APREENSÃO HISTÓRICA: GEDDEL PODE TER MALAS EM OUTROS ESCONDERIJOS

09 Set2017

Por Jbelmont às 07h46

Deixe seu comentário

Janot vai pedir revogação da imunidade e prisão de Joesley Batista

09 Set2017

Por Jbelmont às 01h41

 

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai pedir a revogação da imunidade do empresário Joesley Batista e dos demais executivos do Grupo J&F, depois de áudios divulgados na segunda-feira passada. Joesley tinha obtido o perdão judicial após assinar acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República em abril. A decisão de Janot pode abrir brecha para que o empresário e os demais executivos sejam alvo de medidas cautelares e até de um pedido de prisão.

 

Ontem, o empresário Joesley Batista, um dos donos da holding J&F, ficou pela primeira vez frente a frente com procuradores da República após a revelação de gravações de diálogos dele que atingem o Ministério Público Federal (MPF). Joesley chegou à sede da Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, por volta das 10h. Enqaunto isso, Janot passou o dia monitorando, a distância, o depoimento do empresário e dos executivos da J&F Ricardo Saud e Francisco de Assis.

 

Quem esteve com o procurador-geral nos últimos dias afirma que ele estava decidido a revogar o benefício dado aos delatores em razão da gravação entregue pela própria empresa. O veredicto final sobre as consequências adotadas por Janot deve sair hoje.

 

Correio Braziliense

Deixe seu comentário

Governo entrega mais 16 ônibus para o transporte escolar em Natal e Mossoró

08 Set2017

Por Jbelmont às 21h41

Os estudantes da rede estadual em Natal e Mossoró passam a contar com 16 novos ônibus para o transporte escolar. Os veículos foram entregues nesta sexta-feira, 8, pelo governador Robinson Faria em ato realizado na Escola Walfredo Gurgel, no bairro Candelária em Natal.

 

“Estamos trabalhando para melhorar a educação em nosso Estado e atendendo reivindicação dos estudantes. Com esses veículos ampliamos a frota e as rotas para atender mais de seis mil estudantes em Natal e mil e seiscentos em Mossoró”, declarou Robinson Faria.

 

Os veículos foram adquiridos com recursos próprios do Estado no valor de R$ 3,6 milhões. A entrega dos veículos contou com presença das secretarias de Estado da Educação, Cláudia Santa Rosa, da Comunicação, Juliska Azevedo, da secretaria adjunta da Educação, Monica Guimarães, diretores e técnicos da pasta da Educação.

Deixe seu comentário

Acidente de graves proporções na BR 110, zona rural de Governador Dix Sept Rosado.

08 Set2017

Por Jbelmont às 20h25

Capotamento na BR 110 proximo a Mossoró - Gustavo Henrique Rodrigues da Silva morreu no local. Passando na Hora

 

Um carro tipo Celta de cor verde com placas de Santa Cruz, capotou no inicio da noite de hoje, 08 de setembro, na BR 110, na zona rural de Governador Dix Sept Rosado, entre as cidades de Mossoró e Upanema. Gustavo Henrique Rodrigues da Silva morreu no local.

 

Diego Macedo de Pontes, de 25 anos de idade, sofreu traumatismo craniano, ficou preso as ferragens, mas foi retirado e socorrido com vida para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró.

 

João Maria de Souza, de 28 anos, Jusciel Rogério Fernandes e Marinaldo de Macedo Silva sofreram ferimentos leves.

 

Para socorrer as vitimas, a equipe do Samu de Mossoró utilizou duas de suas unidades, uma com Suporte Avançado “Alfa” e precisou do auxilio do Resgate do Corpo de Bombeiros, para retirar um dos feridos preso as ferragens. O que teria motivado o acidente deverá ser investigado pela policia.

Obs.: A zona rural de Governador Dix Sept Rosado estende-se para as BR 110 e 405, alem da RN 117.

Deixe seu comentário

Homens encapuzados invadem casa e matam três irmãos a tiros na Zona Norte de NATAL

08 Set2017

Por Jbelmont às 13h48

Adalto Nascimento Souza, de 17 anos, Lucas Ernesto de Souza, de 22, e Matheus Ernesto de Souza, também de 22 anos (Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi)G1-RN

 

Três irmãos, sendo um adolescente de 17 anos e dois gêmeos de 22, foram mortos a tiros na madrugada desta sexta-feira (8) dentro de uma casa no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte de Natal. Segundo a PM, os criminosos são cinco homens encapuzados. Eles arrombaram um portão, invadiram a residência, atiraram nas vítimas e fugiram em um Celta de cor prata.

