Izabel Montenegro lamenta RN fora da lista de leilão para energia eólica

JBelmont

14Nov2017

Por Belmont às 23h16

Vereador Raério faz cobranças à Prefeitura de Mossoró

Durante a sessão dessa terça-feira (14), o vereador Raério Araújo (PRB) pediu, mais uma vez, a manutenção na Praça da Convivência. “A praça é um cartão postal de Mossoró e está sem estrutura para receber as pessoas. Os banheiros estão mal conservados e falta limpeza.”, relatou o vereador.

 

Raério também solicitou o pagamento das diárias e salários aos funcionários terceirizados que prestam serviços para a Prefeitura de Mossoró. “Essas pessoas estão passando dificuldades, porque estão sem receber diárias e com salários atrasados.”.

 

Outros vereadores também cobraram o pagamento dos terceirizados. “Precisamos cobrar da prefeitura que faça o pagamento das terceirizadas caso o repasse não esteja sendo feito ou que cobrem o pagamento em dia dos funcionários.”, disse Petras (DEM). “Precisamos de explicação sobre o porquê do atraso nos pagamentos. Precisamos defender esses trabalhadores.”, reforçou Aline Couto (PHS).

 

Câmara realiza sessão solene em homenagem a ACJUS

 

A Câmara Municipal de Mossoró vai realizar, nesta sexta-feira (17), às 10h, no plenário, sessão solene em homenagem à Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS).

 

Durante a solenidade pessoas que contribuíram nas áreas jurídica, cultural e social em Mossoró serão homenageadas com a entrega de comendas e títulos. A ACJUS é uma associação civil, sem fins lucrativos, formada por estudiosos do direito e pesquisadores das mais variadas formações, comprometidos com o desenvolvimento científico de Mossoró e região.

 

“Reconhecendo a importância dessa instituição e do trabalho realizado, os vereadores da Câmara resolveram prestar essa homenagem. Devemos sempre reconhecer as instituições que contribuem para o desenvolvimento de Mossoró.”, explicou a presidente da Câmara, vereadora Izabel Montenegro (PMDB).

 

Câmara realiza audiência pública sobre terreno do Hospital Duarte Filho

Com o intuito de buscar explicações sobre a demolição do antigo Hospital Duarte Filho, a Câmara Municipal de Mossoró vai realizar, nessa quinta-feira (16), uma audiência pública no plenário da Câmara, a partir das 9h.

 

A audiência pretende discutir, além do motivo da demolição do prédio, qual será a destinação do terreno onde o hospital estava localizado. “Precisamos averiguar essa situação e ver se tudo está sendo realizado dentro da legalidade. Estamos aqui para fiscalizar e preservar o patrimônio do povo de Mossoró.”, afirmou a presidente da Câmara, Izabel Montenegro (PMDB), autora da proposição para a realização da audiência.

 

Aline Couto destaca problemas enfrentados pela zona rural

A vereadora Aline Couto (PHS) falou sobre problemas enfrentados em duas comunidades da zona rural de Mossoró, durante a sessão dessa terça-feira (14). De acordo com a parlamentar, a comunidade de Alagoinha e o assentamento Vingt Rosado enfrentam problemas no abastecimento de água.

 

“Sei que a situação hídrica de Mossoró e região é um problema muito grande, mas gostaria de destacar hoje essas duas comunidades que estão enfrentando dificuldades no abastecimento.”, destacou a vereadora.

 

 

Aline Couto pediu, ainda, solução para a escala médica do Hospital Rafael Fernandes. “A escala médica daquele hospital precisa ser regularizada. A falta de médicos está prejudicando o atendimento de pacientes de Mossoró e região.”.

 

Izabel Montenegro lamenta RN fora da lista de leilão para energia eólica

Na sessão de hoje, a vereadora Izabel Montenegro (PMDB) lamentou a notícia veiculada na imprensa de que o Rio Grande do Norte está, pela segunda vez consecutiva, fora do leilão nacional de energias renováveis.  “Hoje recebemos uma notícia triste. O RN está fora da lista mais uma vez.”, disse.

 

A vereadora pediu mais investimentos e união das classes políticas para trazer indústrias e geração de emprego para o estado. “Temos os melhores ventos para produzir energia eólica. Precisamos unir forças para trazer investimentos para o RN. A energia eólica é uma grande oportunidade de geração de emprego e renda para Mossoró e região.”, destacou Izabel.

 

Violência

 

Izabel Montenegro falou também sobre casos de violência contra mulher registrados em Mossoró. “Nesses últimos dias dois casos chamaram a atenção. Uma mulher foi esfaqueada pelo ex-companheiro e outra levou um soco que a deixou desacordada. A violência contra a mulher está sendo naturalizada. Não podemos permitir isso. Precisamos debater esse assunto nesta Casa Legislativa e encontrar soluções para frear essa situação em Mossoró.”, destacou.

 

No próximo dia 23, a Câmara Municipal realizará audiência pública sobre o combate à violência contra a mulher, proposta pela vereadora Isolda Dantas (PT).

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.