Ex-prefeito condenado por morte em acidente cumprirá pena com tornozeleira eletrônica no RN

JBelmont

03Nov2017

Por Belmont às 08h11

O ex-prefeito de Ielmo Marinho Germano Patriota começa a cumprir na segunda-feira (6) a pena de prisão em regime semiaberto, utilizando tornozeleira eletrônica. Patriota foi condenado pela morte da assistente social Regina Coelli de Albuquerque, ocorrida em 2004, em um acidente de trânsito na Zona Leste de Natal.

 

Em 2012, o Pleno do Tribunal de Justiça condenou Germano Patriota a oito anos e dois meses de prisão, além da perda dos direitos políticos, pela responsabilidade no acidente. Após a defesa entrar com recursos durante esses anos, ele foi condenado a 6 anos em regime semiaberto.

 

De acordo com o advogado de Patriota, Felipe Cortez, ele “afirma e reafirma” que o acidente foi uma fatalidade e que não seguia no volante do carro. Estaria com o motorista, por não ter condições de dirigir. “Ele não consegue se conformar com essa condenação. Vai cumprir a pena a contragosto, porque entende que não cometeu o crime, mas respeita a decisão da Justiça”, diz o advogado.

 

Informações do G1/RN

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.