros
Comerciais);

Agências de Turismo

Lojas de brinquedos, artigos esportivos e de caça e pesca;

Instrumentos musicais e acessórios; equipamentos de áudio e vídeo e Lojas de
eletrônicos/informática e equipamentos de telefonia e comunicação; 7.
Joalherias, relojoarias, bijuterias e artesanatos

Lojas de cosméticos e perfumaria;
SERVIÇO

ALIMENTAÇÃO I

*Alimentação I:
Restaurantes; Lanchonetes; Food-Parks
Até 300m2
4 pessoas por mesa
2m mesa a mesa/ 1m entre pessoas
Proibido de venda e consumo de bebida alcoólica no estabelecimento;

15/07

Academias de ginástica, Box de Crossfit, Estúdios de Pilates e afins que não
utilizam sistema de ar condicionado;

Academias possuem protocolos ainda mais rigorosos conforme anexo

22/07

Centros Comerciais e Galerias
(sem ar condicionado)

29/07

Bares e Restaurantes 2

*Alimentação II
(Restaurantes, Lanchonetes, Food-Parks):

Podesermaiorque300m2

Segue os mesmos protocolos de segurança de
“ALIMENTAÇÃO I”

**Bares

Os bares seguem os mesmos protocolos de Alimentação II

Não devem promover shows, festas e afins;

É possível música ao vivo, desde que promovida por apenas 1
(uma) pessoa (músico + instrumento).

Deve se resguardar uma distância de 2m entre músico e
mesas do estabelecimento

05/08

Academias Fechadas (com uso de ar condicionado)

Shoppings Centers (com ar condicionado)

Deixe seu comentário

Bolsonaro oficializa pagamento de mais duas parcelas do auxílio emergencial

30 Jun2020

Por Jbelmont às 20h38

Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (30) o decreto que oficializa o pagamento de mais duas parcelas de R$ 600 do auxilio emergencial a trabalhadores informais, desempregados e autônomos afetados pela pandemia do novo coronavírus. Os valores das mensalidades adicionais serão escalonados em três pagamentos no período de dois meses.

“É um dinheiro que não é meu, mas de todos os brasileiros que pagam impostos. Isso só foi possível pelo trabalho do ministro [da Economia], Paulo Guedes, e pelo parlamento brasileiro, que votou rapidamente a matéria”, afirmou Bolsonaro.

De acordo com o presidente, os pagamentos não são apenas para deixar a economia viva, mas para dar o sustento aos mais carentes. “Nós que estamos aqui presentes sabemos que R$ 600 é muito pouco, mas para quem não tem nada, é muito”, observou.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni disse que o pagamento do auxílio emergencial só foi possível devido ao trabalho desenvolvido pelo governo em 2020.

“Imagina 2020 com essa pandemia sem que estivéssemos colocados o País nos trilhos”, disse Lorenzoni ao classificar como “uma tragédia” a gestão dos governos de esquerda no Brasil.

Lorenzoni ainda lembrou que 25 milhões foram encontrados devido ao pagamento do benefício. “Chegamos a 65 milhões de pessoas”, destacou o chefe do Ministério da Cidadania. “Nenhum brasileiro fica para trás quando o chefe da nação é Jair Bolsonaro”, completou ele.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, revela que tinha conhecimento de que o valor inicial proposto seria elevado pelo Congresso. Ao final da proposta, ele conta que identificou a viabilidade do pagamento de R$ 600, valor que atendia também ao interesse de Bolsonaro.

R7

Deixe seu comentário

Coronavírus: Brasil registra 1.280 óbitos e 33.846 casos nas últimas 24h, total de mortes chega a 59.594 e infectados são 1.402.041

30 Jun2020

Por Jbelmont às 20h34

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta terça-feira (30): 


– Registro de 1.208 óbitos nas últimas 24h, totalizando 59.594 mortes;

– Foram 33.846 novos casos de coronavírus registrados, no total 1.402.041 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 790.040, são mais 32.578 pacientes curados em relação ao boletim de ontem

Deixe seu comentário

Carlos Alberto Decotelli pede demissão e deixa Ministério da Educação

30 Jun2020

Por Jbelmont às 20h30

Do G1

O ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, entregou na tarde desta terça-feira (30) a carta de demissão ao presidente Jair Bolsonaro.