 

Os irmãos foram identificados como Adalto Nascimento Souza, Lucas Ernesto de Souza e Matheus Ernesto de Souza.

 

Em contato com o G1, o coronel Zacarias Mendonça, do Comando de Policiamento Metropolitano, informou que o crime aconteceu na rua Rizomar Correia dos Santos, e que a PM chegou ao local após um vizinho informar que um homem havia sido baleado na varanda do imóvel.

 

“Essa pessoa relatou que o Celta parou na frente da casa e que cinco pessoas encapuzadas desceram e invadiram a residência. Quando a nossa guarnição chegou ao local, constatou que tinham três pessoas mortas”, acrescentou Mendonça.

 

A PM ainda fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum suspeito.

 

Deixe seu comentário

Policial é baleado durante assalto a farmácia na Airton Sena

08 Set2017

Por Jbelmont às 08h35

Um policial militar lotado no 4° Batalhão foi baleado durante um assalto a uma farmácia na noite desta quinta-feira (07), na avenida Airton Sena, no bairro Nova Parnamirim, região metropolitana de Natal. A vítima sofreu quatro tiros, sendo que um deles atingiu as costas, mas o PM estava de colete.

 

De acordo com testemunhas, por volta das 20h30 três assaltantes invadiram o estabelecimento armados e anunciaram o roubo, o policial que estava no local presenciou a ação e deu voz de prisão aos criminosos, mas eles responderam atirando atingido o Cabo da Polícia Militar pelas costas.

 

O policial foi socorrido por colegas para o pronto socorro Clóvis Sarinho onde foi submetido a cirurgias, porém segundo informações médicas colhidas pelo PortalBO o Cabo da PM não corre risco de morte. Diligências foram realizadas em toda região, mas os assaltantes não foram localizados, nem identificados.

 

BO

Deixe seu comentário

Geddel é levado em carro da PF após pedido de prisão preventiva do Ministério Público Federal

08 Set2017

Por Jbelmont às 07h40

O ex-ministro estava no prédio em que cumpria prisão domiciliar, em Salvador. Na terça-feira (6), agentes encontraram R$ 51 milhões em outro imóvel que seria utilizado por ele.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima, do PMDB, deixou na manhã desta sexta-feira (8) o prédio em que vivia, em Salvador, levado pela Polícia Federal, após um pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público Federal.

 

Geddel deixou o prédio pouco depois das 7h, no banco de trás de uma viatura da PF, e chegou ao aeroporto Luiz Eduardo Magalhães cerca de meia hora depois. A PF não informou para onde o ex-ministro será levado.

 

O ex-ministro cumpria prisão domiciliar desde julho, após ter sido detidopor suspeita de tentar interferir nas investigações sobre fraudes na Caixa Econômica Federal. Embora a decisão judicial determine que ele seja monitorado por tornozeleira eletrônica, isso não vinha acontecendo pois o governo da Bahia não tem o equipamento.

 

Sete agentes e dois carros da PF entraram no prédio às 6h. Segundo a TV Bahia (afiliada da Rede Globo), um vendedor ambulante, que estava na região, foi levado para dentro do condomínio, possivelmente para servir de testemunha.

 

G1 tentou contato com a defesa de Geddel, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

 

Fortuna em outro imóvel

 

Na terça-feira (5), a PF apreendeu R$ 51 milhões em um apartamento que seria utilizado por Geddel em Salvador. O dono do imóvel afirmou à PF que havia emprestado o imóvel ao ex-ministro para que ele guardasse pertences do pai, que morreu no ano passado.

 

Segundo o jornal "O Globo", a PF reuniu 4 provas que reforçam a ligação Geddel com o dinheiro.

 

As impressões digitais de Geddel foram encontradas no próprio dinheiro, uma outra testemunha confirmou que o espaço tinha sido cedido ao ex-ministro, e uma segunda pessoa é suspeita de ajudar Geddel na destinação das caixas e das malas de dinheiro. Além disso, a PF identificou risco de fuga, depois da divulgação da apreensão do dinheiro.

 

 

A apreensão do dinheiro é um desdobramento da Operação Cui Bono, que investiga fraudes na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal. De acordo com o MPF, entre 2011 e 2013, Geddel agia para beneficiar empresas com liberações de créditos e fornecia informações privilegiadas para os outros membros da quadrilha que integrava.

