Mais uma morte violenta na cidade de Baraúna

JBelmont

21Out2017

Por Belmont às 19h18

O crime aconteceu no final da tarde de hoje, vizinho ao bar dos malas na Rua José Vitalino; Foi o 3º registro de mortes violenta em Baraúna em menos de 48 horas

 

                           Fábio, mais conhecido como Negão Fabinho

 

 Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu no final da tarde deste domingo, 21 de outubro de 2017, nas proximidade do bar dos Malas, localizado na Rua José Vitalino, região periférica da cidade. 


A vítima identificada até o momento como Fábio, mais conhecido como Negão Fabinho, foi alvejado com vários tiros e morreu no local. 

 

MAIS VIOLÊNCIA EM BARAÚNA

Gênita Ruth Hipólito Bezerra da Silva 23 anos se recuperava de uma tentativa de homicídio no mês de Janeiro, mas não resistiu.

Mais uma morte provocada por disparos de arma de foA jovem Gênita Ruth Hipólito Bezerra da Silva, de 23 anos se recuperava em casa, dos ferimentos provocados por disparos de arma de fogo, de uma tentativa de homicídio, ocorrido no dia 24 de janeiro passado, quando bandidos armados invadira sua resistência e efetuaram os disparos nela. 

 

Baraúna - Jovem Evangélico morre momentos

 

 

antes da cerimonia religiosa de seu

 

casamento

 

Carlos Adriel Mendes da Silva de 21 anos morreu vitima de colisão carro com moto na cidade de Baraúna

Uma colisão lateral envolvendo um carro e uma motocicleta tirou a vida de um jovem, que se preparava para a cerimonia de seu casamento na Igreja Assembleia de Deus da cidade de Baraúna, no Oeste do Rio Grande do Norte.

 

Segundo informações, Carlos Adriel Mendes da Silva de 21 anos, que morava na comunidade de Juremal, tinha se casado no cartório no dia de ontem, 20 e a Igreja Assembleia de Deus Central de Baraúna, estava decorada para a cerimonia religiosa, que aconteceria as 19 horas de hoje, 21 de outubro.

 

O jovem estava na motocicleta do sogro, indo para sua casa terminar de se vestir, quando foi vitima do acidente fatal. O Delegado Paulo Pereira, da delegacia de Baraúna acompanhou os trabalhos de pericia no local juntamente com o perito criminal Eduardo Alexandre. O perito informou que pelas marcas da colisão deixadas no carro e na motocicleta, não era possível determinar, no local, quem teria cometido imprudência.

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.