Até a última atualização desta reportagem, não havia a confirmação de que Bolsonaro aceitou o pedido. A expectativa do governo é encontrar um novo nome para o posto ainda nesta terça.

Após a polêmica sobre títulos que diz possuir, desmentidos pelas instituições de ensino, a própria equipe do presidente aconselhou Decotelli a deixar o cargo.

Embora tenha publicado uma mensagem em rede social elogiando a capacidade do ministro, desde a noite desta segunda, o presidente já dava como insustentável a situação dele.

Bolsonaro fez a publicação depois de ter se reunido com Decotelli e ouvido explicações.

São três os pontos questionados no currículo de Decotelli:

denúncia de plágio na dissertação de mestrado da Fundação Getúlio Vargas (FGV);

declaração de um título de doutorado na Argentina, que não teria obtido;

e pós-doutorado na Alemanha, não realizado.

Na última quinta-feira, Bolsonaro anunciou e o "Diário Oficial da União" publicou a nomeação do ministro. Mas no fim de semana, após se tornarem públicas inconsistências em seu currículo, nem chegou a tomar posse.

Deixe seu comentário

RN ultrapassa mil mortes por coronavírus; 40 óbitos confirmados em comparação com o boletim anterior

30 Jun2020

Por Jbelmont às 13h31

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta terça-feira(30). Os casos confirmados chegam a 30.010. No boletim dessa segunda(29) eram 28.970. (1040 casos a mais).

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 1034. Nas últimas 24 horas, 40 novos óbitos confirmados, sendo a maioria após exames laboratoriais dos últimos dias.

Em investigação são 167 mortes.

Os casos suspeitos são 43.427. Descartados somam 48.051. Recuperados são 2.904.

casos - coronavírus - RN

Deixe seu comentário

Hospital Albert Einstein desmente Ministério da Saúde e mantém veto a cloroquina

30 Jun2020

Por Jbelmont às 09h21

O hospital Albert Einstein desmentiu, na noite desta segunda-feira, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, que afirmou que a instituição teria voltado atrás em sua recomendação contra o uso de cloroquina em pacientes do hospital infectados pela Covid-19. Na tarde desta segunda, Franco disse que o hospital teria voltado atrás na recomendação divulgada na semana passada. Procurado, o Albert Einstein disse que não houve mudança alguma sem sua posição sobre o medicamento.

Na sexta-feira, o hospital Alberto Einstein divulgou uma nota em que informava que estava recomendando aos seus médicos que não prescrevessem medicamentos a base de cloroquina para o tratamento da Covid-19 por conta da falta de evidências científicas sobre a eficácia da substância. A recomendação ocorreu após a agência norte-americana que regula alimentos e medicamentos, o FDA, revogou a autorização do uso da cloroquina no tratamento da Covid-19.

O uso de cloroquina pelo Albert Einstein vinha sendo citado pelo governo federal como exemplo de que a substância poderia ser utilizada em larga escala. Nesta segunda-feira, Élcio Franco foi questionado sobre se o governo mudaria sua política em relação à substância após a recomendação contra o medicamento feita pelo hospital.

Ao responder a questão, Élcio Franco disse que o hospital teria recuado sobre a não-utilização da cloroquina.

— Creio que a sua informação está equivocada. Já houve um desmentido do próprio Albert Einstein quanto ao uso da cloroquina — disse Franco.

Diante da declaração de Franco, a reportagem do GLOBO procurou a assessoria de comunicação do Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo a instituição, não houve mudança na política do hospital em relação à cloroquina.

Recentemente, além do FDA ter revogado a autorização do uso do medicamento, a Organização Mundial de Saúde (OMS) suspendeu estudos que vinham sendo feitos com a cloroquina após a constatação de que ela não apresentava efeitos significativos contra a doença.