 

O ex-ministro virou réu em agosto em uma ação na Justiça Federal em Brasília por obstrução de justiça. Ele é acusado de tentar atrapalhar as investigações. Em nota divulgada após a decisão da Justiça, a defesa de Geddel rechaçou as acusações, a aque chamou de "fruto de verdadeiro devaneio e excesso acusatório".

 

A defesa do ex-ministro não se manifestou sobre os R$ 51 milhões.

 

Ex-ministro de Lula e Temer

 

Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) deixou o cargo de ministro da Secretaria de Governo em novembro de 2016. Ele foi acusado pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de tê-lo pressionado para liberar uma obra na Ladeira da Barra, áre nobre de Salvador. Geddel era um dos principais responsáveis pela articulação política do governo Temer com deputados e senadores. Ele ficou no cargo por seis meses.

 

O peemedebista também foi ministro da Integração Nacional do governo Lula, entre 2007 e 2010, depois de ter sido crítico ferrenho do primeiro mandato do petista e defensor do governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). No ministério, encampou a transposição do Rio São Francisco, que prometeu efetivar em seu mandato.

 

Atuou como vice-presidente de Pessoa Jurídica na Caixa entre 2011 e 2013, cargo do qual chegou a pedir exoneração pelo Twitter à então presidente Dilma Rousseff, pela possibilidade de concorrer nas eleições seguintes. Quem o convidou para o cargo foi Michel Temer. Foi derrotado por Otto Alencar (PSD) na eleição ao Senado.

 

Formado em administração de empresas pela Universidade de Brasília, é natural de Salvador, onde foi assessor da Casa Civil da Prefeitura entre 1988 e 1989. Em 1990, filiou-se ao PMDB, partido pelo qual foi eleito cinco vezes deputado 

 

G-1

Deixe seu comentário

Planos de Joesley era delatar, desestabilizar o Brasil, vender tudo, ganhar dinheiro e nunca mais voltar

08 Set2017

Por Jbelmont às 07h15

“Tem que ser ‘tchau’ e não voltar aqui mais nunca”. Com esta frase, durante a conversa gravada com o empregado Ricardo Saud, Joesley Batista confessou seu plano: desestabilizar os Três Poderes, vender tudo, deixar o Brasil e “não voltar aqui mais nunca”. A estratégia era garantir blindagem em cinco operações policiais, nas quais era alvo, e passar a viver no Estados Unidos, onde o grupo controla 57 empresas.

 

Saud diz na gravação: “Isso (delatar e ir embora ileso) é a única coisa que a gente tem acertar, Joesley, pra poder ir embora com a família”.

 

Investigadores da Lava Jato também suspeitam que Joesley gravou Ricardo Saud como “garantia”, em caso de traição do cúmplice.

 

Joesley achava que era só grampear autoridades, entregar os áudios, e nunca mais voltar ao Brasil: “não vai precisar de nós (sic)”.

 

O áudio não foi enviado “por acidente”. A Polícia Federal pediu o gravador para periciar o grampo de Joesley contra Michel Temer.

 

CLÁUDIO HUMBERTO

Deixe seu comentário

Lotofácil da Independência saiu para 15 acertadores

08 Set2017

Por Jbelmont às 00h28

O sorteio da Lotofácil 1557 ocorreu neste dia 07 de setembro de 2017, quinta-feira, prêmio estimado de R$ 75.000.000,00 (setenta e cinco milhões de reais). A Lotofácil 1557 foi realizada em São Paulo, Capital, e o resultado da Lotofácil 1557 foi divulgado a partir das 20:00 horas. Confira:

 

CONCURSO 1557 DATA 07/09/2017
 
02 03 04 05 06
09 12 16 17 18
20 21 22 24 25
 
Prêmio 5.905.591,00 X 15 QUE ACERTARAM 15 NÚMEROS
2.165,59  x 3.369 ACERTARAM 14
20,00 X 133,713ACERTOS 13
  8,OO X 17O4422 ACERTOS 12
  4,00 X 9.530.997 ACERTOS 11
Deixe seu comentário

Temer é recebido sem vaias nem aplausos no 7 de setembro

07 Set2017

Por Jbelmont às 17h22

 

O presidente Michel Temer foi recebido sem vaias e sem aplausos nesta quinta-feira no desfile do 7 de setembro. Temer chegou às 9h acompanhado da primeira-dama, Marcela Temer, e subiu ao palanque onde já o esperavam vários ministros. O filho mais novo de Temer, Michelzinho, também compareceu ao evento. Como no ano passado, quando tinha acabado de assumir, o presidente optou por não usar o carro aberto e a faixa presidencial.

 

Compareceram ao evento os ministros do núcleo duro de Temer, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral), além de Raul Jungmann (Defesa), Torquato Jardim (Justiça), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) e a advogada geral da União, Grace Mendonça. Os presidentes do Congresso, Eunicio Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia, também participam do evento.

 

Diante da crise que o país enfrenta, o governo desembolsará o menor valor nos últimos anos para custear o desfile de 7 de Setembro. A festa custou cerca de R$ 790 mil, R$ 300 mil a menos do que no ano passado, quando o presidente Michel Temer estava na primeira semana como efetivo no Palácio do Planalto.

Deixe seu comentário

Ministra do STF abre inquérito contra deputado Fábio Faria e governador do RN

07 Set2017

Por Jbelmont às 09h50

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou abertura de inquérito no STF para investigar o deputado federal Fábio Faria (PSD-RN) e o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), em razão das delações premiadas da JBS. As suspeitas são de corrupção passiva e caixa dois, ou seja, fraude na prestação de contas ao deixar de declarar valores recebidos, crime previsto no artigo 350 do Código Eleitoral.

 

O pedido foi feito no fim de junho pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que também solicitou ao ministro Luiz Edson Fachin, responsável pela homologação das delações da JBS, sorteio para novo relator por não ter relação com a Lava Jato. Rosa Weber recebeu o caso em agosto e a decisão de abrir inquérito é do dia 4 de setembro, mas foi publicada no processo somente na quarta-feira (6).

 

Segundo o pedido, o executivo Ricardo Saud afirmou que Fábio Faria e Robinson Faria receberam doações não declaradas à Justiça Eleitoral. O acordo de Saud passa por revisão em razão da suspeita de que ele omitiu dados na delação premiada, mas, segundo Janot, as provas que ele apresentou são válidas.

Delação

 

O delator disse que a J&F repassou R$ 10 milhões sob condição de que a Companhia de Água e Esgoto do Estado do Rio Grande do Norte fosse privatizada, "dando conhecimento prévio do edital a empresa para que pudessem alterá-lo a seu favor, a fim de obter vantagens competitivas em detrimento ao mercado". Janot destaca que, apesar de ter havido pagamento, a contrapartida não foi efetivada porque a empresa perdeu o interesse no projeto.

 

Os R$ 10 milhões, segundo Janot, foram repassados da seguinte forma: R$ 2 milhões ao PSD Nacional; R$ 2 milhões à EA Pereira Comunicação Estratégica; R$ 1,2 milhão ao escritório Erick Pereira Advogados por meio de nota fria; cerca de R$ 2 milhões entregue ao deputado Fábio Faria; e quase R$ 1 milhão entregues ao deputado no Supermercado Boa Esperança, em Natal.

 

Além de autorizar a investigação, a ministra também atendeu pedido de diligências, ou seja, coleta de provas. Ela liberou a coleta de dados sobre prestação de contas; depoimentos sobre os repasses de dinheiro a Fábio Faria no supermercado e em relação às notas emitidas; além dos depoimentos de Fábio Faria e Robinson Faria.

 

Para a ministra, as diligências pedidas "se mostram proporcionais sob o ângulo da adequação, razoáveis sob as perspectivas dos bens jurídicos envolvidos e úteis quanto à possível descoberta de novos elementos que permitam a investigação avançar".

 

G1RN

Deixe seu comentário

NICOLE BAHLS ESTEVE NA OCULUM MOSSORÓ

07 Set2017

Por Jbelmont às 01h57

A ex-Panicat Nicole Bahls esteve em Mossoró no dia 29 de julho à convite da loja OCULUM para o evento de Preview Verão 2018 das marcas mais poderosas do mercado de óculos e relógios. 
O evento aconteceu no Partage Shopping Mossoró com ambientação assinada por Lenilson Marques. 

 


 

Quando está de folga, Nicole Bahls tem como um dos seus programas favoritos ir à praia e nesta quarta-feira (6) não foi diferente. A assistente de palco do Ferdinando Show aproveitou o dia ensolarado no Rio de Janeiro para compartilhar fotos suas de traje de banho mostrando o seu corpão em forma e convidar seus seguidores à aproveitarem o sol também.