O GLOBO

Deixe seu comentário

PF prende trio suspeito de agir como 'seguranças' no transporte de cigarros contrabandeados no RN

30 Jun2020

Por Jbelmont às 08h57

Homens foram presos em Umarizal, no Oeste potiguar.



A Polícia Federal cumpriu um mandado de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva expedidos em Umarizal, no Oeste potiguar, nesta segunda (29). Os mandados foram expedidos pela 12ª Vara da Justiça Federal do RN contra dois motoristas de caminhão, de 30 e 38 anos, respectivamente, e um autônomo, de 33 anos, todos oriundos do estado do Pará.

De acordo com a Polícia Federal, os três são acusados de integrar uma organização criminosa que se dedica ao contrabando de cigarros. Um outro mandado de prisão expedido contra um comerciante de 33 anos, residente em Umarizal, não foi cumprido porque ele não foi localizado.

A suspeita é que os presos sejam o braço armado responsável pela segurança do transporte das cargas contrabandeadas, e que teriam chegado em Umarizal para reforçar a segurança do comerciante acusado de chefiar o esquema de distribuição naquela região do estado. Em junto deste ano, a Polícia Federal apreendeu na região 1.362 caixas de cigarros, avaliada em R$ 2 milhões de reais.

Durante a abordagem desta segunda (29) foram apreendidos em poder dos acusados um revólver calibre 357, uma pistola Glock calibre .380, cerca de R$ 11,5 mil em espécie, além de três veículos com placas de São Paulo, dois dos quais, de alto padrão.

Um dos homens presos possui antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo. Após a autuação, eles foram conduzidos para a Cadeia Pública de Mossoró onde ficam à disposição da Justiça.

A Polícia Federal pede que quem tiver informações que levem à prisão do comerciante foragido denuncie através do fone (84) 3323-8311.

Deixe seu comentário

COVID-19: VEJA A SITUAÇÃO ATÉ ONTEM 20 HORAS NO RIO GRANDE DO NORTE E NOSSOS VIZINHOS, CEARÁ E PB

30 Jun2020

Por Jbelmont às 00h57

RN - O Rio Grande do Norte tem 29.721 casos confirmados de Covid-19 e 994 pessoas mortas pela doença. Os números são do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgados na noite desta segunda (29).

Ainda de acordo com o boletim, outras 161 mortes estão em investigação para saber se foram causadas pela Covid-19. O Estado tem ainda 42.377 casos suspeitos e 46.736 descartados de coronavírus. Foram realizados 76.024 testes no RN.

Segundo o boletim, o Rio Grande do Norte tem 671 pacientes internados. A taxa de ocupação de leitos de UTI na rede pública é de 95% na rede pública e 90% na rede privada.

 

PB - Casos de coronavírus na Paraíba em 29 de junho
Paraíba tem 45.057 casos confirmados e 931 mortes por coronavírus. São 378 casos e 20 mortes confirmadas nesta segunda-feira (29). Já são 217 cidades da Paraíba com casos registrados da doença.


CE - Mais de 6 mil pessoas morreram por Covid-19 no Ceará 

O estado contabiliza, nesta segunda-feira (29), 108.225 infecções pelo novo coronavírus, conforme a plataforma IntegraSUS.

O Ceará ultrapassou as 6 mil mortes pela Covid-19, conforme dados da plataforma IntegraSUS atualizados à 16h18 desta segunda-feira (29). São 6.076 óbitos em decorrência do novo coronavírus, com 108.225 casos confirmados no Estado. As primeiras mortes pela doença foram confirmadas no dia 26 de março, há 95 dias. 


O índice de 5 mil mortes pelo novo coronavírus no Ceará foi ultrapassado no fia 15 de maio. A mortalidade da enfermidade no Estado, proporção entre as taxas de casos e óbitos, está em 5,8%. Há ainda 619 mortes suspeitas, em investigação.