 

"Ai, que tudo. Dia de sol e calor aqui pelo Rio de Janeiro. Vamos à praia amores?", escreveu ela na legenda em uma das imagens compartilhadas em sua conta oficial no Instagram. Nicole também usou a rede social para comemorar a sua participação no humorístico Vai que Cola, gravado na noite da última terça-feira (5).

 

"Amei passar o dia e contracenar com eles... Artistas incríveis com corações gigantes. Faltou meu padrinho responsável por toda minha satisfação gratidão", disse a gata se referindo ao humorista Marcus Majella, apresentador do que programa que ela faz parte há três anos do elenco.

 

QUEM

Deixe seu comentário

Lotofácil de Independência pode pagar R$ 80 milhões nesta quinta

07 Set2017

Por Jbelmont às 01h45

O sorteio do concurso da Lotofácil da Independência pode pagar um prêmio de R$ 80 milhões nesta quinta-feira (7). O prêmio não acumula --o sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) na cidade de São Paulo.

 

Para apostar

 

A aposta mínima, de 15 números, custa R$ 2. Os jogos podem ser registrados até as 19h do dia do sorteio.

Na Lotofácil, o apostador marca entre 15 a 18 números, dentre os 25 disponíveis no volante, e fatura o prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números. Pode ainda deixar que o sistema escolha os números por meio da Surpresinha, ou concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 9 ou 12 concursos consecutivos através da Teimos

Deixe seu comentário

Adolescentes de 12 e 15 anos desaparecidos de Santa Cruz no RN são localizados

07 Set2017

Por Jbelmont às 01h36

Jéssica Lorrainy e Luiz Neto estão bem, segundo a polícia. Os dois chegaram em casa, na cidade de Santa Cruz, nesta quarta-feira (6).

 

Jéssica Lorrainy e Luiz Neto desapareceram na cidade de Santa Cruz (Foto: Divulgação)

Os dois adolescentes que estavam desaparecidos desde o domingo (3) na cidade de Santa Cruz, interior do Rio Grande do Norte, voltaram para casa no fim da tarde desta quarta (6). A polícia ainda não tem informações sobre onde estavam os dois estiveram durante esse tempo.

 

De acordo com o delegado regional de Santa Cruz, Silva Júnior, Luiz José de Pontes Neto, de 15 anos, e Jéssica Lorrainy, de 12, estão bem. “Amanhã (quinta-feira) eu vou ouvi-los para saber o que houve”, adianta.

 

De acordo com o sargento da Polícia Militar Juvanildo Camarão de Oliveira, eles saíram de casa e, como ficou tarde e não voltaram, os pais foram procurá-los, ainda no domingo (3).

 

Ainda segundo o sargento, em um sítio de propriedade da família do rapaz foi encontrada a moto que era utilizada por ele estacionada. Dentro da casa do sítio, os móveis estavam revirados e havia uma mensagem direcionada ao pai da moça pintada na parede.

 

G1RN

Deixe seu comentário

PF vê digitais de Geddel em apartamento onde foram achados R$ 51milhões

07 Set2017

Por Jbelmont às 01h30

 

Impressões digitais reforçam suspeitas da ligação do ex-ministro com o dinheiro, encontrado em malas e caixas. Quantia é a maior apreensão em dinheiro vivo já feita pela Polícia Federal

 

Polícia Federal encontrou as impressões digitais do ex-ministro Geddel Vieira Lima, no apartamento onde nesta terça-feira (5) foram encontrados R$ 51 milhões em espécie – distribuídos em malas e caixas. A quantia é a maior apreensão em dinheiro vivo já feita pela PF.

 

As impressões digitais reforçam as suspeitas de ligação do ex-ministro com o dinheiro, comprovando que ele esteve no imóvel onde a quantia milionária estava guardada.

 

Para a Polícia Federal, o apartamento onde foram encontradas impressões digitais de Geddel, no bairro da Graça, em Salvador, era um local de armazenagem de dinheiro em espécie.

 

A quantia foi localizada em uma ação de busca e apreensão na Operação Tesouro Perdido, um desdobramento da Operação Cui Bono, sobre investigações de fraudes na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal.

 

De acordo com a Polícia Federal, o dinheiro, que seria utilizado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, foi contabilizado em R$ 42.643.500 e US$ 2.688.000 (R$ 8.387.366,40, segundo a cotação do dia, de US$ 1 dólar = R$ 3,1203). A soma dos valores em dólares e reais é de R$ 51.030.866,40.

 

Um vídeo divulgado pela polícia mostra a contagem das cédulas. Depois de contado, o valor deve ser encaminhado para uma conta judicial.

 

Geddel cumpre prisão domiciliar há quase dois meses no apartamento dele, em Salvador, sem monitoramento eletrônico. A Secretaria de Administração Penitenciária da Bahia (Seap) não dispõe de tornozeleiras.

 

Geddel foi vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal entre 2011 e 2013, durante o governo de Dilma Rousseff. No governo Temer, foi ministro da Secretaria de Governo.

 

prisão de Geddel foi decretada em julho. No pedido à Justiça, o Ministério Público Federal afirmou que Geddel é "um criminoso em série" e que faz dos crimes financeiros e contra a administração pública "sua própria carreira profissional".

 

G1

Deixe seu comentário

Aposta única de MS leva sozinha R$ 78 milhões no concurso 1965 da Mega-Sena

06 Set2017

Por Jbelmont às 20h59

 

Uma aposta única de Jardim (MS) levou sozinha o prêmio de R$ R$ 78.022.245,31 no concurso 1965 da Mega-Sena, realizado às 20h (horário de Brasília) desta quarta-feira (6).

 

As seguintes dezenas foram sorteadas: 26 - 28 - 35 - 38 - 48 - 55.

 

A quinta teve 98 apostas ganhadoras, com o valor de R$ 47.025,82. A quadra teve 6377 apostas ganhadoras, com o valor de R$ 1.032,40

Deixe seu comentário

Governo promove mais 300 policiais militares

06 Set2017

Por Jbelmont às 20h24

A secretária de Segurança e Defesa Social, Sheila Freitas, reforçou a importância do reconhecimento dos militares que estão trabalhando diuturnamente para proteger a sociedade.

 

 

O governador Robinson Faria promoverá, nesta quinta-feira (7), 94 oficiais e 210 praças da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Esse quantitativo se junta aos outros 5.314 praças e 231 oficiais que já tinham sido beneficiados pelas ascensões desde o início de 2015.

 

"Determinei a publicação no Diário Oficial do dia sete de setembro das promoções dos policiais militares, oficiais e praças. Meu reconhecimento à bravura e dedicação desses homens e mulheres", enfatizou o governador Robinson Faria.

A secretária de Segurança e Defesa Social, Sheila Freitas, reforçou a importância do reconhecimento dos militares que estão trabalhando diuturnamente para proteger a sociedade. "Precisamos reconhecer essa tropa que está nas ruas trabalhando com afinco para combater à criminalidade", declarou.



"Em reunião com o governador Robinson Faria apresentamos alguns pleitos para Polícia Militar, entre eles, as promoções referentes ao mês de agosto e o pagamento das promoções já efetivadas. Deveremos nos reunir ainda hoje, no Gabinete Civil, para debater sobre essas demandas. Promover os nossos homens é um ato de reconhecimento pelo trabalho desempenhando por todos os militares", apontou o comandante da Polícia Militar, Coronel Osmar Oliveira.

Deixe seu comentário

Palocci: pacote da Odebrecht para Lula envolvia sítio, prédio, palestras e 300 milhões

06 Set2017

Por Jbelmont às 20h14

Antonio Palocci ao advogado de Lula, Cristiano Zanin:

“O Emílio (Odebrecht) o abordou (Lula), no final de 2010, não foi para oferecer alguma coisa, foi para fazer um pacto, que chamei de pacto de sangue — que envolvia um presente pessoal, que era um sítio, que envolvia o prédio de um museu, pago pela empresa, que envolvia palestras de 200 mil reais, fora impostos, combinadas com a Odebrecht, envolvia uma reserva de 300 milhões de reais.

 

O Antagonista

Deixe seu comentário

TCE proíbe Governo do RN de fazer novos saques do Fundo Previdenciário

06 Set2017

Por Jbelmont às 19h12

Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte proibiu, em sessão realizada nesta quarta-feira (6), novos saques nos recursos oriundos do extinto Fundo Previdenciário do Estado do Rio Grande do Norte. Além disso, a Corte de Contas determinou o ressarcimento, num prazo de 30 dias, dos valores eventualmente sacados em razão da Lei Complementar nº. 603/2017.