Na última quinta-feira (25), o Ceará ultrapassou os 100 mil casos, com registros confirmados em todos os 184 municípios. Houve o primeiro diagnóstico confirmado de um residente da cidade de Granjeiro, no sul do Estado, única que ainda não havia registrado infectados. Fortaleza lidera os índices da doença e tem 35.081 diagnósticos positivos. 3.276 pessoas não resistiram à Covid-19 na capital.

Deixe seu comentário

Coronavírus: Brasil registra 692 óbitos e 24.052 casos nas últimas 24h, total de mortes chega a 58.314 e infectados são 1.368.195

30 Jun2020

Por Jbelmont às 00h37

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta segunda-feira (29):

– Registro de 692 óbitos nas últimas 24h, totalizando 58.314 mortes;

– Foram 24.052 novos casos de coronavírus registrados, no total 1.368.195 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 757.462, são mais 23.614 pacientes curados em relação ao boletim de ontem. Outros 552.419 pessoas estão em acompanhamento e tratamento.

Deixe seu comentário

Sem mudança no calendário eleitoral, comunicadores, que são pré-candidatos, precisam se afastar das funções nessa terça-feira

29 Jun2020

Por Jbelmont às 23h21

Os pré-candidatos às eleições municipais de 2020, que atuam como locutores, repórteres ou comentaristas de emissoras de rádio e TV devem se afastar de suas atividades a partir dessa terça-feira (30). A proibição está na Lei das Eleições (9.504/1997), que prevê ainda, em caso de descumprimento, a imposição de multa à emissora e de cancelamento do registro da candidatura do profissional que for escolhido na convenção partidária.

A Associação Brasileiras das Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) destaca que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 18 – que prevê o adiamento da data de realização das eleições municipais deste ano, alteração do calendário eleitoral e da data de afastamento do pré-candidato apresentador – ainda está em tramitação no Congresso Nacional, e, enquanto a matéria não for aprovada, todas as datas permanecem mantidas e devem ser respeitadas pelos radiodifusores e pelos radialistas e jornalistas pré-candidatos.

O gerente jurídico da ABERT, Rodolfo Salema, esclarece que, apesar da aprovação da PEC nº 18 no Senado Federal, a proposta ainda deve ser aprovada na Câmara dos Deputados em dois turnos de votação antes da promulgação e formalização das mudanças no calendário eleitoral.

SEM ACORDO

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, nesta segunda-feira (29), em São Paulo, ainda está longe de um acordo para votar na Casa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano, previstas para outubro, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19). O texto, aprovado na semana passada no Senado, prevê que o pleito seja realizado nos dias 15 e 29 de novembro, em vez das datas oficiais de 4 e 25 de outubro.

Rodrigo Maia afirmou, ainda, de acordo com a Agência Brasil, que está trabalhando para que haja consenso para votar a matéria até quarta-feira (1°).

“É importante que a Câmara tome a sua decisão. Estamos dialogando para construir o apoio necessário, até a unanimidade, para que a gente possa votar, mas ainda estamos longe disso. A nossa intenção é, com diálogo, chegar até quarta-feira (1º) a uma solução para esse problema”, observou, defensor do adiamento das eleições.


(*) Com informações da ABERT e Agência Brasil

Deixe seu comentário

Fátima autoriza reabertura o comércio; veja quais setores poderão funcionar

29 Jun2020

Por Jbelmont às 23h06

FOTO: PICTURE ALLIANCE/GETTY IMAGES

Com o registro de um novo recorde diário de casos de covid-19, a OMS (Organização Mundial da Saúde) alerta que, apesar de avanços em vários países, a pandemia do novo coronavírus está se acelerando globalmente. “O pior ainda está por vir”, alertou o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom.

Adhanom criticou duramente a politização da pandemia e a falta de unidade nacional no combate ao novo coronavírus. Sem citar países ou líderes especificamente, o diretor-geral fez um dos mais duros discursos desde o início das entrevistas coletivas regulares sobre a pandemia.

“Lamento muito dizer algo assim, mas o pior está por vir. Mas com este tipo de ambiente [político] e condições, nós tememos o pior.”