 

Segundo o voto do conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves, acatado pelos demais conselheiros, o Governo do Estado sancionou, no último dia 28 de agosto, a Lei Complementar 603/2017, que autorizou a utilização dos recursos de duas aplicações financeiras integrantes do Fundo Financeiro do RN para o pagamento a aposentados e pensionistas, com previsão de ressarcimento a partir de 2020. Com a decisão do TCE, novos saques estão proibidos e valores sacados devem ser devolvidos. O voto teve como base representação formulada pela Diretoria de Despesa com Pessoal e acatou parecer do Ministério Público de Contas.

 

Até 2014 o sistema de previdência do Estado do RN continha o Fundo Previdenciário, que era superavitário e englobava servidores que entraram no serviço público após 2005, e o Fundo Financeiro, que era deficitário e englobava servidores que ingressaram antes desse período.

 

Com o a Lei Complementar 526/2014, os dois fundos foram unificados e os saques para pagamento de servidores ligados ao antigo fundo financeiro com recursos do fundo previdenciário foram autorizados. Os valores disponíveis foram utilizados integralmente, com exceção do montante de R$ 321 milhões, aplicados numa carteira de investimentos de longo prazo. A carência de algumas aplicações venceu e o Governo sancionou a Lei Complementar 603/2017, autorizando a sua utilização.

 

O risco, segundo o voto, é que a continuidade dos saques esgote os recursos disponíveis no Fundo Financeiro (Funfirn), comprometendo o equilíbrio econômico do sistema de previdência. “Caso persista a possibilidade de saques, a situação certamente causará um total colapso previdenciário em curtíssimo espaço de tempo, com a possibilidade de esgotamento dos recursos do FUNFIRN e a inexistência de perspectiva de sua recomposição - sobretudo quando não se apresenta um estudo sequer que comprove capacidade financeira de reposição dos recursos sacados por parte do Estado”, aponta o conselheiro.

 

G-1

Deixe seu comentário

Gás de cozinha vendido no RN deve chegar a R$ 90

06 Set2017

Por Jbelmont às 12h37

O preço do botijão de gás de cozinha vendido no Rio Grande do Norte, que atualmente custa entre R$ 50 e R$ 55, deverá subir a R$ 90 até abril de 2018. A estimativa é do Sindicato dos Revendedores de Gás do estado. Já a partir desta quarta-feira (6), quando passa a valer um aumento de 12,2% anunciado pela Petrobras, os valores poderão ficar entre R$ 58 e R$ 65.

 

 

 

De acordo com o presidente do Singás/RN, Francisco Correia, os reajustes para o consumidor final serão maiores que os 12% anunciados porque setembro é o mês da data-base dos trabalhadores do setor (renegociação dos salários), o que normalmente provoca aumento. Com isso, o aumento total deverá ficar em 17%.

 

G1RN

Deixe seu comentário

Em denúncia, Janot aponta R$ 230 milhões em propina para Lula

06 Set2017

Por Jbelmont às 12h29

Ao denunciar a formação de uma organização criminosa pelo PT no âmbito da Lava Jato nos mandatos presidenciais dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o procurador-geral da República descreveu pagamentos de vantagens indevidas a Lula em valores que, somados, chegam a R$ 230 milhões, como contrapartida a favorecimento de empresas como a Odebrecht e a OAS em contratos. Janotdescreve Lula como "grande idealizador" da organização criminosa formada no governo federal para desvio de recursos relacionados à Petrobras.

 

 Parte dos recursos que a PGR afirma que Lula recebeu de propina estão relacionados à aquisição do imóvel onde está instalado o Instituto Lula, no valor de R$ 12,4 milhões, e também à compra do apartamento dele em São Bernardo do Campo-SP, no valor de R$ 504 mil que teriam sido fornecidos pela Odebrecht

 

LER MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Governador tem até o dia 22 deste mês para exonerar funcionários da UERN sem concurso

05 Set2017

Por Jbelmont às 23h17

O Governador Robinson Faria tem até o próximo dia 22 para exonerar os funcionários admitidos na UERN sem concurso. Veja abaixo a declaração só Supremo Tribunal Federal ainda em 2016.

 

“Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) declararam a inconstitucionalidade de dispositivos de uma lei potiguar que assegurava a permanência dos servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) – admitidos em caráter temporário sem prévia aprovação em concurso público. A decisão foi tomada pelo Plenário da Corte na tarde dessa quinta-feira (22) – 2016 – de forma unânime.

 

Os ministros consideraram que a norma fere a autonomia administrativa, financeira, didática e científica assegurada às universidades (inconstitucionalidade material), além de conter vício de iniciativa (inconstitucionalidade formal), na medida em que foi usurpada a iniciativa privativa do governador. Relator da ação, o ministro Dias Toffoli, afirmou, entretanto, que nada impede que o estado realize convênios, inclusive com instituições privadas, para oferecer assistência judiciária gratuita.

 

Na ADI, a então governadora do Rio Grande do Norte sustentou que a lei ofende os dispositivos da Constituição Federal (artigos 5º, inciso LXXIV, e 134) que estabelecem que a assistência jurídica gratuita aos necessitados deve ser prestada exclusivamente pela Defensoria Pública.

 

Além disso, sustentou que a lei viola ainda o artigo 207 da Constituição Federal, na parte em que concede às universidades autonomia didático-científica, e o artigo 37, inciso X, ao prever pagamento de remuneração ao estudante plantonista. Outro argumento exposto na ADI foi o de que, por impor obrigação a secretarias estaduais, a norma deveria ser de iniciativa do chefe do Executivo estadual e não de membro do Legislativo.

Deixe seu comentário

Getúlio Vale, presidente da (CDL) de Mossoró, em participação no programa J Belmont na Difusora

05 Set2017

Por Jbelmont às 23h08

 

Getúlio Vale, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Mossoró, esteve participando do programa J.Belmont, nesta terça-feira (05), e falou da Campanha Aquece Mossoró. 

 O projeto prevê uma série de ações para estimular o consumo e movimentar o comércio da cidade neste mês de setembro. A iniciativa é fruto de ação conjunta entre as entidades de classe do setor produtivo mossoroense, entre elas: ACIM, SINDIVAREJO, SINDUSCON e CDL. 

 
 O Aquece Mossoró acontecerá de 13 a 30 de setembro. A programação traz vários eventos e ações durante o mês, incluindo, além da Ficro e Casa Mix, na Estação das Artes, entre os dias 13 e 16, haverá também a Feira de Turismo, Feirão de Automóveis, Sorteio de Prêmios, Dia Sem Imposto, Feirão de Queima de Estoque e Aplicativo do Aquece Mossoró.
 
 
Mais informações em: http://www.cdlmossoro.com.br 
Deixe seu comentário

Janot denuncia Lula, Dilma e mais 6 do PT: organização criminosa

05 Set2017

Por Jbelmont às 22h55

Segundo denúncia da PGR, Lula é apontado como chefe de quadrilha

 

Procurador-geral da República denunciou petistas ao Supremo Tribunal Federal em inquérito que apura se partido formou organização criminosa para desviar dinheiro da Petrobras.

 

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou ao Supremo Tribunal Federal por crime de organização criminosa os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff; os ex-ministros Antonio Palocci Filho, Guido Mantega, Edinho Silva e Paulo Bernardo; a senadora Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT; e o ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto.

 

A denúncia, no âmbito da Operação Lava Jato, foi oferecida dentro de inquérito que apura se o PT formou uma organização criminosa para desviar dinheiro da Petrobras.

 

Todos os denunciados são suspeitos de “promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa”, cuja pena é de 3 a 8 anos de prisão, além de multa.

 

A PGR também cobra dos oito denunciados indenização de R$ 6,8 bilhões, valor que inclui devolução à Petrobras de suposto dinheiro desviado, além de danos morais e materiais.

 

G1 busca contato com todos os denunciados (leia as versões deles ao final desta reportagem).

 

Caberá ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, notificar os acusados a apresentarem resposta e levar o caso à Segunda Turma do STF, que decidirá se eles viram ou não réus pelo crime.

 

O caso está no Supremo Tribunal Federal porque um dos denunciados, Gleisi Hoffmann, tem foro privilegiado, devido à condição de senadora.

 

Janot pediu ao STF que sejam remetidos para a Justiça Federal do Paraná os casos dos ex-ministros Ricardo Berzoini, Jaques Wagner e Erenice Guerra; do ex-senador Delcídio do Amaral; do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli; além dos de Paulo Okamoto, ex-presidente do Sebrae; Giles Azevedo, ex-assessor de Dilma; e o do pecuarista José Carlos Bumlai.

 

Como os casos deles não têm relação direta com o de Gleisi, não devem ficar no Supremo e – se assim decidir o ministro Fachin – serão analisados pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal, no Paraná.

 

Continuar lendo clique AQUI

Deixe seu comentário