“Uma única vida é importante, independente dela ser de alguém de esquerda, direita ou centro”, disse Adhanom. “Por isso pedimos desde o início: coloquem a política em quarentena para falar de covid-19.”

A OMS, como um órgão das Nações Unidas, costuma ser bastante diplomática em termos políticos. No entanto, Adhanom subiu o tom. “Precisamos de unidade nacional. União entre partidos, entre diferentes ideologias, diferentes crenças, diferentes raças. Entre qualquer coisa que possa nos dividir, porque o vírus explora estas divisões.”

Conforme previsto pelo Decreto nº 29.774, de 23 de junho de 2020, a reabertura gradual das atividades econômicas e do comércio no Rio Grande do Norte ocorrerá a partir da próxima quarta-feira, 1º de julho. O anúncio foi feito pela governadora Fátima Bezerra nesta segunda-feira (29), em reunião por videoconferência com empresários e entidades representativas do setor produtivo do Estado.

“A pandemia ainda inspira muitos cuidados e esse processo de retomada não pode ser encarado como uma liberação geral. Hoje, a taxa de transmissibilidade da doença está em torno de 1 e a fila tanto para leitos críticos quanto para leitos clínicos está reduzindo significativamente nos últimos dias. Embasados pelo nosso um Comitê Científico, estamos retomando as atividades econômicas gradualmente. Vamos manter o distanciamento e o isolamento social, medidas de higiene e todos os protocolos sanitários”, ponderou a chefe do Executivo estadual ao fazer o anúncio.

A retomada da atividade econômica paralisada em virtude do novo coronavírus estava prevista para 24 de junho. Porém, a alta taxa de transmissibilidade do vírus e a alta taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta data, fizeram com que o Governo do RN adiasse a reabertura por mais uma semana.

RETOMADA GRADUAL DAS ATIVIDADES

O Governo do Estado, com base em estudos realizados pelo Comitê Científico que lhe assessora, apresentou aos participantes a Proposta de Cronograma para Abertura Gradual das atividades comerciais. Na oportunidade, o Secretário Estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, expôs o documento aos representantes de entidades ligadas ao comércio, turismo e bares e restaurantes.

O Plano de retomada gradual, composto por três fases, terá início na quarta-feira (1º) e tem previsão de duração de 35 dias. Para cada fase de abertura está previsto um bloco de atividades a serem progressivamente liberadas. O objetivo é que sejam autorizadas inicialmente aquelas que economicamente se encontram em situação economicamente mais crítica, com maior capacidade de controle de protocolos e que gerem pouca aglomeração, descritas a seguir:

Fase 1 (1º a 14/07):

Atividades comerciais e demais serviços
- Alimentação I (restaurantes, lanchonetes, food-parks) de até 300 m2; 4 pessoas por mesa; 2m mesa a mesa/ 1m entre pessoas; Proibido de consumo de bebida alcoólica no estabelecimento.

Fase 2 (15 a 28/07):

- Academias em funcionamento sem uso de ar condicionado
-Centros Comerciais (sem ar condicionado central)
-Galerias Comerciais

Fase 3 (29/07 a 11/08):

- Academias em funcionamento com uso de ar condicionado
- Shoppings (com ar condicionado)
- Alimentação II (bares, restaurantes, lanchonetes, food-parks maiores que 300m2; 4 pessoas por mesa; 2m mesa a mesa/ 1m entre pessoas; Proibido de consumo de bebida alcoólica no estabelecimento. Não devem promover shows, festas e afins; É possível música ao vivo, desde que por 1 (uma) pessoa apenas (músico + instrumento).

Participaram da reunião o vice-governador, Antenor Roberto; os secretários de Estado Raimundo Alves (Gabinete Civil), Carlos Eduardo Xavier (Tributação), Ana Maria da Costa (Turismo) e Guia Dantas (Comunicação), além de representantes da Fiern, Abav, Abrasel, Fetronor, Fecomércio, Sebrae, FCDL, ABIH e empresários.

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +